Polícia Civil realiza ação para prender criminoso que respondia por dois homicídios

William Tim Tim morreu depois de trocar tiros com a polícia

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) realizaram na tarde de hoje (27), diligências para encontrar o foragido da justiça Willes Moura de Azevedo, vulgo “Willian Tim Tim”. Willes é suspeito de praticar cinco homicídios na região do Oeste Potiguar, responde ao homicídio da pessoa conhecida por “Minor”, crime ocorrido na zona rural da cidade de Severiano Melo/RN no dia 14/10/2017, assim como a pessoa de Francisco Fabiano Bernardo, cujo processo tramita na Comarca de Apodi/RN. O suspeito também era foragido da justiça pelo crime de roubo duplamente qualificado. Após diligências investigativas, a polícia identificou o local onde ele estaria escondido, na Cidade de Extremoz/RN.

Após chegar no endereço, os policiais foram surpreendidos por disparos de arma de fogo efetuados por Willes, tendo recebido o revide necessário para cessar a injusta agressão. “Willian Tim Tim” foi ferido e levado para o hospital Santa Catarina, em Natal, onde veio a falecer. Na ação, foi apreendido um revólver calibre 38, com 4 munições deflagradas e duas picotadas, além de uma identidade em nome de Estefanio Moura de Azevedo (nome do irmão de Willes já falecido há décadas), documento que era usada por “Willian” para não ser capturado.

Logo depois ter praticado o penúltimo homicídio, “Willian Tim Tim” foi morar no Estado do Acre e em São Paulo. Depois voltou para a cidade de Rodolfo Fernandes/RN, onde matou Minor, fugindo em seguida para Extremoz/RN.