TJRN e Polícia Militar firmam convênio para reforço de segurança nas comarcas do interior

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e a Polícia Militar potiguar firmaram um convênio com o objetivo de reforçar o policiamento dos fóruns distribuídos no interior do Estado, bem como no aumento da segurança de juízes, vítimas de ameaças, e dos próprios servidores nas unidades judiciais. A vigência do convênio tem início hoje (2).

A parceria, assinada na última quinta-feira, 26 de fevereiro, trata do repasse de Diárias Operacionais, destinadas aos policiais que estariam de folga mas que ficarão disponíveis para o reforço na segurança dos prédios, dos magistrados e dos servidores. “Além disso, o convênio também tratou da aquisição de armas e equipamentos de segurança”, acrescentou o chefe do Gabinete de Segurança Institucional do TJRN, coronel Belarmino Dantas Junior.

De acordo com o coronel, a importância do convênio também atinge ao atendimento de sucessivos pedidos feitos por servidores e magistrados, a fim de que a segurança fosse reforçada. “Também é bom para o policial que ganha um estímulo ao ter um reforço na renda”, explica o Cel. Belarmino, ao destacar que armas e coletes à prova de balas já foram adquiridos no mês de janeiro.

O Gabinete de Segurança Institucional ainda deve contabilizar os dados referentes ao quantitativo de diárias que devem ser autorizadas, cujo custeio parte do próprio TJRN. Contudo, em um levantamento feito com base em meses anteriores, o setor identificou mais de 1.400 diárias operacionais concedidas, no objetivo de fornecer segurança aos prédios do Judiciário, juízes e servidores, bem como na realização de júris populares.

*Fonte: TJRN