Em meio ao distanciamento social, a telemedicina chega para aproximar serviços e profissionais de excelência, possibilitando o atendimento por especialistas, muitas vezes escassos em algumas regiões do país. Une médicos e profissionais da saúde, com conhecimentos distintos, em uma única missão: assistência de qualidade de recém nascidos em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal.

Nesse mês de dezembro, a UTI neonatal do Hospital Dr José Pedro Bezerra, o Santa Catarina, firmou parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre/RS, através do PROADI-SUS, do Ministério da Saúde, para promover a interação entre os profissionais das duas unidades através de tecnologia.

Um equipamento portátil chamado “cart” vai circular entre os 28 berços e incubadoras, acompanhado dos médicos assistentes locais. Através dele, as possibilidades de tratamento dos recém-nascidos poderão ser discutidas com especialistas instalados em salas com monitores, no Rio Grande do Sul.

“Almejamos dessa forma qualificar a assistência neonatal, agilizando o diagnóstico, e tratamento, melhorando o cuidado dos pequenos pacientes”, afirmou a diretora geral do hospital, Aline Bezerra.

A coordenadora médica da UTIN, Andrea Suely, explicou que a parceria vai beneficiar profissionais e pacientes. “Toda a assistência e a interação respeitará o direito do paciente e da família, mantendo-se o sigilo médico”.

No Rio Grande do Norte o Hospital José Pedro Bezerra, o Santa Catarina, localizado na zona norte de Natal, é uma das unidades públicas a oferecer um serviço de excelência no cuidado com o recém-nascido prematuro.

Back To Top