Senador lamenta veto de Dilma ao acesso dos assalariados rurais ao seguro-desemprego

VALADARES SENADOR

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) lamentou o veto da presidente Dilma Rousseff ao artigo da Medida Provisória 665 que garantia o acesso dos assalariados rurais ao seguro-desemprego.

O artigo vetado previa o benefício ao trabalhador rural desempregado sem justa causa que comprovasse recebimento de salário nos seis meses anteriores à dispensa ou ter sido empregado nos últimos 15 meses.

Da tribuna, Valadares leu a nota de repúdio da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). No texto, a entidade reclama da falta de diálogo do governo, que prejudicou milhões de trabalhadores rurais. O senador prometeu empenho pela derrubada do veto no Congresso Nacional.

– Estarei do lado, como sempre estive, dos trabalhadores. Daqueles que, quase que de forma unânime, votaram na presidente Dilma para presidente da República na minha Região  Nordeste. E a minha solidariedade ainda mais se evidencia porque no estado de Sergipe quase 90% dos trabalhadores rurais serão prejudicados com esse veto da Presidência da República – disse o senador.