Walber Virgulino defende concurso para agentes penitenciários ao invés de contratação temporária

Walber Virgolino futuro secretário da Sejuc - (Foto: Nalva Figueiredo/Correio da Paraíba)
Walber Virgolino defendeu a realização de concurso público para Agente Penitenciário ao invés contratação temporária – (Foto: Nalva Figueiredo/Correio da Paraíba)

O Secretário de Justiça e Cidadania, Walber Virgulino, esteve em Caicó e fez visita à Penitenciária Estadual Francisco Pereira da Nóbrega. Ele disse que achou a estrutura da unidade, forte. Em contato com o Blog Sidney Silva, afirmou que uma das providências de curto prazo é “consertar o pavilhão “E” e os demais da unidade, repor as grades das celas e proporcionar segurança aos apenados e aos agentes penitenciários“.

Há duas semanas, os agentes penitenciários com apoio da Polícia Militar, realizaram revista e encontraram um túnel com cerca de 15 metros de extensão. O secretário confirmou que quer implementar revistas diárias em todas as unidades prisionais. “Nós vamos começar a estimular os agentes penitenciários a fazer revistas diárias, retirando objetos, como celulares e outros“, disse.

O Blog Sidney Silva perguntou ainda se o processo para a contratação de agentes penitenciários temporários terá prosseguimento, mas, Virgulino disse que não gosta da ideia. “Existe um deficit gigantesco de agentes penitenciários e quando eu entrei me deparei com esse processo de contratação de pessoal não concursado através de processo de seleção e lhe digo que particularmente, não vejo isso com bons olhos. Vou conversar pessoalmente com o governador sobre esse caso, a intenção é fazer concurso público. Vamos encontrar uma saída para superar essa deficiência de pessoal dentro da legalidade, ou seja, através de concurso público. Se a Polícia Civil e Polícia Militar tem direito a concurso, os agentes penitenciários também tem… agora, isso passa por um debate mais aprofundado“, afirmou.