É tão estranho, os bons morrem antes, jovens…

Dinoberg, o palhaço Fininho, morreu nesta tarde no Hospital Regional de Caicó

Nesta segunda, dia 13 de agosto de 2018, um dos palhaços do grupo Risoterapia de Caicó, do qual tive o prazer de desfrutar de amizade, Dinoberg, ou simplesmente, “Dr. Fininho”, nos deixou, foi morar com Deus. O poeta Renato Russo dizia que era estranho esse tipo de coisa, ou seja, dos bons morreram antes. “É tão estranho, os bons morrem jovens, assim parece ser“, dizia.

Um jovem de 36 anos, com uma vida inteira pela frente, teve a caminhada interrompida por causa da estupidez humana. O que temos, são homens que se acham no direito de tirar vidas, como se a eles lhe competisse esse poder. Lamentavelmente eles fizeram uma família inteira e amigos, sofrerem.

No final de semana passado, Dinoberg esteve de plantão fazendo seu trabalho voluntário pelo Risoterapia e no domingo, foi pai em seu dia.

Aqui nos resta mais uma vez, cobrar que a Justiça seja feita, que os culpados sejam presos e levados a julgamento para pagar pelo crime praticado. E eu me pergunto, isso vai acontecer? A Justiça vai ser feita? Ou vai ser igual a muitos outros casos? Ou seja, que não dá em nada.

Na verdade, no final de tudo, o que temos, é um jovem que se foi, cedo demais.

Palhaço, Fininho, vai com os anjos! vai em paz!