Envolvido na morte de agente em Mossoró tenta escapar de CDP no Seridó

Presos tentaram fugir do CDP de Jucurutu
Presos tentaram fugir do CDP de Jucurutu

Cerca de três detentos foram transferidos do Centro de Detenção Provisório (CDP) de Jucurutu, na região Seridó do RN, após descoberta de plano de fuga em massa. Os três presos, entre eles, Alexssandro Cledones Souza de Almeida, envolvido na morte do agente penitenciário de Mossoró, em 2012, lideraram a tentativa de fuga.

Os outros dois presos foram identificados como: Edson Jobson da Silva, Léo Charles de Souza, assim como Alexssandro foram transferidos para as unidades prisionais de Alcaçuz, em Nísia Floresta, e para o Pereirão, em Caicó.

Durante revista de rotina, os agentes penitenciários da unidade encontraram pedaços de concreto já retirados do vaso sanitário de uma das celas, por onde, possivelmente, seria a rota de fuga dos detentos.

Segundo os agentes, também foram encontrados três celulares. Em um deles, um preso trocava mensagens com outra pessoa. Os Policiais percebendo isso, começaram a dialogar com o outro interlocutor fingindo ser o proprietário do celular.

Em seguida, descobriram uma mulher, identificada como, Suélia Sueli Bezerra, de 21 anos, que atuaria ajudando os presos. Suélia foi presa e autuada em flagrante por associação criminosa na Delegacia de Caicó. A mulher seria namorada do preso Edson Jobson, e foi presa com uma arma que seria entregue a ele por uma terceira pessoa.

Segundo informações da direção do CDP de Jucurutu, outros presos ainda serão transferidos para outras unidades durante esta quarta-feira (11).

*Fonte: Mossoro Hoje via Blog da PM de Jucurutu