Estudo revela que CRIANÇAS que dormem pouco podem ter mais vontade de comer

Os pequenos que dormiram menos de 11 horas também apresentaram um Índice de Massa Corporal mais alto do que o das outras crianças
Os pequenos que dormiram menos de 11 horas também apresentaram um Índice de Massa Corporal mais alto do que o das outras crianças

Crianças que não dormem o suficiente podem ter mais vontade de comer, segundo estudo publicado na revista científica International Journal of Obesity. A pesquisa mostrou que crianças de cinco anos que dormiram menos de 11 horas por noite tiveram mais vontade de comer ao ver ou se lembrar da comida favorita, em comparação às outras que dormiram mais.

Os pequenos que dormiram menos de 11 horas também apresentaram um Índice de Massa Corporal mais alto do que o das outras crianças. Os centros de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos recomendam de 11 a 12 horas de sono para as crianças em idade pré-escolar. A média de sono das crianças do estudo foi de 11,48 horas.

Segundo a pesquisadora Laura McDonald, estudos anteriores mostraram que pouco sono aumenta significativamente os riscos de uma criança ter sobrepeso ou obesidade. Mas não era certo sobre o efeito no sono na ingestão diária de calorias.

O estudo envolveu mais de mil crianças de cinco anos, nascidas em 2007, na Inglaterra e no País de Gales. Os pesquisadores pediram para as mães responderem um questionário sobre a relação dos pequenos com os alimentos e sobre o comportamento deles em relação à comida quando estavam satisfeitos após comer.