Fifa sugere Copa do Mundo com 48 seleções e mata-mata antes da fase de grupos

Uma Copa do Mundo com 48 seleções. Essa é a nova ideia do novo presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, que deixou claro que uma definição sobre o novo formato do Mundial será anunciada em janeiro, em Zurique.

Falando na Colômbia, o dirigente que já havia proposto um torneio de 40 seleções indicou que a expansão pode ser além maior. Ele não explicou se a nova regra seria válida para 2022 ou 2026.

Gianni Infantino venceu a sua eleição com a mesma receita de antigos cartolas, como o brasileiro João Havelange ou o suíço Joseph Blatter: mais dinheiro para as federações nacionais e mais vagas nas Copas do Mundo.

De um formato de 32 times atuais, o evento passaria a ter 48 seleções. Mas 16 equipes seriam imediatamente desclassificados depois de apenas uma rodada de um mata-mata. Os 16 restantes continuariam no torneio e se juntariam a outros 16 times já classificados ao Mundial. Ficariam, assim, 32 times para o restante do torneio, com fase de grupos e seguido pela fase de eliminação. Fonte: Agência Estado