Justiça nega liberdade para empresário caicoense preso

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça negou pedido de revogação de prisão preventiva feito pelos advogados de defesa do empresário, Raul Félix Borges Lopes, que está detido desde o dia 21 de julho, acusado de participação no roubo de joias em uma pousada de Caicó.

Conforme consta no requerimento apresentado pelos advogados, a revogação da prisão se sustentaria, basicamente, na ausência dos requisitos necessários a sua manutenção. Subsidiariamente, eles requereram a substituição da custódia preventiva do autuado por alguma medida cautelar diversa da prisão ou pela custódia domiciliar. O Ministério Público opinou pelo indeferimento.