Maternidade Januário Cicco promoveu a “Hora do Mamaço” em Natal

A Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN), reuniu hoje (05), na escadaria principal, pacientes da instituição, funcionárias e mães em período de amamentação para a realização da “Hora do Mamaço”.

A ação realizada em comemoração à Semana de Aleitamento Materno teve como objetivo resgatar a cultura do Aleitamento Materno e reforçar a ideia de igualdade de gênero para que a mãe se empodere e possa amamentar o bebe em qualquer espaço.

A amamentação simultânea tem como objetivo quebrar preconceitos. Não é mais tolerável que a mulher precise se esconder para amamentar o seu bebê. É preciso garantir o direito para que a mãe amamente seu filho onde quer que ela esteja na presença ou não de outras pessoas, de qualquer idade, de qualquer sexo ou gênero e é isso que essa iniciativa propõe“, afirma a psicóloga Mariana Carvalho.

Durante a ação a equipe multiprofissional da maternidade prestou atendimento às mães com orientações nutricionais e palestras sobre a importância do aleitamento materno. Para a estatística da MEJC, Juliana Camargo, mãe de primeira viagem, o incentivo e o apoio no período da amamentação são essenciais. “O início é complicado, nem sempre sabemos o que fazer com o bebe, mas ao final é gratificante para a mãe e o bebe”, ressalta.

A Maternidade Escola foi inaugurada em 02 de fevereiro de 1950. É um hospital de assistência e ensino, da UFRN, administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), e certificado pelos Ministérios da Saúde e da Educação. Desenvolve atividades de formação de recursos humanos, pesquisa e extensão e se encontra inserido no Sistema Único de Saúde (SUS), como referência em gestação de alto risco, cirurgia e endoscopia ginecológica, reprodução assistida e ambulatórios especializados de ginecologia, prestando serviço a mulher do Rio Grande do Norte.