MST: Gerente da Emparn de Caicó é exonerado depois de criticar o Governo

José Augusto da Emparn disse que espera a reintegração de posse das terras
José Augusto da Emparn disse que espera a reintegração de posse das terras – (FOTO: Sidney Silva)

O caicoense, José Augusto de Medeiros, foi exonerado da gerência do escritório da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – EMPARN em Caicó.

O site Sidney Silva procurou José Augusto, mas, ele não quis comentar sobre o assunto, porém confirmou a demissão ocorrida na última quinta-feira (11). Fontes nossas disseram que Augusto foi demitido porque defendeu a retirada dos membros do MST das terras da Emparn em Caicó. Ele concedeu várias entrevistas em emissoras de rádio e disse que lamentava o que estava acontecendo. Na Rádio Caicó, o ex-gerente da Emparn fez críticas a determinados setores do Governo do Estado.

O Governo está todo contaminado. Eu sou gerente da Empar a 13 anos, não é porque faço politica partidária que estou lá, agora, a conviver com esse tipo de desmoralização que está lá, eu estou fora. Não vai ser por causa de uma gratificação que vou vender minha consciência. Essa presença ali (do MST) degenerou o ambiente da Emparn“, disse. A informação é que foi por causa dessas declarações que o Governador mandou exonerá-lo sumariamente.

A nossa fonte também disse que o ex-gerente comentou nesse tom o fato de determinadas pessoas do Governo estarem defendendo a permanência dos membros do MST nas terras da Empar em Caicó.