Opinião: “Sem dinheiro, Sesap não funcionará, mesmo com PHD em Saúde e Gestão”

O Governador Robinson Faria anunciou mudanças em duas secretarias, uma delas é a Saúde, que tinha como titular, Ricardo Lagreca, médico e ex-diretor do Hospital Onofre Lopes, em Natal, de propriedade da UFRN. Bem, na época do anúncio do seu nome, Lagreca, chegou meio como o “salvador da pátria”, que sabia da situação dos hospitais (de dificuldade extrema), que era um ótimo administrador e tal. Quando passou o tempo que às mudanças necessárias não aconteceram, o nome de Ricardo Lagreca começou a ser criticado por aliados políticos, administrativos, por toda sorte de categoria e agora bem mais recente, pelo governador Robinson Faria.

A verdade é que, o ex-secretário Ricardo Lagreca, pagou o pato por causa da falta de recurso na Sesap, ou pelo menos, pela pouca quantidade de dinheiro para fazer as transformações sonhadas. Os hospitais passaram por desabastecimentos graves e aqui vou citar o caso de Caicó. No Hospital Regional, tem dia que falta dipirona, papel higiênico, seringas, água para os funcionários beberem, material de limpeza, luvas cirúrgicas, entre outras tantas.

O que provocou o desabastecimento dos Hospitais? A falta de gestão de Lagreca? A falta de recursos na Sesap? Nós saberemos dessas respostas nos próximos meses, haja vista, a nova secretária também estar chegando nas mesmas condições de Ricardo Lagreca, ou seja, que tem experiência na saúda, que conhece a realidade dos hospitais (de dificuldade extrema) e que é uma ótima administradora, e tal. Se ela não conseguir imprimir as tais mudanças, em alguns meses, vai deixar a pasta queimada, igual Lagreca. Na verdade, o grande gargalo vai ser novamente, “a falta de dinheiro”, a não ser que a nova secretária tenha mais sorte.

A propósito, alguém sabia que o malote da IV Ursap estava indo de carona para Natal porque não tinha combustível para botar nos carros da unidade para levá-los. Sabiam que a internet da Ursap ficou desativada por meses, porque a Sesap não pagou?

Se não tiver dinheiro, podem botar qualquer PHD em Saúde e Gestão, não vai resolver nada. Os problemas irão se avolumar e só.