Seccional aciona presidência estadual da OAB para lutar contra fechamento do MPT em Caicó

Presidente da Seccional da OAB em Caicó disse que está acionado OAB estadual para lutar pela permanência da Procuradoria do Trabalho na região
Presidente da Seccional da OAB em Caicó disse que está acionado OAB estadual para lutar pela permanência da Procuradoria do Trabalho na região

O presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Caicó, Marx Elder Fernandes, confirmou ao repórter Sidney Silva nesta terça-feira (08), que ficou preocupado com o anúncio do fechamento da sede do Ministério Público do Trabalho em Caicó.

Esta semana, a assessoria de comunicação do órgão encaminhou nota ao site www.sidneysilva.com.br e confirmou a desativação de sua sede local em breve, após aprovação.

“Nós estamos preocupados com essa notícia e já encaminhamos ofício ao presidente estadual da OAB no sentido de envidarmos esforços para tentar contornar essa situação. Caicó já perdeu outras instituições no passado como a Polícia Federal entre outras e nós vamos lutar para evitar mais essa perda”, disse Marx Helder Fernandes.

O vereador presidente da Câmara de Caicó, Nildson Dantas, anunciou na sessão ordinária da Casa Legislativa, ocorrida nesta segunda-feira (07), que também ficou preocupado com a notícia e que está propondo para o próximo dia 15 de março, uma audiência na Câmara para tratar sobre o assunto.

O presidente da Seccional da OAB em Caicó, Marx Helder, disse que pretende entrar em contato com o vereador Nildson Dantas porque quer participar da audiência. “Agora é hora de todas as instituições se juntarem para lutar por essa questão. A atuação do Ministério Público do Trabalho é fundamental para a nossa região”, comentou.