Suspeito de levar adolescente caicoense para o “cheiro do queijo” é preso em Cruzeta/RN

José Iris foi preso em Cruzeta acusado de levar o caicoense Pedro Lucas para o cheiro do queijo
José Iris foi preso em Cruzeta acusado de levar o caicoense Pedro Lucas para o cheiro do queijo

Policiais civis de Caicó com apoio da Polícia Militar realizaram operação na manhã desta sexta-feira (01), e prenderam José Iris Trigueiro de Carvalho, acusado de ter levado para o “cheiro do queijo”, o adolescente, caicoense, Pedro Lucas da Silva, no dia 11 de junho deste ano.

O delegado Ricardo Brito, titular da 3ª DRP em Caicó, disse ao Blog Sidney Silva, que as equipes de policiais cumpriram contra o José Iris, mandado de prisão preventiva. Quando detido, ele negou participação no crime. “A investigação apontou para a participação de José Iris no crime. Ele teria levado a vítima para ser assassinado na zona rural de Cruzeta“, disse.

Na mesma operação, os policiais ainda cumpriram 12 mandados de busca e apreensão em lugares onde supostamente funcionava a venda de drogas. Nas residências foram apreendidas, uma espingarda bate-bucha, munições de escopeta 12, um revólver de calibre 38, além de muitas aves silvestres em gaiolas e armadilhas para a captura de arribaçãs.

O Luquinhas era réu confesso da morte de um jovem conhecido em Caicó como “Deton”. O crime ocorreu em 2015, na rua do “Morro do Porco”, no Bairro Paraíba. Na época, ele foi preso em uma operação da Polícia Civil no Bairro Paulo VI e confessou o crime alegando que o “Deton” o havia ameaçado. Após ser preso o Luquinhas passou alguns dias no CIAD em Natal, mas, havia ganhado liberdade assistida. Ele estava escondido em Cruzeta depois de ter sido ameaçado de morte.