Palmeiras bate o Fluminense e amplia sequência de vitórias no Brasileirão Assaí

Com contra de Manoel, Verdão levou a melhor diante do Tricolor e chegou à nona vitória seguida na competição

O líder do Brasileirão Assaí venceu mais uma! Na noite deste sábado (24), pela 13ª rodada da competição, o Palmeiras fez valer o mando de campo e venceu o Fluminense, no Allianz Parque, por 1 a 0. O triunfo é o nono consecutivo da equipe paulista, que segue firme no topo da tabela, agora com 31 pontos. Enquanto o Tricolor aparece na nona colocação, com 17 pontos.

Palmeiras segue líder do Brasileirão – (Foto: Palmeiras)

Fonte: CBF


Náutico vence Brasil de Pelotas e segue líder na Série B

O Náutico derrotou o Brasil de Pelotas por 2 a 1, no estádio dos Aflitos, em Recife, pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado do jogo desta quarta-feira (21), o Timbu chegou aos 29 pontos em 13 jogos, somando oito vitórias e cinco empates. Já o time gaúcho está apenas na 16ª posição, uma acima da zona de rebaixamento, com 11 pontos em 13 jogos.

No próximo sábado (24), o Náutico recebe o Brusque. Um dia depois, o Brasil de Pelotas pega o Avaí em Florianópolis.


São Paulo e Fluminense estreiam com empate no Brasileirão 2021

Duelo tricolor não teve gols – (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
Volpi defendeu pênalti de Nenê e tricolores iniciaram a caminha na Série A com um empate sem gols

Brasileirão 2021 começou sem gols para São Paulo e Fluminense. No Morumbi, as equipes se enfrentaram, na noite deste sábado (29), pela primeira rodada da competição e, com o empate em 0 a 0, saíram de campo com um ponto na bagagem.

O jogo

No Morumbi, foi do Tricolor carioca a primeira grande chance do jogo. Logo aos três minutos, Abel Hernández recebeu ótimo passe de Egídio, bateu para o gol, mas parou em Tiago Volpi. A resposta do time da casa veio com Pablo, aos sete. Mas foi o Fluminense que dominou as ações ofensivas durante a etapa inicial. Caio Paulista, aos 19, errou o alvo. Na sequência, Nenê teve a oportunidade em cobrança de pênalti, mas novamente Volpi salvou o São Paulo.

Depois das conversas nos vestiários, o Flu assustou com Gabriel Teixeira e dessa vez a trave impediu o gol dos visitantes. Mas as emoções do segundo tempo pararam por aí até a marca dos 30 minutos quando duelo ganhou em intensidade. Bobadilla, aos 35, arriscou para os cariocas. Enquanto Rojas, aos 40, respondeu para o São Paulo. E, já nos acréscimos, o camisa 7 da equipe paulista criou uma última oportunidade, mas mandou para fora.

CBF