Caicó: Em nota, Secretária de Saúde explica motivos da vacinação de servidor comissionado

Evaneide Nóbrega é Secretária de Saúde de Caicó

Nas últimas horas, o assunto mais comentado nas redes sociais, leia-se, grupos de WhatSapp, é a vacinação de Almir Pereira de Araújo Neto, servidor (cargo comissionado) da Secretaria de Saúde de Caicó, sem que este, durante a pandemia, tenha estado na linha de frente de combate ao novo coronavirus.

Por causa da repercussão, a Secretária de Saúde de Caicó, Evaneide Nóbrega, emitiu nota com informações sobre caso, inclusive, demonstrando que junto a equipe de vacinação volante, se faz necessária a presença de um digitador, função que o servidor exerce.

Em relação ao subcoordenador de saneamento e oficina sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, Almir Pereira de Araújo Neto, o mesmo foi designado para ser digitador do e-SUS. A demanda dessa primeira fase da aplicação da vacina exige que as equipes volantes visitem instituições de saúde e abrigos de idosos para aplicar a vacina, sendo obrigatório irem: vacinador, técnico em enfermagem e um digitador. No momento em que as vacinas são aplicadas, esse digitador insere esse dado no Sistema on Line chamado RN Vacina Gestor. Desta forma, eles informam ao estado em quem a vacina está sendo aplicada, que horas, o horário e o lote da vacina, para justamente o estado ter esse controle e o município justificar as vacinas recebidas“, diz a nota.

A Secretaria e a Prefeitura Municipal de Caicó, ainda esclareceu que com base na Nota Técnica Nº 1/2021/SESAP, PROCESSO Nº 00610041.000073/2021-89, o item 10 diz respeito a POPULAÇÃO-ALVO E QUANTIDADE DE DOSES DISPONÍVEIS NESTA PRIMEIRA ETAPA, que diz:

Considerando tal fracionado da FASE 1 em etapas, recomenda-se a que seja adotada a seguinte ordem para vacinação dos trabalhadores da saúde conforme disponibilidade de doses:

Equipes de vacinação que estiverem inicialmente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para as 39.258 doses;
Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos;
Trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19, na seguinte ordem:
Trabalhadores dos hospitais de referência;
Trabalhadores dos serviços de urgência e emergência,;
Trabalhadores dos denominados serviços de CENTRO DE ATENDIMENTO COVID-19;
Trabalhadores da atenção primária;

Somente serão vacinados nesta fase os demais trabalhadores da saúde, caso todos os profissionais relacionados acima já estiverem sido vacinados“.

Por tudo o que foi dito, se justificativa que o servidor citado, por estar diretamente envolvido na equipe de vacinação, tenha que receber a vacina, assim como os demais que desempenham o serviço de imunizar a população neste primeiro momento da vacinação contra a Covid-19“, disse Evaneide Nóbrega, Secretária de Saúde de Caicó.