Mulher que matou caicoense com 96 facadas na Paraíba era procurada por assassinato de amante no RN

Marilene Ramos matou o amante na cidade de Serrinha/RN

A mulher presa na manhã desta segunda-feira (22), na cidade de Campina Grande/PB, acusada de matar sua companheira, a caicoense, Gilimara Santos, com 96 golpes de faca, crime ocorrido na cidade de João Pessoa, na manhã de sábado, dia 19, Marilene da Silva Ramos, de 45 anos, é natural de São Paulo/SP e contra ela, já existia um mandado de prisão preventiva em aberto por crime de homicídio praticado em 2011, na zona rural de Serrinha/RN.

O Blog Sidney Silva conseguiu apurar com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, que Marilene Ramos, junto com um namorado, matou José Edmilson dos Santos, também conhecido como “Pequeno”, que era seu amante. O corpo foi encontrado carbonizado dentro de um carro na comunidade rural “Pimentas”. A dupla também teria usado um saco para asfixiar a vítima. Os exames da perícia técnica confirmaram ainda que o homem assassinado foi dopado com rivotril. Desde o ano do fato ela estava foragida da polícia.

Sua prisão em Campina Grande aconteceu por força do mandado de prisão oriundo da comarca de Santo Antônio/RN. Em João Pessoa, ela foi autuada em flagrante por homicídio (contra Gilimara) e por tentativa de homicídio (contra a mãe e o sobrinho de Gilimara).