RN tem autorizados novos leitos de Suporte Ventilatório Pulmonar para Covid

Mais 174 leitos de Suporte Ventilatório Pulmonar para atendimento exclusivo aos pacientes com a Covid-19 foram autorizados pelo Ministério da Saúde por meio da publicação da Portaria 936/2021 no Diário Oficial da União. O recurso orçamentário faz parte do Programa de Trabalho – Atenção à Saúde da População para Procedimentos em Média e Alta Complexidade.

No Rio Grande do Norte, foram beneficiados os municípios de São Gonçalo do Amarante (3), Currais Novos (2) e Pendência (1). Além destes, o Hospital dos Pescadores, em Natal, também receberá dois leitos.


Saúde autoriza mais de 1,2 mil leitos de UTI Covid-19 para 19 estados

Foto: Rodrigo Félix Leal

Mais 1.152 leitos de UTI adulto e 51 leitos de UTI pediátrica foram autorizados nesta terça-feira (04) pelo Ministério da Saúde para atendimento de pacientes graves com Covid-19. A autorização, em caráter excepcional e temporário, é mais uma ação da pasta em apoio aos estados, Distrito Federal e municípios para reforço do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da pandemia.

Estão sendo beneficiados vários municípios nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia e São Paulo, conforme portarias publicadas no Diário Oficial da União (DOU) – acesse aqui e aqui. O valor do repasse mensal será de mais de R$ 58,2 milhões, correspondente à abril.

A autorização ocorre sob demanda dos estados, que têm autonomia para disponibilizar e financiar quantos leitos forem necessários. Apesar disso, o Ministério da Saúde, em decorrência do atual cenário de emergência, disponibiliza recursos financeiros e auxílio técnico para o enfrentamento da doença – somente em 2021, já foram autorizados mais de 20,8 mil leitos de UTI Covid-19 adultos e pediátricos para tratamento de pacientes graves. O investimento é de mais de R$ 1,5 bilhão.


Regiões Oeste e Seridó tem taxa de ocupação de leitos de UTI elevada nesta noite

Ocupação dos leitos críticos segundo o Regula RN

A taxa de ocupação dos 35 leitos de UTI para pessoas com Covid-19, do Hospital Regional do Seridó, entrou a noite desta quinta-feira (31), em 100%. As informações são do Portal Regula RN.

A região Oeste do estado, também apresentava taxa de ocupação de 100%.

Os leitos clínicos para pessoas com Covid-19 no Regional de Caicó, também estavam totalmente ocupados. Nesse caso, a informação foi confirmada no Boletim divulgado pela assessoria da referida casa de saúde.

O mesmo boletim, informou que 48 pessoas estavam internadas com diagnóstico fechado para Covid-19 e ninguém com sintomas suspeitos.

Taxas de ocupação segundo o próprio Hospital

Sesap instala mais 1 leito de UTI em Caicó e 2 clínicos em Currais Novos

Novo leitos de UTI começam a ser instalados na região Seridó

Além da Região Metropolitana e o Oeste, a Região do Seridó também integra o plano de expansão de leitos Covid do Governo do RN. Foram cadastrados, nesta sexta-feira (05), no Sistema Regula RN mais dois leitos clínicos no Hospital Regional Mariano Coelho, em Currais Novos, e um leito de UTI no Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó. Nos próximos dias serão abertos mais quatro leitos de UTI em Caicó e novos leitos clínicos em Currais Novos.

O Seridó foi uma região de saúde que não precisou encaminhar pacientes para outras regiões porque, diante da capacidade instalada, sempre conseguiu fazer a resolução das situações. Mas, no momento, visualizamos uma taxa de ocupação de 100% dos leitos críticos e um cenário de aumento de mortalidade. Estamos correndo para expandir leitos, mas cabe ressaltar que o caminho não é apenas expandir leitos. Precisamos fazer cumprir os decretos, fortalecer o Pacto pela Vida, defender o SUS e manter o distanciamento social como uma premissa fundamental para que a gente possa, nos próximos dias, reduzir esse cenário na região do Seridó”, pontuou a secretária adjunta da saúde, Maura Sobreira.

Desde o ano passado, para enfrentar a pandemia, foram montados 30 leitos de UTI Covid no Hospital Regional de Caicó, além de 18 leitos clínicos. Em Currais Novos, o Hospital Mariano Coelho – referência em atendimento materno-infantil – recebeu cinco leitos de UTI e 7 leitos clínicos.

Em Caicó – onde o hospital regional conta com um tomógrafo – e Currais Novos, os equipamentos de raio-x e ultrassonografia vem dando suporte no diagnóstico e acompanhamento de pacientes Covid e outras patologias de toda a região Seridó. Mais de 8 mil pacientes suspeitos ou confirmados  Covid  foram atendidos no pronto atendimento durante a pandemia, com quase 1.000 altas nas duas unidades hospitalares.


Região Seridó atinge 100% de ocupação dos leitos de UTI/Covid-19

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na região Seridó do Rio Grande do Norte, está em 100%, na madrugada desta sexta-feira (05).

Os dados são referentes aos dois hospitais da região que tem leitos crítico para pacientes com Covid, o Regional de Caicó (100%) e o Mariano Coelho de Currais Novos (100%).

Como mostra a imagem, a região metropolitana de Natal, está com 93,5% de ocupação. O Oeste tem 93,4% e a média de ocupação do Rio Grande do Norte, é de 94,3%.


Covid-19: Paciente idosa oriunda de Natal da entrada na UTI do Hospital Regional em Caicó

Paciente com Covid-19 de Natal transferida para Caicó – (FOTO: Sidney Silva)

Deu entrada no Hospital Regional do Seridó, na tarde desta terça-feira (23), uma idosa de 78 anos, que chegou de Natal, com Covid-19 para ser internada em leito de UTI.

Ela foi transferida de avião até o aeródromo Ruy Mariz e de lá, seguiu em viatura do Samu até o Hospital.

O médico que acompanhou a paciente desde Natal, Eucaná Marinho, disse que “ela está com sintomas iniciais e já precisando de um leito de UTI, mas, seu quadro é estável. A necessidade de transferência para outra unidade hospitalar se deu por causa da falta leito na UPA onde estava“.

O segundo paciente, de 38 anos, que estava previsto para vir na mesma aeronave, não foi transferido por causa do estado de obesidade em que se encontra.


Caicó: Taxa de ocupação dos leitos Covid-19 de UTI no Regional chegou 86,7%

O Boletim Covid-19 do Hospital Regional do Seridó, divulgado na noite desta quinta-feira (07), mostra a taxa de ocupação dos leitos de UTI em 86,7%. Ou seja, dos 30 existentes, apenas 4 estão disponíveis. Já a taxa de ocupação dos leitos clínicos, era de 22,2%.

O mesmo boletim noticiou as altas médicas de dois pacientes de Caicó, que agora, passam a ser acompanhados por equipes da Secretaria de Saúde, em casa.


Sargento Alencar foi transferido para o Hospital Walfredo Gurgel em Natal

Sargento Alencar foi transferido para Natal em ambulância do Samu

Era por volta das 22hs45min da noite desta segunda-feira (28) quando a Unidade Avançada do Samu deixou o Hospital Regional do Seridó, em direção ao Hospital Walfredo Gurgel em Natal, conduzindo o Sargento Alencar Antônio de Costa, que sofreu um AVC Isquêmico, fato ocorrido na noite do último domingo, em Ouro Branco/RN.

Após a realização de exame de tomografia computadorizada, os médicos identificaram leve piora na área aonde ocorreu o AVC, por isso decidiram encaminhá-lo para Natal.

Quando já estava dentro da ambulância, o respirador instalado no veículo apresentou problema e Alencar teve que ser levado às pressas de volta para a UTI do Hospital. Mais tarde, com a resolução do problema, foi possível fazer a transferência.

Uma viatura do 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual, aonde o policial trabalha, fez acompanhou do translado para facilitar a liberação do trânsito.


Sargento PM Alencar permanece na UTI do Regional em Caicó

Sargento Alencar permanece internado na UTI

O sargento da Polícia Militar, caicoense, Alencar Antônio da Costa, lotado no 3º DPRE, continua internado em um dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional do Seridó em Caicó. Ele sofreu um AVC Isquêmico quando estava trabalhando na noite deste domingo (27), em Ouro Branco.

A previsão é que surja uma vaga na UTI do Hospital da Polícia em Natal e ele seja transferido na manhã desta terça-feira (29).

O major Aderlan Bezerra, comandante do 3º DPRE, disse ao Blog Sidney Silva, que na tarde desta segunda, os médicos tentaram tirar a sedação, mas, tiveram que reverter o quadro.

Também foi informado que não foi registrada qualquer tipo de hemorragia.


Ocupação dos leitos de UTI no Hospital Regional do Seridó chega a 81,82%

Hospital Regional do Seridó tem quase 90% dos leitos den UTI ocupados

De acordo com o site Regula RN, no início da noite desta quinta-feira (04), apenas 4 leitos da Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital Regional do Seridó, estavam disponíveis.

A ocupação, era de 81,82%, ou seja, dos 22 leitos críticos disponíveis na unidade, 18 estavam ocupados com pacientes.

O Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó, é a unidade referência na Região do Seridó, para atendimento de pacientes com suspeita ou confirmados de Covid-19.

A unidade já recebeu pessoas de várias regiões do Estado.


Fila de espera por leitos para tratamento da Covid-19 no RN tem 32 pessoas, diz secretário

Leitos de UTI em Mossoró

A fila de espera por leitos de enfermaria, semi-intensivo ou de UTI no Rio Grande do Norte já conta com 32 pessoas, na manhã desta segunda-feira (11), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Isso significa dizer que o estado está superlotado, mas não entrou em colapso, segundo o adjunto da pasta, Petrônio Spinelli.

As 32 pessoas na fila de espera passaram por Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou hospitais no interior do estado, que são responsáveis por solicitar as internações junto à rede estadual. São nestas unidades que os pacientes passam por uma triagem, que determina o nível de gravidade e consequentemente o grau de prioridade de atendimento.

*Leia a notícia completa no G1/RN, aqui


Saída de leitos de UTI que não são para pacientes Covid-19, de Caicó para Currais Novos, pode ser judicializada

O promotor Vicente Elísio de Oliveira Neto, continua insistindo que a retirada dos leitos de UTI para atendimento de problemas de saúde que não sejam Covid-19, de Caicó para Currais Novos, é um erro. Inclusive, é possível que nas próximas horas, o assunto seja judicializado.

Esta semana, o promotor participou de reunião através de vídeo-conferência com diversas autoridades de saúde da região Seridó e do estado para tratar também, sobre o assunto. A promotora, Kalina Correia Filgueira, coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde no M/RN, também participou e disse que o Plano de Contingência e enfrentamento ao Coronavírus, criado na região, precisava de ajustes.

Os profissionais de saúde que estavam presentes, disseram que não tinha como fazer qualquer mudança no Plano.

Uma possibilidade defendida pelos promotores é que sejam instalados leitos de UTI no Hospital do Seridó. Quando perguntando da possibilidade do empenho da Prefeitura nesse sentido, já que o referido hospital, atualmente é de sua responsabilidade, Batata Araújo, disse que era inviável.


Pacientes de Tenente Laurentino foram encaminhados para Caicó por falta de vaga no Hospital de Currais Novos

Diante da notícia de que os pacientes de Caicó, com problemas de saúde diferentes de Coronavírus, que precisarem de um leito de UTI, terão que ser encaminhados para o Hospital Mariano Coelho, em Currais Novos, o blog checou na tarde deste domingo (12), como está funcionando a Unidade de Terapia Intensiva da referida unidade de saúde.

Uma fonte com livre trânsito no Hospital disse que nos últimos meses, é raro o dia que tem leito vago na UTI. “A demanda é alta. O Hospital atende vários municípios desta região”, disse.

Inclusive, na noite deste domingo, o Hospital Regional de Caicó, recebeu pacientes oriundos de Tenente Laurentino Cruz, cidade que fica na área do Hospital de Currais. Isso teria acontecido por causa da falta de leitos.


Escala da UTI Pediátrica do Walfredo Gurgel é normalizada

O Governo do RN, por meio da secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e a direção do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG), informa que a Cooperativa Médica (Coopmed) aceitou cobrir os plantões dos dias 29 (dia),  30 (dia) e 31 (noite) da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica do HMWG. A unidade estava com redução no quadro de intensivistas pediátricos e, com a recomposição da escala, o hospital não deixará mais de receber novos internamentos nos próximos dias.

Continue lendo

UTI do Hospital Regional tem nível satisfatório de resolutividade

A Unidade de Terapia Intensiva- UTI do Hospital Regional de Caicó, está completando 50 dias que teve a sua nova estrutura inaugurada. No período, de acordo com o médico Belísio Neto, que é diretor da unidade, foram internados 85 pacientes e destes, apenas 4 foram transferidos para Natal. O motivo, foi a necessidade de passarem por neurocirurgias, um serviço que o Hospital de Caicó, ainda não dispõem.

Mesmo com as dificuldades existentes, de acordo com o médico, Belísio Neto, a maioria dos pacientes que passaram nas últimas semanas pela unidade, conseguiram se recuperar do problema de saúde que estavam acometidos.

Assista um bate-papo que o Blog teve com Dr. Francisco Belísio Neto:


Robinson entrega UTI com 10 leitos em Caicó

Governador do RN entrega leitos de UTI em Caicó

A regionalização da saúde do RN avançou em mais uma etapa. Nesta sexta-feira (27), o governador Robinson Faria esteve em Caicó para inaugurar a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, também conhecido como o Hospital Regional do Seridó.O governo investiu quase R$ 1 milhão, através de recursos próprios, em obras e equipamentos, para instalar uma nova Unidade totalmente reformada, modernizada e com sua capacidade duplicada de cinco para dez leitos de UTI adulto. Os cinco leitos que já existiam foram totalmente reformados.

Na ocasião, o governador fez o descerramento da placa inaugural e visitou o espaço conhecendo o novo complexo que conta com aparelhos de última geração, novos móveis, camas elétricas, cortinas, respiradores, ventiladores pulmonares, cardioversores, suportes de soro e carrinho de urgência. Já a estrutura ganhou recuperação do piso e cobertura, instalações hidráulicas, elétricas e sistema de climatização.

Continue lendo


Familiares de pacientes da UTI do Regional em Caicó compram medicações que faltam na unidade

Os familiares de pacientes que estão internados na Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital Regional de Caicó, estão precisando adquirir medicamentos que estão faltando ma referida casa de saúde. Mesmo depois de ter sido “reabastecido” pela Secretaria de Saúde do Estado – há menos de uma semana – o hospital ainda passa por necessidade de insumos.

Os pacientes estão fazendo verdadeira peregrinação nas farmácias e em outros Hospitais na Região para adquirir medicamentos como Nipride ou Tridil – de uso injetável, indicados para indivíduos que sofrem de pressão alta. São vasodilatadores –. Esses são apenas alguns dos medicamentos que estão em falta na Unidade.


UTI do Hospital Regional não recebe mais pacientes por falta de medicamentos e equipamentos

UTI do Regional deixa de receber pacientes

A Unidade de Terapia Intensivado Hospital Regional de Caicó, não poderá mais receber pacientes. A medida foi adotada pelos médicos que trabalham no setor. O motivo é a falta de medicamentos básicos para sedação e equipamentos.

Fontes que informaram a situação ao Blog Sidney Silva relatam que os profissionais falam em situação de caos no hospital e isso inviabiliza a admissão de novos pacientes na UTI. A direção da unidade já foi informada que só serão internadas pessoas na UTI quando chegarem medicamentos ao menos que permitam sedação.

Também existem relatos de equipamentos como monitores estão quebrados.

Na UTI do Regional, nesta terça-feira (31), estão internados 4 pacientes em 4 leitos.

A informação que chega ao Blog dá conta da falta de medicamentos como Furosemida, também de aparelhos para verificar a pressão e drogas vasoativas como Noradrenalina. Ainda estão faltando Fentanil e Midazolam, entre outros.