Trombonista de carreira internacional será solista no Quartas Clássica

Trombonista de carreira internacional será solista no Quartas Clássica
Trombonista de carreira internacional será solista no Quartas Clássica

Com patrocínio do Morada da Paz, Cosern e Unimed, o Teatro Riachuelo recebe nesta quarta-feira (29) mais uma edição do projeto Quartas Clássicas a partir das 20h, seguindo com a temporada 2016 da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte. O solista convidado é o trombonista José Milton Vieira, que vem ganhando crescente destaque em âmbito nacional e internacional, consagrando-se como um dos representantes da nova geração do trombone brasileiro. Ele já se apresentou em várias cidades do Brasil e nos Estados Unidos, França, Suíça, Venezuela e Cuba, Alemanha e Itália.

O concerto contará com a regência do maestro Linus Lerner e o repertório apresentará a abertura da “Ópera Fosca”, de Carlos Gomes; a obra “Ziriguidum: Concertino para Trombone e Orquestra” (estreia mundial) de Arthur Barbosa; “Toronubá”, de Dimitri Cervo; e “Bachianas Brasileiras No. 2 (O Trenzinho do Caipira)”, de Heitor Villa-Lobos.

O segundo estará disponível ao público na bilheteria do Teatro Riachuelo, a partir das 12h no dia do concerto. Cada CPF apresentado na bilheteria dá direito a um par de ingressos.

O projeto Quartas Clássicas conta com patrocínio do Cemitério e Crematório Morada da Paz, da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado, e da Unimed Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão da Prefeitura Municipal de Natal, além de apoio do Teatro Riachuelo. A realização do projeto é da Fundação José Augusto.

Sobre o solista convidado

Em sua demanda como solista, José Milton Vieira tem como compromisso promover o seu instrumento, estimular compositores a enriquecer o repertório para o trombone e levar o repertório existente para o conhecimento do público.

Ganhador de vários prêmios nacionais e internacionais, José Milton conquistou o primeiro prêmio e o prêmio do público no the 26° Concorso Internazionale “Città di Porcia (Italia-2015); Primeiro prêmio da “Lewis Van Haney Philharmonic Prize Competition” em Paris (ITF 2012); Primeiro prêmio do Pré – Estreia, Categoria Solista (TV Cultura – SP- 2012); Segundo premio do Concurso Radegundis Feitosa de Solistas de Metais (Belém, 2012). Além destes, ele foi premiado pela  melhor interpretação na peça comissionada “Is My Shoe Still Blue” de Christian Muthspiel” da 64. Internationaler Musikwettbewerb der ARD (Alemanha- 2015).

Participou de diversos festivais nacionais e internacionais, e teve aulas com grandes nomes do trombone, destacando Joseph Alessi, Carl Lenthe, Peter Ellefson, Jacques Mauger, Radegundis Feitosa, Wagner Polistchuck e Darcio Gianelli. Em 2012, patrocinado pelo consulado norte-americano no Brasil, teve a oportunidade de se especializar na Julliard Music School, tendo aulas com o renomado trombonista Per Brevig, ex-Primeiro trombone da Metropolitan Opera Orchestra.