Polícia Civil prende homem por posse ilegal de arma de fogo em Tangará

A ação culminou com a prisão de Formiga e a apreensão de arma de fogo

Policiais civis da Delegacia Municipal de Tangará e da 9ª Delegacia Regional de Santa Cruz, juntamente com policiais militares de Tangará, Senador Elói de Souza e da Guarda Municipal, deram cumprimento, na manhã desta quarta-feira (20), a um mandado de prisão em desfavor de Romário Balbino da Silva, conhecido como “Formiga”, apontado como um dos autores de um latrocínio ocorrido em novembro de 2017, em Tangará. Na residência do suspeito, foi encontrada uma arma de fogo calibre 12, municiada, razão pela qual foi autuado em flagrante por esse crime.

A Polícia Civil conta com auxílio da população no envio de informações que possam ajudar em investigações. As denúncias possuem garantia de sigilo e podem ser realizadas por meio do 181.


Polícia prende suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e de integrarem facção

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou, nesta sexta-feira (15), a Operação Morro do Aranha nas cidades de Santa Cruz, Caicó (no presídio O Pereirão) e Tangará.

Presos na nova fase da Operação Morro do Aranha

A Operação teve como objetivo combater o tráfico de drogas na região. Foram cumpridos 17 mandados de prisão contra investigados suspeitos de integrarem facção criminosa e por envolvimento direto com tráfico de drogas. Também foram realizadas 06 autuações em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse de arma de fogo. A equipe policial contou com a força de 200 policiais.

Presos na Operação Morro do Aranha

A Operação Morro do Aranha foi desencadeada pela Operação Gladiador que ocorreu no dia 03 de agosto a qual foram presos dois homens pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo.

Droga apreendida na operação

Foram presos na Operação: Denis de Lima Santos, 27 anos, vulgo “Denis”; Diogo de Souto Lira de Medeiros, 23 anos, vulgo “Curinga”; Raimundo Juriel da Silva Gurgel, 32 anos, vulgo “Turiel”; Flávia Kateúcia da Silva Ferreira, 35 anos; Wanderson Rafael Januário, 27 anos, vulgo “Bigodinho”; José Lenildo de Oliveira Nunes, 30 anos, vulgo “China”; Igor Rafael Olinto, 29 anos, vulgo “Igo Oião”; Alex Patrício da Silvas, 21 anos; Maria Jaqueline dos Santos, 40 anos, vulgo “Jack” ou “Dheke”; Irla Tainara de Souza Silva, 22 anos, vulgo “Thaynara”; José Carlos da Silva , 34 anos, vulgo “Zé Jerimum” ou “Galego do Cabaré”; Leandro Moreira de Souza, 29 anos, vulgo “Ueque”; José Robson Januário, 28 anos, vulgo “Robinho”; José Alysson Gomes Sampaio, 33 anos, vulgo “Alin”; Maria Francinária Nascimento da Silva, 31 anos, vulgo “Nara”; Jackson Antônio Abreu da Silva, 27 anos, vulgo “Jack” ou “Dhek RN”; Everton Carlos de Araújo Lima, 30 anos, vulgo “Evinho” ou “Coroa Boy”; Monaliza Mikaela dos Santos, 21 anos, vulgo “Mika”; Feluce Cardoso da Silva; Vítor Rocha da Costa, 22 anos; Randley Soares Costa, 23 anos; João Paulo Pinho Rodrigues; Jonas Rodrigues da Silva.

Os presos foram conduzidos ao Sistema Prisional onde aguardarão a decisão da Justiça. Os demais investigados estão sendo procurados.


Operação integrada prende cinco pessoas em Tangará

Material apreendido na cidade de Tangará

Na manhã desta sexta-feira (17), a Delegacia de Polícia Civil de Tangará, com apoio da Polícia Militar, deflagrou a Operação Jano que teve como objetivo cumprir 20 mandados de prisão, busca e apreensão contra pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e com a posse ilegal de armas de fogo. A Operação foi coordenada pela Diretoria de Polícia Civil do Interior (DPCIN) e pelo Comando do Policiamento do Interior (CPI).Durante a ação, foram presos quatro homens e uma mulher e apreendidas drogas, como cocaína e maconha, além de cinco armas de fogo.

Foram presos em flagrante Francisco Canindé França Neto, 22 anos; Vitor Gabriel França de Lima, 28 anos; Ivanilson Barbosa dos Santos, 27 anos; Ednaldo Bezerra da Silva, 26 anos e Maria Eduarda Neves, 19 anos.

Os policiais conseguiram apreender aproximadamente dois quilos de cocaína, meio quilo de maconha, sacos para embalar drogas e balanças de precisão; também apreenderam aves e cinco armas de fogo de calibre 32 e 38. “Nós batizamos a Operação com o nome de Jano, deus da paz na mitologia romana, para simbolizar que estamos trabalhando em conjunto para diminuir crimes como o tráfico de drogas e a ocorrência de homicídios na cidade. A missão de hoje foi cumprida com êxito e vamos continuar investigando mais suspeitos”, afirmou o delegado de Tangará, Valério Kurten Baratter.


Polícia Civil de Tangará prende homem suspeito de estuprar filha

Policiais civis da Delegacia de Tangará prenderam, nesta segunda-feira (22), um homem suspeito de estuprar sua filha de 13 anos, no município de Tangará. Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, e autuado pelo crime de estupro de vulnerável, sendo encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.