Loja das Óticas Diniz é inaugurada em Caicó

Loja das Óticas Diniz foi inaugurada em Caicó

A nova loja das Óticas Diniz de Caicó foi inaugurada às 10hs da manhã desta sexta-feira (08). Localizada no coração comercial da cidade, antes mesmo das palavras de abertura, ditas pelo empresário Marcelo Nevare, o ambiente foi invadido por clientes querendo adquirir os óculos com os melhores preços, inclusive, os da marca Ray-Ban, com promoção de até 50% de desconto.

Os funcionários, ao lado de  Nevares e Aécio Diniz, um dos donos da franquia, fizeram uma oração e bradaram um grito de guerra que dizia “estamos chegando em Caicó, com garra, com força, com determinação”. Antes rezaram um pai nosso.

Todos passaram pelo atendimento padrão da franquia que tem mais de 1000 lojas espalhadas pelo Brasil. “Nós somos uma marca que saiu aqui do Nordeste e estamos avançando para além das outras regiões do país. Muitos empreendimentos vem de lá pra cá, e nós, não. Nós vamos a partir daqui. Estamos investindo mesmo diante de um cenário de dificuldade do Brasil. Estamos mostrando que é possível”, disse Aecio Diniz.

O empresário Marcelo Nevares contou que as Óticas Diniz chegam a Caicó gerando mais de 200 empregos indiretos e cerca de 25 diretos. “Nós estamos chegando para fazer a economia local se movimentar. Estamos gerante emprego e renda com o um investimento de cerca de 500 mil reais para anteder a um público que é exigente. O caicoense sabe o que quer quando se fala em bons produtos. As Óticas Diniz tem esse material pra oferecer. Inclusive, conseguimos na Itália os descontos para os óculos Ray-Ban, muito procurado”, disse.



Juiz Federal do RN torna nula a nova tabela do transporte de frete

O Juiz Federal Orlan Donato Rocha, titular da 8ª Vara Federal do Rio Grande do Norte, determinou a nulidade da nova tabela dos valores de frete rodoviário, definida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres. A decisão liminar foi proferida atendendo pedido de duas empresas, que atuam na extração e comercialização de sal marinho. Portanto, a determinação judicial é aplicada apenas para as partes no processo.

O magistrado destacou que a tabela definida pela ANTT demonstra intervenção do Governo Federal na economia, no sentido de impor regulamentação ao setor de transportes de cargas rodoviário, ofendendo os princípios e fundamentos da Constituição. Na decisão, o Juiz Federal observou que a definição de valores, regulando o mercado de frete de cargas terrestres rodoviários com uma tabela “pré-estabelecida” demonstra “flagrante inconstitucionalidade, devendo ser rechaçado pelo Poder Judiciário”.

Ele atentou ainda que a necessidade da liminar está no “perigo na demora”, já que está caracterizada a necessidade de continuidade dos negócios das empresas, não podendo aguardar “indefinidamente a alteração da Medida Provisória 832/2018, tampouco contratar fretes sob essa nova sistemática, pois se torna inviável o comércio da mercadoria transacionada (sal), caso sejam mantidos os fretes terrestres rodoviários”.



São João de Campina Grande começa com shows de Mano Walter e Santanna nesta sexta-feira (8)

Forrozeiro Santana é atração na abertura do São João 2018 de Campina Grande – (Foto: Kamila Lima)

Do G1/PB – A programação do São João 2018 de Campina Grande começa na noite desta sexta-feira (8), com shows de Mano Walter e Santanna. Além dos cantores, a abertura do evento terá também, no palco principal Pinto do Acordeon, as apresentações de Biliu de Campina e Os Anselmos.

A Aliança, empresa que organiza o evento junto com a prefeitura, informou que os portões do Parque do Povo abrem a partir das 18h e que os shows do palco principal Pinto do Acordeon começam às 21h. De acordo com a empresa, ainda será divulgada, na tarde desta quinta-feira (7), a ordem das apresentações na arena de shows.

O São João 2018 de Campina Grande vai até o dia 8 de julho. Entre os shows confirmados para a festa junina estão Wesley Safadão, Elba Ramalho, Bell Marques, Luan Santana, Matheus e Kauan, além de artistas como Amazan e Flávio José. A expectativa da organização do evento é de que a festa junina movimente cerca de 2 milhões de pessoas.



Pela primeira vez, TSE manda retirar fake news da internet

Marina Silva foi alvo de notícias falsas – (Foto: Sérgio Lima)

O ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Sérgio Banhos determinou hoje (7) que o Facebook retire ao ar um perfil anônimo que divulgava fatos inverídicos sobre a ex-senadora e pré-candidata à Presidência da República Marina Silva. Com a decisão, a empresa terá 48 horas para remover o conteúdo, além de fornecer os dados dos administradores do conteúdo.

A decisão do ministro foi tomada a partir de uma ação do partido Rede Sustentabilidade. A legenda alegou que foram publicados cinco textos que associavam Marina Silva a atos de corrupção.

Segundo o partido, a ex-senadora não é investigada em nenhum processo em andamento na Justiça.

Ao decidir sobre a questão, o ministro afirmou que, embora a Constituição garanta a liberdade de expressão, a proteção não se estende a casos de manifestação anônima. “Devemos estar dispostos e engajados em fazer destas eleições uma disputa leal, com incondicional respeito às regras do certame eleitoral, demonstrando fidelidade às instituições e ao regime democrático”, entendeu o ministro.



Governo diz que vai revogar nova tabela de fretes nesta sexta-feira

O governo federal decidiu nesta noite que vai revogar amanhã (8) a nova  tabela com o preço mínimo do frete para o transporte rodoviário de cargas, publicada em edição extra do Diário Oficial da União no final da tarde de hoje (7).

De acordo com a assessoria do Ministério dos Transportes, com a decisão, a tabela publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no dia 30 de maio estará valendo até uma nova tabela ser elaborada pela agência.

Ainda segundo a assessoria, a decisão foi tomada após reação dos representantes dos caminhoneiros com a publicação do documento nesta quinta-feira. A categoria se reúne com o governo na manhã desta sexta-feira na sede da ANTT em Brasília.

A tabela que foi divulgada hoje foi elaborada porque, de acordo com ANTT, a anterior, publicada no dia 30, estava confusa. O documento que será revogado previa valores de frete por quilômetro rodado combinado com o número de eixos dos caminhões e a possibilidade de negociação do frete de retorno entre o contratante de origem e o transportador.

*Agência Brasil