Arleide Ótica topo
Pesquisar
Categorias

RN registra chuvas acima de 80mm em 24h, diz Emparn

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou a ocorrência de chuvas em todas as regiões do estado, com destaque para a região Agreste Potiguar. No município de Lagoa de Pedras choveu 86,3mm no intervalo das últimas 24h . Os maiores nas demais regiões foram Mossoró (Oeste Potiguar)- 79,4mm; São Vicente (Central Potiguar), 65mm e Goianina (Leste Potiguar)- 49,8mm.

Em Natal, choveu 47,3mm. As análises dos modelos meteorológicos apontam a continuidade das chuvas, devido a atuação a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema meteorológico que favorece a ocorrência de chuvas no estado neste época do ano atuando sob o estado.

Previsão dia a dia

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas, de até 100 milímetros por dia, para 106 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta vale até 10h da segunda-feira (18).

O alerta é da cor laranja (perigo), o segundo nível no grau de severidade do órgão.

Grau de severidade

Leia mais

VIGGO BANNER
Chuvas intensas são esperadas - (Foto: Sidney Silva)

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu dois alertas de perigo potencial (amarelo) e perigo (laranja) para chuvas intensas no Rio Grande do Norte. Enquanto o primeiro contempla apenas 10 cidades, o segundo apresenta maior grau de severidade, com risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, e vale para as demais cidades do Estado. O avisos passaram a valer na manhã desta sexta-feira (15). Enquanto o amarelo segue em vigência até às 10h deste sábado (16), o laranja vale até às 10h da próxima segunda-feira (18).

Enquanto alerta amarelo aponta para chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, o laranja tem maior grau de severidade e alerta para chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia.

Confira as cidades em alerta laranja:

Leia mais

Arleide ÓTICA
Barragem de Oiticica, ainda em obras, já transborda

A barragem de Oiticica, ainda em obras, já retém 78 milhões de m³ e completou 100% da sua capacidade atual. As águas da sangria de Oiticica seguem para a barragem Armando Ribeiro Gonçalves. O volume acumulado atualmente, representa apenas 13% da capacidade total do reservatório, quando estiver com a sua estrutura completa, que será de 598 milhões de metros cúbicos.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.288.400.000 m³, percentualmente, 53,68% da sua capacidade total, que é de 2.373,07 bilhões de m³. No relatório divulgado no dia 15 de fevereiro, o manancial estava com 1.230,56 bilhão de m³, equivalentes a 51,86% da sua capacidade total.

Já a barragem Santa Cruz do Apodi acumula 347.362.825 m³, correspondentes a 57,82% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. Em meados de fevereiro, o reservatório acumulava 344.622.360 m³, equivalentes a 57,46% da sua capacidade total.

A barragem Umari. localizada em Upanema, acumula 221.688.621 m³, percentualmente, 75,71% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No relatório do dia 15 de fevereiro, o reservatório estava com 219.149.906 m³, correspondentes a 74,84% da sua capacidade total.

Leia mais

VIGGO BANNER

Os primeiros dias de 2024 foram marcados pela chuva em diversas regiões do Rio Grande do Norte. Segundo relatório pluviométrico realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), pelo menos 55 estações registraram precipitações no período entre às 7h de do dia 1º de janeiro até às 7h desta terça-feira (2). A cidade de Porto do Mangue registrou chuvas de até 130mm e teve o melhor apontamento pluviométrico do Estado.

Entre as cidades no Oeste, Grossos (57 mm), Triunfo Potiguar (49 mm) e Ipanguaçu (44,8 mm) também tiveram registro acima dos 40 mm. Com 0,4 mm, Martins teve a menor precipitação na região.

No Leste do RN, São Gonçalo do Amarante foi a cidade da Grande Natal com o melhor registro de chuva, com 80 milímetros. Goianinha (40,2 mm), Nísia Floresta (31,2 mm) e Natal (28 mm) também estão entre aquelas que tiveram os melhores registros. Parnamirim, com 9,7 mm, teve o menor registro entre as cidades da Grande Natal.

No Agreste Potiguar, o destaque pluviométrico é da cidade de Lagoa de Pedras, que registrou chuvas de 76,2 mm. O relatório da Emparn apontou que Nova Cruz (52,2 mm), Japi (30,8 mm), Lagoa Salgada (25 mm) e Brejinho (22.4) também tiveram uma boa precipitação. Com 0,2 mm, Coronel Ezequiel foi a cidade com a menor média.

Leia mais

(Foto: Adriano Abreu/Tribuna do Norte)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) voltou a publicar, nesta terça-feira (2), aviso de chuvas e ventos intensos na região Oeste Potiguar. O alerta seguem com vigência até às 10h da próxima quarta-feira (3).

De acordo com o Inmet, há possibilidade para chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia e ventos intensos (40-60 km/h) nas cidades de Coronel João Pessoa, Luís Gomes, São Miguel e Venha-Ver. Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet recomenda que em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Além disso, recomenda-se evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia mais

Banner Gov RN
Onda de calor já está atuando

Embora, no mês de novembro tenha como características climáticas de ser um mês seco e quente, os termômetros no Rio Grande do Norte poderão atingir temperaturas acima do normal para o período como vem acontecendo no Nordeste do Brasil devido a atuação do fenômeno El Ñino. Temperaturas acima de 35°C são consideradas normais para o mês, no interior do estado. A atuação dos ventos entre as regiões do país, nos próximos dias, é que vai determinar a chegada da onda de calor no estado. Esta é análise do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

A onda de calor que começou a atuar no Brasil nesta semana vai se espalhando aos poucos pois uma alta pressão está atuando na região central da América do Sul. A depender da atuação dos ventos e outros sistemas meteorológicos nos próximos dias entre os estados de Minas Gerais, Bahia e Piauí, a população potiguar poderá sentir o aumento acima do normal meio da semana que vem. É cedo afirmar que essa onda vai chegar no Rio Grande do Norte”, comentou o chefe da unidade de meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

Em setembro, o estado registrou temperaturas acima de 40ºC na região do Seridó, quando pela climatologia a média máxima normal era de 36°C. “Temperaturas acima dos 35°C no interior do estado nesses meses de outubro, novembro e dezembro são temperaturas dentro da normalidade pois são os meses mais quentes e secos do ano no estado”, explicou Bristot.

O fenômeno El Ñino é o aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico, provocando aumento de chuvas/inundações nas regiões Sul e Sudeste do Brasil e seca no Nordeste. De acordo com os especialistas seus efeitos devem seguir no RN até o primeiro semestre de 2024.

Leia mais

VIGGO BANNER

A temperatura da cidade de Caicó, localizada na região do Seridó do Rio Grande do Norte atingiu 40,04°C na tarde de ontem (25). O dado é do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa do Rio Grande do Norte (Emparn) que vem registrando ao longo das últimas semanas discretos e gradativos aumentos nas temperaturas do estado, sobretudo no interior.

Pela climatologia, esta é a época do ano mais seca e mais quente no Nordeste Brasileiro, porém as temperaturas estão apresentando valores acima do normal para o período no RN devido aos efeitos do fenômeno El Ñino. “Ontem na cidade de Caicó, por exemplo, tanto na cidade como em áreas rurais, a temperatura registrada pelo nosso posto de monitoramento ultrapassou a marca dos 40°C”, disse o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

O meteorologista reforça que “este é um efeito direto, imediato do fenômeno El Ñino que acontece no oceano Pacífico provocando mudança na circulação dos ventos, causando bloqueios atmosféricos que diminuem a umidade e fazem com que as temperaturas se elevem. Em momentos anteriores em que ocorreu o fenômeno El Ñino, as temperaturas em Natal, por exemplo, em 1998, superaram os 34°C, enquanto que o normal para a época é em torno de 29°C”.

A previsão para a última semana de setembro é de céu nublado a claro nas regiões Leste e Agreste. Para o interior, a previsão é de céu claro com pouca nebulosidade com temperaturas variando entre 24°C e 37°C e 38°C. “A temperatura deverá diminuir no decorrer da semana caso restos de frentes frias alcancem no Sul da Bahia como está previsto”.

Leia mais

VIGGO BANNER

A previsão do tempo para este fim semana no Rio Grande do Norte é de céu parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas isoladas em alguns municípios. As informações são do Portal Clima Tempo.

Em Natal, a previsão do tempo para este sábado (16) é de sol, com chuva de manhã e diminuição de nuvens à tarde. Noite com pouca nebulosidade. No domingo (17) haverá sol o dia todo. Muitas nuvens e pancadas de chuva pela manhã e à noite. A mínima será de 23º e a máxima de 29º.

Em Parnamirim, região Metropolitana de Natal, o sábado será de sol, com chuva de manhã e diminuição de nuvens à tarde. Noite com pouca nebulosidade. Já no domingo, haverá sol o dia todo. Muitas nuvens e pancadas de chuva pela manhã e à noite. A mínima será de 22º e a máxima de 29º.

Em Mossoró, no oeste potiguar, o sábado será de sol com algumas nuvens. Não chove. Estão previstas as mesmas condições de tempo para o domingo. As temperaturas oscilarão entre 24ºC como mínima e 37ºC como máxima.

Leia mais

Banner Gov RN

No estado do Rio Grande do Norte choveu 34,80% acima da média do mês de agosto de 2023. Três das quatro mesorregiões do RN registraram chuvas acima do esperado, sendo as Regiões Central e Agreste as mais chuvosas, com acumulados 122,10% e 95,4% acima da média, respectivamente. Esta é a análise do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Pela climatologia, o mês de agosto chove muito pouco nas regiões Oeste e Central, com médias abaixo de 10 mm. Nas regiões Leste e Agreste ainda costumam ocorrer chuvas devido a influência das condições do oceano Atlântico, mas as médias também são baixas, em torno de 30 mm para o Agreste e 80 mm para o Leste”, disse o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot.

Os maiores acumulados no período ocorreram em municípios das regiões Leste e Agreste: Natal (142,6mm) e Nísia Floresta com 141,8mm, postos localizados na Região Leste; e Brejinho (96,8mm) e Lagoa de Velhos (85,4mm), no Agreste. Gilmar Bristot explica que “essas chuvas foram ocasionadas pela atuação do sistema de brisa juntamente com a presença de restos de frentes frias”.

Previsão para o próximo trimestre

Leia mais

Banner Gov RN

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou ocorrência concentrada de chuvas nas regiões de Mossoró e Leste Potiguar. Na região do Leste Potiguar ocorreram os maiores acumulados, especialmente na faixa entre a região metropolitana de Natal e o Litoral sul: Tibau do Sul com 52,8mm, Extremoz com 25,8mm e Pedro Velho com 24,4mm. Já na região de Mossoró, os maiores acumulados ficaram nos municípios Mossoró, 16,2mm; Pendências, 16,6mm; Baraúnas, 15,6mm e Carnaubais com 12,2mm. Na capital potiguar o acumulado chegou a 14,6mm. As chuvas observadas nas demais regiões do estado não atingiram 10mm. Os dados referem-se ao período das 7h15 da última sexta-feira (26) e o mesmo horário de hoje (29).

Essas chuvas foram registradas entre a noite do domingo (28/05/23) madrugada e amanhecer da segunda-feira (29/05/23), causadas pelo sistema de brisa associado a uma instabilidade de Leste que está atuando sobre o litoral dos Estado de Pernambuco e Paraíba”, explicou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia, Gilmar Bristot.

O sistema apresenta tendência de predominância de céu parcialmente nublado em praticamente todo o RN para esta semana, com possibilidade de pancadas de chuvas mais concentradas nas regiões Leste e Alto Oeste do Estado entre hoje (29/05/23) e a quinta-feira (01/06/23).

As temperaturas deverão variar entre 23°C e 29°C, na capital e no interior entre 20°C, na região de Martins e 33°C na região de Mossoró.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

As chuvas registradas nas últimas semanas, em todo o estado do Rio Grande do Norte, tem causado transtornos, como rompimento e aumento dos buracos nas estradas, alagamentos de setores de cidades e segundo o chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot: “As chuvas devem continuar nos próximos dias com mais regularidade em todas as regiões do Estado”.

A governadora Fátima Bezerra anunciou neste domingo, em suas redes sociais, que já determinou a mobilização de esforços, em sintonia com as prefeituras, Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Sesap e Sethas, para que todo o serviço de assistência seja garantido às populações afetadas pelas fortes chuvas no Estado.

Pessoal, estou aqui trabalhando com o Comitê de Monitoramento das Chuvas, acompanhando de perto a situação das regiões afetadas. A partir disso, estamos debruçados sobre a questão de trechos da RN-117 que foram seriamente danificados. Estamos também em contato permanente com a Defesa Civil nacional, atualizando em tempo real sobre a nossa situação. Celebremos as chuvas, mas sigamos trabalhando firme pela segurança de todos e todas”, disse.

A Defesa Civil do RN reitera o alerta às populações que adotem todos os cuidados quanto à utilização das áreas de açudes, barragens ou rios com objetivo de evitar acidentes e tragédias, visto que é bastante comum o uso dessas áreas para o lazer nesta época do ano. Em caso de emergência devem acionar as autoridades através do 190 e 193.

Leia mais

A previsão do tempo para os próximos dias é de céu parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas isoladas em todas as regiões do estado. É o que aponta o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Segundo o chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, o Rio Grande do Norte se encontra no período chuvoso devido a Zona de Convergência Intertropical (ZCTI) sobre o Nordeste do Brasil, até o mês de maio. “As chuvas devem continuar nos próximos dias com mais regularidade em todas as regiões do Estado”, ressaltou Bristot.

O Sistema de Monitoramento da Emparn pode ser acessado por meio dos seguintes endereços: emparn.rn.gov.br, aba Meteorologia ou meteorologia.emparn.rn.gov.br

Em decorrência das chuvas intensas que atingiram todo o estado durante a noite desse sábado e madrugada deste domingo (09), foram registrados danos em alguns municípios e rodovias estaduais.

Leia mais

VIGGO BANNER

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN) deslocou equipe técnica ao trecho da RN-117, que interliga os municípios de Caraúbas e Olho D’Água do Borges, que foi danificado em função das chuvas na região. Parte da rodovia foi destruída, seccionando a estrada, e impedindo o deslocamento entre as duas cidades através deste acesso. Um outro trecho da mesma rodovia, entre Governador Dix-sept Rosado a Caraúbas está sob monitoramento em função do alagamento de trechos da pista, possivelmente após transbordamento de açudes na região.

Além dos técnicos do DER-RN, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil acionou as coordenadorias municipais até que as equipes do estado cheguem ao local. O objetivo é verificar a dimensão do problema e, havendo necessidade de atendimento a eventuais famílias afetadas, que essa assistência chegue o mais breve possível. A informação preliminar é de que não há vítimas. Trecho entre Governador Dix-sept Rosado a Caraúbas também será verificado.

O DER-RN vai verificar quais intervenções serão necessárias para restabelecer o tráfego, de forma segura, pela rodovia RN-117. O serviço será iniciado tão logo o nível da água baixe. As equipes dos distritos de Mossoró e Pau dos Ferros estão indo ao local para sinalizar os dois lados da rodovia.

O diretor de obras e operações do DER, o engenheiro Jairo Frutuoso, coordena a equipe. Por orientação da governadora Fátima Bezerra, todos os esforços devem ser mobilizados em sintonia com as prefeituras para que os serviços e assistência sejam garantidos às populações.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um novo alerta de perigo, por causa da previsão de chuvas e ventos intensos, que abrange todos os municípios do Rio Grande do Note. O aviso é válido das 9h35 deste domingo (9) até às 10h da segunda-feira (10).

A previsão é de chuvas variando entre 30 e 60 milímetros por hora, ou com acumulado de até 100 mm por dia, além de ventos intensos, que podem ter entre 60 e 100 km por hora.

Segundo o Inmet, também há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Ainda de acordo com o alerta, em caso de rajadas de vento, a população não deve se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Outra recomendação é a de não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Leia mais

VIGGO BANNER

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai sobrevoar, na manhã deste domingo (9), a região de Trizidela do Vale, no Maranhão, a mais atingida pelas fortes chuvas que caíram nos últimos dias. Lula e ministros vão ver de perto a situação dos municípios afetados e se colocar à disposição para dar o apoio federal às ações de resposta e de atendimento à população impactada pelos eventos extremos.

A comitiva presidencial será composta pelos ministros da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino; da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha; da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República; Paulo Pimenta; Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Goés; e do Trabalho e Previdência, Luiz Marinho. O sobrevoo do presidente da República será feito na companhia do governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB).

Após o sobrevoo, o presidente Lula falará com a imprensa no aeroporto de Bacabal, no Maranhão.

No fim de março, outra comitiva do Governo Federal sobrevoou áreas atingidas por chuvas intensas no Maranhão.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

Continua chovendo em todo o estado do Rio Grande do Norte. Na região de Caicó, vários foram os registros. No programa Violeiros do Seridó, na 102,7 FM, apresentado pelo radialista, Djalma Mota, os ouvintes que tem pluviômetro em casa, divulgaram quanto choveu na quarta-feira (22). Confira o registro:

Leia mais

Banner Gov RN

Confira quanto choveu na região de Caicó, na zona rural e urbana entre o sábado (18) e este domingo (19). As informações foram divulgadas no programa Alvorada Nordestina, da Rádio Rural FM 102, apresentado pelo radialista Djalma Mota.

Leia mais

Banner Gov RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu três alertas de chuvas intensas para todas as regiões do Rio Grande do Norte, neste fim de semana.

Um dos avisos de perigo, na cor laranja, é válido até às 10h da próxima segunda-feira (20) e abrange 64 cidades das regiões Oeste, Central Potiguar, Agreste e Leste do estado, incluindo a capital do estado, Natal.

O outro alerta laranja válido até a manhã de domingo (19) abrange 87 cidades das regiões Central, Oeste e Agreste, mais ao sul do estado. Alguns municípios, no entanto, são abrangidos pelos dois avisos.

Os alertas de perigo laranja preveem possibilidade de chuvas de até 100 milímetros por dia e ventos de até 100 km por hora. Ainda segundo o órgão, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Leia mais

A previsão da terceira semana de março é de céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte. O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registra a presença e atuação da Zona de Convergência Intertropcial (ZCIT), principal sistema meteorológico formador de nuvens de chuva no litoral do Nordeste Brasileiro. Os maiores acumulados do final de semana, das 9h15 da sexta-feira (10) até o mesmo horário da manhã desta segunda-feira (13) ocorreram em Angicos (Central Potiguar), 46,mm, Itajá (Oeste Potiguar) com 24,6mm e Ruy Barbosa (Agreste Potiguar), 16mm.

No Leste Potiguar foram registradas chuvas expressivas, entre 50/90mm durante toda segunda semana de março, mas no final de semana a Zona de Convergência avançou um pouco para o interior do estado provocando chuvas com baixos volumes. Esperamos um aumento nos acumulados nesta semana”, comentou o meteorologista, chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

A previsão para as temperaturas nesta semana, no litoral, deverá variar entre a média de 20°C durante as madrugadas e 34°C durante as tardes. Já o interior a variação média deverá ser entre 18°C e 36°C.

O Sistema de Monitoramento da Emparn pode ser acessado por meio dos seguintes endereços: emparn.rn.gov.br, aba Meteorologia ou meteorologia.emparn.rn.gov.br.

Leia mais

Choveu novamente na região de Caicó (RN), no final da tarde e início da noite de quinta-feira (23).

O Blog do Sidney Silva teve acesso na manhã desta sexta-feira (24), aos registros que chegaram ao programa Violeiros do Seridó, na Rural FM 102,7, apresentado pelo radialista Djalma Mota.

Confira:

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

g1/RN – O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas para 43 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta é válido até às 10h desta sexta-feira (24).

O aviso é de perigo (alerta laranja), o segundo na escala de três graus de severidade.

De acordo com o Inmet, o alerta prevê chuvas entre 30 e 60 mm/h ou até 100 mm/dia, além de ventos intensos entre 60 e 100 km/h. .

Entre as medidas de precaução indicadas pelo Inmet, está, em caso de rajadas de vento, não se abrigar debaixo de árvores, pelo risco de queda e descargas elétricas, e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Leia mais

VIGGO BANNER

Todos os municípios do Rio Grande do Norte estão sob aviso de chuvas. O alerta foi divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta quarta-feira (22) e tem vigência até às 10h desta quinta-feira (23). O aviso é de legenda amarela, a menor na escala de severidade.

Segundo o aviso, há riscos potenciais de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de ventos intensos (40-60 km/h). Também há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet instrui que em caso de rajadas de vento as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas, e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Além disso, é recomendado evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante as chuvas.

O aviso também é estendido a outros 1.376 municípios de outros. Mais informações podem ser consultadas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia mais

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou a ocorrência de um bom volume de chuvas no interior do RN, principalmente da tarde do domingo (05) até a manhã de segunda-feira (06). Os maiores volumes foram registrados nos municípios de Tenente Ananias (60 mm), Major Sales (47,1mm), José da Penha (37,2mm), Alexandria (37mm) e Luís Gomes (36mm).

As regiões que mais choveram no final de semana foram o Seridó, Alto Oeste e Central. Nas regiões Agreste e Leste, as chuvas ocorridas foram em menor quantidade. As chuvas resultam da atuação da Zona de Convergência Intertropical que com as boas condições apresentadas pelo Oceano Atlântico Sul, já está atuando sobre a região Nordeste de forma precoce”, analisou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia, Gilmar Bristot

Para essa semana, as chuvas deverão continuar e segundo avisos meteorológicos do sistema, com alertas para possibilidade de volumes acima de 50mm para região Central Potiguar e umidade abaixo de 20% em municípios da região do Seridó. “Importante a população aumentar a ingestão de líquidos para evitar qualquer mal-estar decorrente da baixa umidade”, comentou Bristot.

Acesse o Sistema de Monitoramento da Emparn por meio dos seguintes endereços eletrônicos emparn.rn.gov.br, aba Meteorologia ou meteorologia.emparn.rn.gov.br

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

As pessoas que tem pluviômetro em casa, registraram a chuva caída na noite de domingo (05), em diversas localidades da região Seridó do Rio Grande do Norte e no programa Violeiros do Seridó, da 102,7 FM, apresentado por Djalma Mota, elas informaram os números, confira:

BAIRRO BARRA NOVA/CAICÓ – 22mm
BAIRRO WALFREDO GURGEL/CAICÓ – 22mm
BAIRRO RECREIO/CAICÓ – 13mm
BAIRRO VILA DO PRÍNCIPE/CAICÓ – 14mm
AVENIDA RIO BRANCO/IV REGIONAL/CAICÓ – 20mm
CENTRO/CATEDRAL DE SANTANA/CAICÓ – 16mm
BAIRRO PARAÍBA/CAICÓ – 19mm
CONJ. SANTA COSTA/CAICÓ – 18mm
BAIRRO VILA ALTIVA/CAICÓ – 15mm
CONJUNTO IPE/CAICÓ – 25mm
BAIRRO MAYNARD/CAICÓ – 21mm
SÍTIO PITOMBEIRA/CAICÓ – 10mm
SÍTIO NOVA OLINDA/CAICÓ – 18mm
SÍTIO MACAMBIRA/CAICÓ – 20mm
SÍTIO LOGRADOURO DOS ENÉAS/CAICÓ – 11mm
SÍTIO FURNA DA ONÇA/CAICÓ – 10mm
SÍTIO SABUGI/CAICÓ – 19mm
SÍTIO MARAVILHA/CAICÓ – 40mm
DISTRITO PALMA/CAICÓ – 52mm
SÍTIO BARBOSA DE CIMA/CAICÓ – 34mm
SÍTIO BARBOSA DE BAIXO/CAICÓ – 15mm
SÍTIO RETIRO/CAICÓ – 25mm
SÍTIO UMBUZEIRO/CAICÓ – 40mm
SÍTIO MANHOSO/CAICÓ – 24mm
SÍTIO UMARI/CAICÓ – 36mm
SÍTIO CARRAPATEIRA/CAICÓ – 13mm
SÍTIO CACIMBA DA ILHA/SÃO JOÃO DO SABUGI – 42mm
SÍTIO CASA NOVA DE BREJINHO/S. JOÃO DO SABUGI – 44mm
SÍTIO MOSSORÓ/SÃO JOÃO DO SABUGI – 40mm
SÍTIO CORDEIRO/SÃO JOÃO DO SABUGI – 32mm
SÃO JOÃO DO SABUGI/RN – 10mm
SÍTIO BOA VISTA/IPUEIRA/RN – 10mm
IPUEIRA/RN – 08mm
TIMBAÚBA DOS BATISTAS/RN – 24mm
SÍTIO FLORESTA/SERRA NEGRA – 22mm
SÍTIO VAPOR/SERRA NEGRA – 10mm
SÍTIO ENTRE SERRAS/SERRA NEGRA DO NORTE – 10mm
SÍTIO PINTADO/SERRA NEGRA DO NORTE – 11mm
SÍTIO PICOS/SERRA NEGRA – 15mm
SÍTIO BARRA DA MANIÇOBA/SERRA NEGRA – 12mm
SERRA NEGRA DO NORTE/RN – 16mm
BAIRRO SÃO JOSÉ/JARDIM DE PIRANHAS/RN – 18mm
SÍTIO SÃO FRANCISCO/SÃO JOSÉ DO SERIDÓ/RN – 58mm
SÍTIO BADARUCO/ SÃO JOSÉ DO SERIDÓ/RN – 18mm
SÍTIO CURRAIS NOVOS DE BAIXO/J. SERIDÓ/RN – 82mm
SÍTIO CACHOEIRA/PARELHAS/RN – 112mm
SÍTIO TRAVESSIA/SÃO JOSÉ DE ESPINHARAS/PB – 48mm

Leia mais

Arleide ÓTICA

Choveu na região polarizada por Caicó (RN) na tarde/noite de segunda-feira (23). O radialista Djalma Mota, que apresenta o programa Violeiros do Seridó, na 102,7 FM, divulgou os registros repassados pelos ouvintes, que tem pluviômetro em casa.

Confira:

BAIRRO BARRA NOVA/CAICÓ – 10mm
BAIRRO WALFREDO GURGEL/CAICÓ – 15mm
BAIRRO RECREIO/CAICÓ – 09mm
AVENIDA RIO BRANCO/IV REGIONAL/CAICÓ – 12mm
CONJ. SANTA COSTA/CAICÓ – 15mm
BAIRRO VILA ALTIVA/CAICÓ – 15mm
BAIRRO MAYNARD/CAICÓ – 12mm
SÍTIO PITOMBEIRA/CAICÓ – 16mm
SÍTIO NOVA OLINDA/CAICÓ – 10mm
SÍTIO VÁRZEA REDONDA/CAICÓ – 10mm
SÍTIO BARBOSA DE CIMA/CAICÓ – 07mm
SÍTIO MANHOSO/CAICÓ – 20mm
SÍTIO UMARI/CAICÓ – 18mm
DISTRITO LAGINHAS/CAICÓ – 05mm
SÍTIO CORDEIRO/SÃO JOÃO DO SABUGI – 10mm
SÃO JOÃO DO SABUGI/RN – 05mm
IPUEIRA/RN – 04mm
TIMBAÚBA DOS BATISTAS/RN – 24mm
SÍTIO BARRA DA CARNAÚBA/SERRA NEGRA – 03mm
SÍTIO ENTRE SERRAS/SERRA NEGRA DO NORTE – 13mm
FAZENDA BELA VISTA/SERRA NEGRA – 30mm
SÍTIO ANGICOS /SERRA NEGRA – 30mm
SÍTIO SAUDADE/SERRA NEGRA – 47mm
SERRA NEGRA DO NORTE/RN – 05,5mm
SÍTIO SERROTE BRANCO/SÃO FERNANDO – 50mm
SÍTIO GARCIA/SÃO FERNANDO – 30mm
SÍTIO PIEDADE/JARDIM DE PIRANHAS – 50mm
SÍTIO ANGICOS/JARDIM DE PIRANHAS – 40mm
SÍTIO EXTREMA/JARDIM DE PIRANHAS – 45mm
SÍTIO JUAZEIRO/JARDIM DE PIRANHAS – 52mm
SÍTIO BATALHA/JARDIM DE PIRANHAS – 35mm
SÍTIO LOGRADOURO/JARDIM DE PIRANHAS – 25mm
BAIRRO SÃO JOSÉ/JARDIM DE PIRANHAS/RN – 35mm
SÍTIO ESTREITO/JUCURUTU – 35mm
SÍTIO PEDRA FERRADA/JUCURUTU – 23mm
SÍTIO SACO DO ANIL/JUCURUTU – 25mm
SÍTIO LOCA/JUCURUTU – 19mm
SÍTIO LAGOA/JUCURUTU – 35mm
CHÃ DO CAJUEIRO/FLORÂNIA – 33mm
SÍTIO SÃO FRANCISCO/SÃO JOSÉ DO SERIDÓ/RN – 30mm
SÍTIO BRABO/JARDIM DO SERIDÓ – 10mm
SÍTIO TRINCHEIRA/MESSIAS TARGINO – 41mm
SÍTIO IPUEIRAS FUNDAS/VÁRZEA/PB – 29mm
CONDADO/PB – 25mm
SÍTIO BOQUEIRÃO/SÃO BENTO/PB – 28mm
BAIRRO CÍCERO DIAS II/SÃO BENTO/PB – 34mm
SÍTIO ALDEIAS/S. JOSÉ BREJO CRUZ/PB – 40mm
SÍTIO BRAZ FELIX/B. BREJO DO CRUZ – 32mm
SÍTIO SANTA LUZIA/B. BREJO DO CRUZ/PB – 28mm
SÍTIO RIACHO DO FOGO/SANTA LUZIA/PB – 40mm

Leia mais

Arleide ÓTICA

Tribuna do Norte – O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou um aviso de acumulado de chuva para 24 cidades do Rio Grande do Norte, dentre elas Natal. O aviso tem início às 20h desta terça (17) e segue até às 10h da manhã desta quarta-feira (18). Durante o período, há possibilidade de chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia, além de baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em municípios com tais áreas de risco.

A área de cidades potiguares listadas no aviso compreende a faixa litorânea da divisa com o estado do Ceará até o município de Parnamirim, na Grande Natal.

O Inmet recomenda que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alteração nas encostas e evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante as chuvas.

Mais informações podem ser consultadas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia mais

Arleide ÓTICA

A cidade do Rio de Janeiro registrou nesta quinta-feira (12) a maior sensação térmica deste verão, 47,3°C, às 16h, no bairro de Irajá, zona norte da cidade. De acordo com o Sistema Alerta Rio, da prefeitura, a temperatura máxima chegou a 34,7 graus Celsius (0º C). Para esta noite, devido às áreas de instabilidade em médios e altos níveis da atmosfera, em conjunto com o calor e a elevada umidade, a previsão é de pancadas de chuva isoladas, podendo vir acompanhadas de raios.

As três maiores sensações térmicas registradas neste verão nas estações do Alerta Rio foram: 47,3°C – 12/01/2023 – em Irajá; 46,8°C – 03/01/2023, em Santa Cruz, na zona oeste e, no dia anterior, 45°C – 02/01/2023, no mesmo bairro.

O Sistema Alerta Rio foi criado em 25 de setembro de 1996 e, desde então, emite boletins de alertas aos órgãos da prefeitura do Rio envolvidos na mitigação dos danos causados por fortes chuvas. Por meio do Centro de Operações Rio, a população e a imprensa recebem, em tempo real, as previsões atualizadas quatro vezes ao dia. Além disso, o Alerta Rio tem um radar meteorológico para acompanhar o surgimento e deslocamento de núcleos de chuva no município.

No dia 18 de janeiro do ano passado, a sensação térmica chegou a 50,8°C, às 16h, na estação Barra/Riocentro, na zona oeste.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

Depois de um ano mais seco (2021), com volume médio de chuva em torno de 600 milímetros (mm) na maior parte do território do Rio Grande do Norte, o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas 39,9% acima do esperado em 2022. O volume acumulado no estado no período foi de 1.165,5 mm enquanto que o esperado era de 833,2 mm. As precipitações ocorreram com boa distribuição temporal e espacial em todas as regiões do Estado. De acordo com as análises, somente o mês de fevereiro registrou volumes abaixo do esperado.

Nos meses em que normalmente chove pouco (período agosto a dezembro), as chuvas apresentam desvios percentuais positivos”, comentou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia, Gilmar Bristot.

Em termos de volumes totais no ano, o Litoral Leste foi a região onde mais choveu com o acumulado de 1.852,3mm, enquanto que o esperado era de 1428,1mm, representando 29,7% acima da média esperada. No Agreste choveu 52,3%, com 979,6 mm observados enquanto que o volume esperado para o período era de 643,4mm.

Gilmar Bristot explica que os bons volumes registrados no Rio Grande do Norte decorreram das condições termodinâmicas dos oceanos Atlântico e Pacífico associadas a outras condições meteorológicas favoráveis como Frentes Frias ocorridas ao longo de 2022.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – Emparn, divulgou a previsão do tempo para a última semana de dezembro de 2022, confira:

26/12/22 – segunda-feira – Céu parcialmente nublado a claro no Leste e Agreste. Demais regiões, céu com poucas nuvens.

27/12/22 – terça-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de precipitação no oeste do estado.

28/12/22 – quarta-feira – Céu parcialmente nublado a claro, com possibilidade de pancadas de chuva em todas as regiões.

Leia mais

Arleide ÓTICA
Pesquisar
Categorias
Canal YouTube
WhatsApp