Arleide Ótica topo
Pesquisar
Categorias

Estado cede obras e Governo vai federalizar institutos de educação

O Governo Federal anunciou, na manhã desta terça (12), a criação de 100 novos campi dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) em todo território nacional. No Rio Grande do Norte, as cidades de Touros, São Miguel e Umarizal estão entre as que receberão novas unidades, que anteriormente se tornariam institutos estaduais e migrarão para a rede federal. Os institutos não serão construídos do zero. O Ministério da Educação irá assumir as estruturas iniciadas pelo Governo do RN.

Os três IERNs já estavam incluídos no plano de expansão da rede tecnológica no Rio Grande do Norte. A integração dos IERNs à rede federal se dará por meio dos trabalhos técnicos da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN (SEEC) e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), órgão responsável pela formulação e implementação de políticas públicas nessa área.
“Muito feliz com essa parceria, porque ela é resultado do sonho de tornar a rede estadual de educação profissional e tecnológica do Rio Grande do Norte uma referência para o Nordeste e para o Brasil. A iniciativa reflete o compromisso conjunto em fortalecer a Educação Profissional e Tecnológica no estado, associando o ensino médio à formação geral com uma completa preparação profissional e a oferta de cursos que dialogam com o desenvolvimento econômico do nosso estado. Os alunos sairão destes institutos totalmente prontos para o mercado do trabalho e com uma ampla visão de mundo”, disse a governadora Fátima Bezerra.

O governo estima que a iniciativa irá gerar 140 mil novas vagas, a maioria em cursos técnicos integrados ao ensino médio. O início das atividades nos institutos está previsto para ocorrer em 2025. Com a adição das novas unidades, o RN terá 25 institutos federais de educação, além da Reitoria (a qual atua como centro administrativo).

O Nordeste é a região que receberá o maior número de novos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia nesta fase de expansão. Nos nove estados serão 38 campi. O Sudeste, com 27 novos campi, aparece na sequência, seguido da região Sul, com 13; do Norte, com 12; e do Centro-Oeste, com 10. Entre os estados, São Paulo é o que tem mais municípios beneficiados, com 12 cidades atendidas com a construção dos IFs. Minas Gerais e Bahia somam oito municípios. Na sequência, aparecem Pernambuco, Ceará e Rio de Janeiro, com seis, e Paraná, Rio Grande do Sul e Pará, com cinco.

Leia mais

VIGGO BANNER

O processo seletivo de 2024 para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai disponibilizar 12.677 vagas em quatro instituições públicas de educação superior no estado do Rio Grande do Norte. O período para se inscrever no processo seletivo do Sisu 2024 será de 22 a 25 de janeiro, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. O número corresponde a 4,8% do total de vagas do programa (264.360), que terá somente uma etapa de inscrição de candidatos para todo o ano. Os quantitativos de vagas são preliminares e podem mudar até o início das inscrições.

A inscrição é gratuita, e podem realizá-la todos os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. Além disso, é preciso que o candidato tenha obtido nota acima de zero na prova de redação, conforme a Portaria MEC n. 391/2002, e não tenha participado do Enem 2023 na condição de treineiro (candidato que não concluiu o ensino médio e participa do exame para fins de autoavaliação).

A edição terá uma única etapa de inscrição às vagas ofertadas pelas instituições participantes para todo o ano. Serão oferecidas vagas de cursos com início previsto das aulas para o primeiro e o segundo semestre de 2024, de acordo com os Termos de Adesão assinados pelas 127 instituições de ensino superior que aderiram à seleção.

Confira a lista de vagas por instituição pública do Rio Grande do Norte:

Leia mais

Banner Gov RN

Um dos seis alunos do Rio Grande do Norte, que atingiram nota 1000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2023, é da região Seridó. O jovem João Pedro Oliveira Marinho, filhos dos agricultores Sandro Uilson de Oliveira e Maria Betânia Marinho de Oliveira, é natural da cidade de Ipueira (RN).

O resultado do Enem foi publicado pelo Inep nesta terça-feira (16) e trouxe as notas de 4 alunos de escolas públicas que atingiram o máximo na redação.

No geral, no País, 60 alunos, fizeram mil na redação.

Muitos outros alunos de Caicó e região, tiraram notas altas na redação, inclusive, próximas de mil.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira
(Foto: Igor Jácome/G1)

g1/RN – As universidades públicas do Rio Grande do Norte vão oferecer mais de 12 mil vagas em cursos de graduação dentro do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2024, que terá uma edição única no ano pela primeira vez. Os dados são do Ministério da Educação.

As inscrições do processo de seleção para o Sisu 2024 acontecerão de 22 a 25 de janeiro. Poderão concorrer os alunos que tenham feito o Enem 2023 e tirado nota acima de zero na redação.

As notas individuais do exame devem ser divulgadas nesta terça-feira (16 ).

Ao todo, são 12.677 vagas no Rio Grande do Norte. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) é responsável por mais de metade: 7.186. O número é o quarto maior oferecido por uma única instituição em todo o país. Apenas a UFRJ, a UFF e a UFPB oferecem mais vagas que a federal potiguar no Sisu.

Leia mais

Banner Gov RN
(Foto: Arquivo/Assecom/Elisa Elsie)

No período de 22 a 25 de janeiro serão abertas as inscrições do Sistema de Seleção Unificada – Sisu 2024. A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) ofertará 2.509 vagas iniciais em seus cursos de graduação nos campi de Mossoró, Assú, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros.

A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg/Uern), publica o edital com as normas e procedimentos relacionados ao Processo Seletivo de Vagas Iniciais (PSVI) para os cursos regulares de graduação, na modalidade presencial, referente ao primeiro e ao segundo semestres letivos do ano 2024 da Uern.

O acesso aos cursos de graduação acontecerá por intermédio do Sisu 2024, exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado do Enem 2023 será divulgado na próxima terça-feira, 16 de janeiro.

A inscrição dos candidatos deve ser realizada exclusivamente por meio da Plataforma do Sisu, do dia 22 de janeiro até as 23h59 do dia 25 do mesmo mês, observado o horário oficial de Brasília.

Leia mais

Arleide ÓTICA

Sonhos, expectativas e escolhas. Tudo isso deve vir à tona, entre 22 e 25 de janeiro, para quem deseja ingressar em uma universidade pública no ano que vem. É nesse período que os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vão concorrer a 264.254 vagas em 127 instituições públicas, para o primeiro ou até para o segundo semestre de 2024, via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o principal portão de entrada no ensino superior gratuito no Brasil. As datas e as informações foram divulgadas nesta sexta (29), pelo Ministério da Educação.

O resultado do processo seletivo está previsto para ser divulgado no dia 30 de janeiro, pelo Portal Único de Acesso. A matrícula dos selecionados deve ocorrer no período de 1º a 7 de fevereiro de 2024.

Uma novidade nesta edição é que o Sisu terá somente uma etapa de inscrição de candidatos às vagas nas instituições participantes para o ano. Serão ofertadas vagas de cursos com início previsto das aulas para o primeiro e o segundo semestre de 2024. Ingressar no segundo semestre leva em conta as vagas disponíveis e a ordem de classificação dos candidatos.

Segundo o MEC, o candidato não poderá escolher em qual semestre irá ingressar, já que isso depende da classificação no curso. Se selecionado, o candidato deverá realizar a matrícula na universidade no período indicado no edital.

Leia mais

Banner Gov RN
(Imagem: Divulgação)

Pelo menos 27,7% dos candidatos no Rio Grande do Norte faltaram ao segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, no domingo (12). Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Ao todo, o estado teve 100.713 inscritos no Enem 2023. A média de faltosos no RN é menor do que a registrada no país. Em todo o Brasil, 32% dos candidatos faltaram ao segundo dia de provas. No primeiro dia de provas o percentual de faltosos no RN foi de 24,9%.

De acordo com o Inep, os dados definitivos de presentes e ausentes dependem da apuração da instituição aplicadora e serão informados na divulgação dos resultados, em janeiro de 2024. A prova foi aplicada em 40 municípios do RN, totalizando 255 locais de provas e 3.384 salas de prova.

Reaplicação das provas

Leia mais

Banner Gov RN

O curso de Bacharelado em Serviço Social, que é ofertado pela Faculdade Sucesso – FACSU, na modalidade à distância, recebeu nesta terça-feira (26), o resultado da avaliação feita pelo Ministério da Educação. Foi avaliado, o reconhecimento do curso e a nota foi a máxima. Essa é a quarta nota de excelência que a faculdade recebe neste semestre.

A FACSU, é localizada na cidade de São Bento (PB) e pertence ao Grupo Educacional Sucesso, que também é mantenedor da Faculdade Caicoense Santa Terezinha, em Caicó (RN), tendo a frente, os professores Alvaro Carvalho Dias, Claudianor Figueirêdo e Zélia Kamylla Dias (presidente).

Eles avaliam o momento como sendo de consolidação das ações educacionais do grupo que se torna referência no ensino superior, estando presentes em mais de 65 cidades, nas mais diversas regiões do Brasil.

Isso demonstra a seriedade e o compromisso do grupo educacional com a qualidade do ensino ofertado nas faculdades que o grupo mantém, buscando inserir no mercado de trabalho, profissionais capacitados que possam transformar a realidade da sociedade nas quais estão inseridos”, disse Claudianor Figueiredo.

Leia mais

Banner Gov RN

Os deputados da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovaram o Projeto de Lei que dispõe sobre a proibição do uso de smartphones em salas de aula para fins não pedagógicos no RN.

O propositor da matéria, deputado Hermano Morais (PV), destacou no Projeto, a conclusão de um relatório global produzido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) acerca dos  efeitos do uso  excessivo  do  celular no desempenho educacional e na estabilidade emocional de crianças e adolescentes.

Faz-se urgente a adoção de medidas efetivas que venham a enfrentar essa problemática. Inicialmente, sobreleva ressaltar que aqui não se nega o potencial das tecnologias informacionais no mundo moderno. No entanto, ainda é preciso debater até que ponto a tecnologia transformou a educação”, justifica a proposta apresentada por Hermano Morais.

Leia mais

VIGGO BANNER

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou, na última segunda-feira (11), edital para processo seletivo de professor substituto/temporário. As inscrições começam na próxima quarta-feira (13), e podem ser realizadas até o dia 22, por meio do SIGRH. A taxa de inscrição é de R$ 50. A remuneração varia de R$ 2.888,47 a R$ 7.014,02, dependendo da vaga, regime de trabalho e titulação do candidato.

O processo seletivo destina-se à formação de cadastro de reserva para vagas surgidas dentro do prazo de validade previsto no edital. As vagas da carreira de magistério superior e Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) são para os campi de Natal e de Caicó (Ceres). O regime de trabalho será de 20 ou 40 horas semanais.

As atividades referentes à contratação de professor substituto/temporário envolvem a atuação no ensino conforme a necessidade da instituição, expressa no plano de trabalho a ser deliberado pela unidade de lotação do servidor e no contrato de trabalho.

As provas devem ocorrer no período de 17 a 29 de outubro, sendo aplicadas no município de lotação do Departamento ou Unidade Acadêmica Especializada da vaga ofertada, no horário local.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) publicou, nesta segunda-feira (11), o Edital nº 68/2023, que determina as normas para o processo seletivo para cursos técnicos de nível médio, na modalidade subsequente, destinados a quem já concluiu o ensino médio. A previsão é de 1.076 vagas, com ingresso no semestre letivo 2024.1.

As inscrições têm início às 14h do dia 15 de setembro e vão até as 23h59 do dia 15 de outubro deste ano, através da Área do Candidato, no site da Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern). O período de requerimento da isenção da taxa de inscrição, no valor de R$ 30, vai de 15 a 24 de setembro.

Os cursos ofertados no processo seletivo são: Agropecuária, Meio Ambiente, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Mecânica, Petróleo e Gás, Estradas, Geologia, Mineração, Segurança do Trabalho, Eventos, Guia de Turismo, Manutenção e Suporte de Informática, Mecatrônica, Rede de Computadores, Refrigeração e Climatização, e Secretaria Escolar.

Participam os campi de Apodi, Ipanguaçu, Mossoró, Natal-Central, Natal-Cidade Alta, Natal-Zona Leste, Natal-Zona Norte, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, e São Paulo do Potengi.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Programa de Pós-graduação em Tecnologias Educacionais (PPgITE), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), lançou novo edital de seleção de alunos para seu mestrado profissional. São oferecidas 30 vagas, destinadas à nova turma do período letivo de 2024.

As inscrições acontecerão entre os dias 15 de setembro a 2 de outubro e podem ser feitas por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), na aba “Processo Seletivo”, Stricto Sensu (pesquisar por “Tecnologias Educacionais”).

Das 30 vagas oferecidas, 21 são para ampla concorrência, três são para servidores efetivos da Universidade e seis são reservadas para ações afirmativas – três para negros, pardos e indígenas e três para pessoas com deficiência.

Podem participar da seleção candidatos com diploma de graduação em qualquer área do conhecimento. Contudo, o Mestrado Profissional em Inovação em Tecnologias Educacionais (MPITE) prioriza trabalhos com propostas em uma das seguintes linhas de pesquisa: Desenvolvimento de Tecnologias Educacionais e Práticas com Tecnologias Educacionais.

Leia mais

VIGGO BANNER

A unidade do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) planejada para o Ceará terá, entre os cursos a serem ministrados, alguns voltados a estudos sobre energia. Segundo o ministro da Defesa, José Múcio, e o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, a unidade cearense terá o mesmo padrão da unidade de São Paulo.

Múcio e Damasceno estiveram nesta sexta-feira (1º) na Base Aérea de Fortaleza, local onde o governo federal pretende instalar a nova unidade do instituto que forma, anualmente, 150 engenheiros.

A iniciativa de criar uma unidade no Ceará se deve ao fato de 40% dos aprovados no instituto serem estudantes cearenses. “Estamos decididos e vamos comunicar ao presidente da República que, nos próximos 20 dias, na data que ele decidir, assinaremos o protocolo de intenções. É um projeto irreversível e um presente para o Ceará, por merecimento pelo investimento feito na área de educação”, disse o ministro.

“É também um presente para o Nordeste brasileiro. Estamos invertendo o fluxo de oportunidades dos futuros cientistas que nascerão aqui. Eles não precisarão sonhar em ir para o Sul. Poderão ficar no Ceará, porque aqui a educação foi bem aproveitada. O Ceará e os nordestinos vão colher este fruto”, acrescentou.

Leia mais

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação · FNDE fez a liberação da primeira parcela para a construção de uma creche e uma Escola para a cidade de Timbaúba dos Batistas.

Orçados em mais de R$ 10 milhões os equipamentos educacionais foram viabilizados através de uma articulação entre a gestão do prefeito Ivanildo Filho e o Governo Federal.

Nessa primeira etapa foi liberado cerca de R$ 1.100.000,00 (um milhão e cem mil reais) para o início das obras. A prefeitura, inclusive, já fez a terraplanagem do espaço.

A gestão municipal realizou sua parte concluindo as licitações, viabilizando as licenças ambientais e encaminhando toda documentação ao governo federal.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, nesta quinta-feira (3), portaria que estabelece os Indicadores de Qualidade da Educação Superior referentes ao ano de 2022. A portaria mostra como serão feitos os cálculos e traz um calendário com as etapas até a divulgação dos resultados, que vão compor as estatísticas oficiais da educação superior.

Na composição das estatísticas, usadas como parâmetros avaliativos para políticas públicas da educação superior, serão considerados o Conceito Enade, o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC). Cada um dos quatro índices foram divulgados com notas técnicas que descrevem suas metodologias.

Para os cálculos de cada instituições de educação superior (IES) serão usados os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), do Censo da Educação Superior e da Avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu (sentido estrito), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), apresentados no ano de 2022. O resultado dos cálculos será apresentado em duas etapas, no módulo manifestações do Sistema e-MEC.

A primeira etapa está prevista para o período de 7 a 16 de agosto, quando serão divulgados as informações para os cálculos do Conceito Enade e do IDD, além das informações sobre o Questionário do Estudante, necessárias para o cálculo do CPC, por curso de graduação.

Leia mais

Banner Gov RN

Os candidatos que não foram selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2023 têm até terça-feira (4) para manifestar interesse em participar da lista de espera. O prazo para inscrição começou na última terça-feira (27) e deve ser feito pelo Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Os candidatos que estiverem na lista de espera para a matrícula serão convocados pelas próprias instituições a partir do dia 10 de julho, portanto o estudante interessado deve se informar junto à instituição para a qual está inscrito.

As convocações são gerenciadas e realizadas por cada instituição, de acordo com seu planejamento. As informações, conforme portaria, devem estar em edital da instituição de educação superior e no site da instituição”, diz o Ministério da Educação (MEC).   

O dia 4 de julho também é a data final para que os estudantes se matriculem nas instituições de ensino para as quais foram selecionados. O prazo começou na quinta-feira, 29 de junho. Os candidatos devem verificar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em edital próprio.

Leia mais

Arleide ÓTICA

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio terminam hoje, sexta-feira, dia 16, às 23h59, após um apelo do presidente Lula nesta semana para que os estudantes participem do processo seletivo.

Um estudo recém-publicado de pesquisadores da UFRJ, com o apoio do Instituto Unibanco, mostra que, após leve crescimento de 2013 a 2016, as taxas de inscrição e a participação dos jovens no exame têm caído de maneira continuada, representando a maior crise da história da prova.

Essa queda atingiu justamente o público-alvo do Enem: os alunos mais vulneráveis.

Desde 2017 já era sentida uma diminuição na presença dos estudantes mais pobres no exame. Isso aconteceu por diversos fatores, incluindo o estabelecimento de regras muito rígidas para isenção de taxa de inscrição, que dificultaram o acesso dos estudantes ao exame”, diz Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco, um dos responsáveis pela pesquisa.

Leia mais

VIGGO BANNER

Uma resolução publicada pelo Ministério da Educação (MEC) aumentou o teto de financiamentos semestrais feitos por meio do Fies para o curso de medicina. O limite passou para R$ 60 mil. A medida foi publicada nesta quarta-feira (14) na edição do Diário Oficial da União.

Antes, o limite estipulado pelo programa para estudantes de medicina era de R$ 52.805,66, o que era equivalente a cerca de R$ 8.800 por mês.

Em relação aos demais cursos, o teto do financiamento foi mantido em R$ 42.983,70. Já o valor mínimo de financiamento continua em R$ 300.

De acordo com a resolução, o novo limite vale para financiamentos contratados ou renovados a partir do 2º semestre de 2023.

Leia mais

VIGGO BANNER

O Ministério da Educação (MEC) divulgou os editais com os cronogramas dos processos seletivos para o segundo semestre de 2023 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os documentos foram publicados na edição de quarta-feira (7) do Diário Oficial da União.

Em datas próximas às da abertura de inscrições de cada seleção, o MEC divulgará os quantitativos de vagas a serem ofertadas em cada programa, no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. As inscrições são gratuitas.

A classificação em todos os três processos seletivos será realizada com base na nota obtida na edição de 2022 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sendo que, para o Prouni, serão válidas também as notas obtidas no Enem de 2021. Para os interessados em se inscrever no Fies, serão válidas as notas do Enem, a partir de 2010.

Leia mais

VIGGO BANNER

As inscrições do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2023 estão abertas até a próxima sexta-feira (2 de junho). Podem participar jovens e adultos que não concluíram seus estudos na idade apropriada para cada etapa de ensino.

Os candidatos devem ter, no mínimo, 15 anos completos para o ensino fundamental e, no mínimo, 18 anos completos no caso do ensino médio, na data de realização do exame.

A participação no Encceja 2023 é voluntária e gratuita. A gratuidade, entretanto, não é válida para quem faltou à última edição e não justificou a ausência ou teve a justificativa reprovada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Nestes casos de ausência, o participante deverá ressarcir ao Inep em R$ 40. O pagamento deve ser feito por meio de boleto, que será gerado no sistema de inscrição e poderá ser pago em qualquer banco ou casa lotérica.

Leia mais

Banner Gov RN

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (22), as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2023. Os interessados poderão se inscrever pelo Sistema Encceja até o dia 2 de junho. O prazo também vale para as solicitações de atendimento especializado e de tratamento por nome social.

O Encceja é destinado a jovens e adultos que não concluíram seus estudos na idade adequada para cada etapa de ensino, desde que tenham, no mínimo, 15 anos completos para o ensino fundamental e 18 anos completos no caso do ensino médio, na data de realização do exame.

A aplicação das provas para os ensinos fundamental e médio está prevista para 27 de agosto, em todos os estados e no Distrito Federal.

A participação é voluntária e gratuita, exceto para aqueles que se inscreveram na edição anterior e não compareceram, não justificaram a ausência ou tiveram a justificativa reprovada. Nesse caso, caso queira fazer o exame de 2023, o estudante deverá ressarcir ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) o valor de R$ 40. O pagamento deve ser feito por meio de boleto, que será gerado no sistema de inscrição e poderá ser pago em qualquer banco ou casa lotérica até 9 de junho.

Leia mais

Arleide ÓTICA

O resultado dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem 2023 está disponível nesta segunda-feira (8), conforme o Inep. Para saber o resultado, o candidato deve acessar a Página do Participante, com o login único da plataforma Gov.br. Quem teve a solicitação negada, pode recorrer até a próxima sexta-feira (12).

O candidato que teve isenção no Enem 2022 e não compareceu aos dois dias de prova precisava justificar a falta para ter direito à isenção na edição de 2023.

O Inep alerta que a aprovação da isenção da taxa não garante a inscrição no exame.

A inscrição para o Enem 2023, isentos ou não isentos, será de 5 a 16 de junho na Página do Participante. As provas serão aplicadas em 5 e 12 de novembro.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

A partir desta segunda-feira, 8, até o dia 28 de maio, podem ser realizadas as inscrições dos candidatos à reocupação das vagas residuais da UFRN para o período letivo de 2023.2. São ofertadas 216 vagas para cursos de graduação dos campi de Natal, Multicampi e Santa Cruz. As inscrições (com taxa de R$ 30) devem ser realizadas na página da Comperve.

Para se candidatar, o interessado deve acessar a página da Comperve, na qual estarão disponíveis o Edital e o Formulário de Inscrição, em seguida preencher, integralmente, o Formulário de Inscrição de acordo com as instruções constantes nele. Vale destacar que cada candidato terá validada apenas uma inscrição em um único curso. 

edital foi divulgado na página do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), unidade que conduz o processo seletivo para as vagas residuais. Podem participar da seleção os candidatos que têm ou tiveram vínculo com curso de graduação em Instituição de Ensino Superior reconhecido ou autorizado pelo Ministério da Educação (MEC). 

As vagas residuais são geradas por cancelamentos de curso, conforme o Regulamento dos Cursos Regulares de Graduação da UFRN (Resolução nº 046/2020 – Consepe). Neste edital, são oferecidas vagas para os cursos nas áreas de Ciências da Vida e da Saúde – campi Natal, Santa Cruz e Multicampi (Caicó, Currais Novos e Santa Cruz), e de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e de Ciências Exatas e Tecnológicas – campus Natal. 

Leia mais

Arleide ÓTICA

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) anuncia o reajuste das bolsas estudantis, para equiparar ao valor de R$ 700,00 das bolsas concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A medida acontece após a definição de destaque orçamentário, ou seja, a reorganização financeira para viabilizar o reajuste, já que não houve aumento nos recursos repassados à UFRN para a assistência estudantil em relação ao ano anterior.

De acordo com o pró-reitor de Assuntos Estudantis da instituição, Edmilson Lopes Júnior, as bolsas acadêmicas e de apoio técnico terão reajuste para R$ 700,00 após o empenho da gestão universitária, além de diálogo constante com as representações estudantis. “Faremos os encaminhamentos da alteração da resolução que disciplina os valores das bolsas, para que o aumento entre em vigor neste mês”, afirma.

O reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, reforça que o reajuste no valor das bolsas foi resultado de um esforço conjunto. “Agradecemos à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, que conduziu o diálogo com a representação estudantil, e aos diretores de centros e de unidades acadêmicas especializadas, que participaram e contribuíram para a solução encontrada”.

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte já enviou para pagamento bancário a implantação do piso dos professores da rede estadual de ensino no valor de aproximadamente R$ 10 milhões. O pagamento estará na conta dos professores da ativa nesta quarta-feira (26). Para os aposentados, o dinheiro estará na conta no próximo dia 30.

A implantação corresponde à aplicação de 14,95% do mês de abril, em folha suplementar, direcionada aos 2 mil professores que ganham abaixo do piso, que é retroativo ao mês de janeiro. Esse foi o planejamento do governo estadual acertado com a classe dos professores e que está sendo cumprido de acordo com a proposta.

O restante dos professores, que ganha acima do piso estabelecido, começará a receber no mês seguinte. Vale salientar que o Rio Grande do Norte é o único estado do Brasil onde se paga o piso para toda a categoria, não apenas para quem estava abaixo do piso, mas também todos os ativos, aposentados e pensionistas com paridade, linearidade e integralidade.

Como ficará para quem recebe acima do piso

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) investirá R$ 225 milhões neste ano em duas ações para a formação de alunos de mestrado e doutorado no país. De acordo com a fundação, que é vinculada ao Ministério da Educação, o investimento é R$ 47 milhões maior que em 2022.

Os recursos são para os programas de Apoio à Pós-Graduação (Proap) e de Excelência Acadêmica (Proex), destinados à manutenção de equipamentos, aquisição de materiais de laboratórios, participação em eventos e publicação de conteúdos científicos. Os valores dos programas não eram reajustados desde 2015 e, segundo a entidade, o objetivo do incremento é melhorar as condições para formação e pesquisa no país.

O Proap investe em instituições participantes do Programa Demanda Social e do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições Comunitárias e Ensino Superior (Prosuc), que visam proporcionar melhores condições para a formação de mestres e doutores. Com o Proex, a Capes busca manter o padrão de qualidade dos cursos com nota 6 e 7, as mais altas da avaliação da própria fundação.

Além disso, em 2023, a Capes incluiu as instituições comunitárias de ensino superior no Proap. Serão beneficiados 219 programas de pós-graduação com aporte de R$ 9,1 milhões.

Leia mais

g1/RN – Os professores da rede pública do Rio Grande do Norte decidiram, após nova assembleia nesta terça-feira (4), manter a greve da categoria, que começou no dia 7 de março.

A última proposta apresentada pelo governo do Estado foi no dia 28 de março. Um dia depois, os professores recusaram a proposta e mantiveram a greve, que cobra a implementação de um reajuste salarial de 15%.

O governo do RN informou que aguarda uma contraproposta para negociar com os professores. O Sinte informou que foi definida uma contraproposta a ser apresentada ao governo, que consiste nos seguintes reajustes:

Leia mais

Dr. DINNA Oliveira

O governo federal oficializou a suspensão do cronograma de implementação do Novo Ensino Médio. A decisão, que vinha sendo aguardada nos últimos dias, será publicada em portaria do Ministério da Educação (MEC) no Diário Oficial da União (DOU), mas já foi antecipada pelo titular da pasta, Camilo Santana, em entrevista a jornalistas, na tarde desta terça-feira (4), em Brasília.

Nós reconhecemos que não houve um diálogo mais aprofundado da sua implementação, não houve uma coordenação por parte do Ministério da Educação. O ministério foi omisso, principalmente no período difícil que foi a pandemia nesse país, e há a necessidade de a gente poder rever toda essa discussão“, afirmou Santana.

Mais cedo, ele se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto, onde discutiu o assunto. Esta nova portaria suspenderá por 60 dias todos os prazos de uma outra portaria editada em 2021, também pelo MEC, incluindo o prazo para que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) atualizasse as mudanças de avaliação com base no Novo Ensino Médio.

A revogação do Novo Ensino Médio tem sido uma reivindicação de entidades estudantis e de muitos especialistas. No início do mês passado, o MEC abriu consulta pública para avaliação e reestruturação da política nacional de ensino médio, que ainda deve durar cerca de dois meses, com possibilidade de prorrogação.

Leia mais

Banner Gov RN

O curso de Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu conceito máximo, na primeira avaliação, realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os avaliadores estiveram na escola, na última semana do mês de março. O curso passou pelo processo de reconhecimento, quando foram avaliados critérios relativos à organização didático-pedagógica; infraestrutura; e corpo docente e tutorial.

O resultado saiu nesta segunda-feira (03), e foi muito comemorado pela direção, professores, técnicos e alunos.

Com uma enorme alegria, orgulho e gratidão, o resultado de 4.75 (a partir de 4.5, já considerada nota 5.0) veio no relatório de hoje. Não sabemos expressar ainda a sensação de fazer parte dessa Escola de Medicina que está em nível de conceito máximo. Alunos, funcionários e professores estão juntos, como a família que sempre foi. São 10 anos de história que hoje se consolida com esse resultado, ainda que preliminar. Somos 5! Somos EMCM/UFRN! Somos Medicina”, comemorou George Dantas Azevedo, diretor da EMCM.

Veja vídeo do anúncio da nota:

Leia mais

Senhora governadora, Fátima Bezerra.

Respeitosamente, venho de público me dirigir a vossa excelência para tratar das reivindicações justas e urgentes que nos moveram ao atual estado de greve.

A greve do estado completa 23 dias sem que o seu governo tenha apresentado uma proposta descente aos trabalhadores de educação para implantação do reajuste dos 14,95% do piso do magistério.

De fato, concordo que, diferente de prefeitos como Álvaro Dias, que vem a mais de 2 anos negando a aplicação da lei do piso para os professores de Natal, o governo do estado não tem se negado a cumprir o piso e mantém o diálogo com categoria através do Sinte-RN.

Leia mais

VIGGO BANNER
Pesquisar
Categorias
Canal YouTube
WhatsApp