“Ele alega ter agido para não morrer”, disse delegado sobre depoimento do assassino de adolescente

Os delegados Ricardo Brito (DP REGIONAL) e Leonardo Germano (DP MUNICIPAL), ambos de Caicó, concederam entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (23), onde passaram os detalhes da investigação que levou a prisão de Hércules Medeiros da Rocha, de 19 anos, acusado de matar o adolescente, Ricardo Leandro Lima da Costa, de 15 anos, no dia 19 de março deste ano.

O Hércules deu 3 versões quando foi ouvido e, na última, confessou ter matado o Ricardo Leandro, principalmente diante das provas coletadas na investigação. “Ele alega que estava sendo ameaçado pela vítima. O meio empregado realmente, foi a pedradas, surpreendendo a vítima no matagal. Ele alega ter agido para não morrer“, contou o delegado.

Sobre o estupro que a mãe de Ricardo Leandro disse ter ocorrido depois de ouvir a informação de um médico legista do ITEP, não se confirmou. O delegado Leonardo Germano, disse que “não existe nenhum elemento técnico que comprove e o Hércules ele rechaça ter estuprado a criança afirmando apenas que foi o autor do homicídio em decorrência de uma briga pessoal que tinha com o adolescente e que este o ameaçava, por isso, se antecipou“.

No dia em que o corpo de Ricardo Leandro foi encontrado, buscas já haviam sido realizadas e, o assassino estava participando, inclusive, ajudou a polícia a chegar ao local. Segundo o delegado Leonardo Germano, com isso, Hércules, tentou despistar a polícia.

A informação que o garoto tinha saído de casa para tentar encontrar um cavalo que estava desaparecido, realmente foi confirmada. O delegado disse que ele já estava nessa busca há alguns dias e que encontrou o Hércules, no mato, por acaso.


Entrevista: Com apoio da PRF, Prefeitura de Caicó, inicia captura de animais soltos nas ruas nos próximos dias

Uma reclamação recorrente da população de Caicó, nas últimas semanas, é com relação aos animais soltos em via pública. Para resolver a questão, a Prefeitura estava com dificuldade por causa de dois aspectos: primeiro, não dispunha de um veículo adequado (com gaiola) para o transporte e, segundo, não tinha um curral para mantê-los presos.

Sobre o curral, o prefeito Dr. Tadeu (PSDB), disse em entrevista ao programa Cidade Alerta, da 102,7 FM, que recebeu o aceno positivo por parte do Secretário de Agricultura do Governo do Estado, Guilherme Saldanha, para que os animais apreendidos sejam encaminhados para o Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel, na zona leste.

“Lá tem currais individuais, tem água e nós já autorizamos o secretário Lucas Dutra, a fazer a compra da alimentação”, disse.

Sobre o carro adequado, a prefeitura está firmado convênio com a Polícia Rodoviária Federal, que dispõe de um veículo boiadeiro (com gaiola), para fazer a condução dos animais do local onde forem apreendidos, até os currais. Resolvido esse ponto, o processo de captura dos animais deve começar.

“Até para avisar aos criadores que estão fazendo essa criação dos animais de forma inadequada no município, que eles fiquem de sobreaviso, pois, nos próximos 10 ou 15 dias, o serviço de captura vai ser retomado”, anunciou.

O prefeito disse ainda que depois de o animal ser apreendido e os donos procurarem, dentro do prazo previsto em lei, eles serão fichados e pagarão multa por ter deixado o animal em via pública. Se os responsáveis não aparecerem para reclamar a posse dos seus animais, estes serão leiloados. Se ocorrer reincidência, o valor da multa é dobrado.


Vídeo/Entrevista: Estudo mostra temperatura média em Caicó; Centro e Zona Leste tem pontos mais quentes

A professora do Departamento de Geografia da UFRN/Caicó, Rebecca Luna Azevedo, em entrevista ao programa Cidade Alerta, da 102,7 FM, contou detalhes sobre o estudo coordenado por ela que analisou e comparou índices de (des) conforto térmico humano em Caicó/RN, município de clima semiárido.