Arquidiocese da PB orienta que fiéis evitem alguns contatos em missas após caso suspeito de coronavírus

A Arquidiocese da Paraíba fez uma recomendação para os fiéis que participam de celebrações na Paraíba. Com o primeiro caso de coronavírus suspeito sendo investigado na Paraíba, o pedido é que alguns contatos sejam evitados durante as missas.

Segundo a assessoria de imprensa da Arquidiocese da Paraíba, essa recomendação é uma situação comum em casos de algum perigo de saúde. A orientação é evitar o cumprimento no “momento da paz” e que o sacerdote e ministros só entreguem a hóstia na mão do fiel e não na boca, como acontece algumas vezes.

De acordo com o padre Luiz Júnior, não há motivos para pânico, trata-se apenas de uma orientação. Uma delas é que as pessoas evitem também darem as mãos durante as orações. “Sempre no âmbito da orientação, em atitude de respeito“, ressaltou.

A recomendação não altera nenhum calendário rotineiro de missas na região que abrange a Arquidiocese da Paraíba, isto é, João Pessoa, mais 34 cidades do Litoral da Paraíba, além de algumas cidades do Agreste.

*G1/PB


Mudança de premiação nas cotas de TV fazem clubes da Série A negociarem adiantamento

A provável mudança na premiação vinda das cotas de televisão no Brasileirão deve fazer com que os clubes da Série A peçam adiantamento do pagamento de parte desta verba. Atualmente, o valor pago pela TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, são quitados só em dezembro, no final do torneio.

Até 2019, 30% do valor total pago pela emissora era por posição no campeonato, em que os clubes só recebiam caso terminassem até a 16ª colocação. Com a alteração deste ano, a Globo vai passar a pagar o acréscimo por posição para todos os times. Isso quer dizer que o último colocado, por exemplo, receberia cerca de 4,5 milhões de reais. É esse valor mínimo que os dirigentes dos 20 clubes querem de maneira adiantada.

Na avaliação de alguns cartolas, receber a verba só no final do ano desequilibra o fluxo de caixa dos clubes e pode ser um dos responsáveis pelo atraso no salário dos atletas. A Globo já recebeu a sinalização e promete analisar se vai ou não aceitar o pedido dos clubes.


Pronto Socorro do Hospital Regional realizou 1.322 atendimentos no Carnaval

O Hospital Regional do Seridó, é a unidade de referência para atendimentos de urgência e emergência na região. E no carnaval, foram muitos os atendimentos realizados, como previsto.

De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital, durante o período do carnaval (21 A 25 de fevereiro), foram realizados:

  • 1.322 atendimentos médicos no Pronto Socorro
  • 11 cirurgias de emergência/ urgência
  • 137 radiografias
  • 248 exames de patologia clínica