Argentina elimina a Colômbia nos pênaltis

Jogadores da Argentina comemoram a classificação -  Foto: Marcos Brindicci/Reuters
Jogadores da Argentina comemoram a classificação –
Foto: Marcos Brindicci/Reuters

Ospina salvou no tempo normal, mas nada pôde fazer nas cobranças de pênalti. Depois do empate por 0 a 0 no tempo normal, a Argentina fez 5 a 4 na Colômbia nas grandes penalidades e garantiu a classificação para as semifinais da Copa América.

Agora, os argentinos esperam o vencedor de Brasil ou Paraguai, que se enfrentam neste sábado, às 18h30, em Concepción.

A partida foi de amplo domínio da Argentina do início ao fim. Logo aos quatro minutos, Pastore desviou cruzamento de Di Maria e Ospina defendeu.

Depois, aos 25, um milagre do goleiro colombiano. Agüero finalizou rasteiro e o arqueiro defendeu. Na sobra, Messi cabeceou e o colombiano defendeu de forma magistral.

Aos 43 minutos, Pastore aproveitou a sobra de Ospina e finalizou. O goleiro colombiano fez nova defesa.

A Colômbia poucou assustava a Argentina, que passou a pressionar de todas as formas no final da etapa final. Primeiro, aos 32, Banega chutou de fora da grande área e a bola foi no travessão.

Dois minutos depois, Otamendi finalizou, Ospina espalmou e a bola bateu na trave. Na sobra, Zuñiga tirou quase em cima da linha.

No último lance do jogo, aos 42, Zapata tentou cortar, encobriu Ospina e a bola ia entrando no gol colombiano, mas Murillo chegou antes de atravessar a linha e de Lavezzi para salvar o gol e mandar para os pênaltis.

Na primeira serie de cinco cobranças, Muriel, da Colômbia, e Biglia, para a Argentina, erraram. Depois, Zuñiiga, Rojo e Murillo erraram. Tevez, em chute no meio, garantiu a classificação para as semifinais.