Please enter banners and links.


Caicó: Advogado é autuado por porte ilegal e associação criminosa; OAB acompanha o caso

Advogado foi preso na companhia de dois homens portando armas de fogo

O presidente da OAB em Caicó, Marx Helder Fernandes, juntamente com advogado Marcus França, acompanharam todos os procedimentos feitos na Delegacia de Polícia Civil quanto a prisão do advogado Geovaniny Fonseca Pimentel. Ele foi detido na companhia de Wanderson Hébert Farias e Luís Carlos  Soares na noite deste sábado (28), nas imediações da Praça Dom José Delgado, no Bairro Paraíba. No carro onde eles estavam, foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver de calibre 22 e outro de calibre 32, este último pertencente ao advogado Geovaniny.

Em contato com o Blog Sidney Silva, o advogado Marx Helder Fernandes, disse que enquanto presidente da Subsecção da Ordem em Caicó, acompanhou todos os procedimentos na delegacia para garantir as prerrogativas de Geovaniny Fonseca.

O advogado ficou preso em uma sala na Delegacia. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Consta ainda informação de que os presos Wanderson e Luiz Carlos, teriam dito em depoimento que iriam fazer um assalto em uma academia localizada nas imediações de onde foram presos e que não o fizeram porque viram um policial no local.

A prisão do trio se deu depois que a movimentação suspeita foi identificada. Uma viatura que fazia rondas no setor logo foi acionada e fez a abordagem no carro que era ocupado pelos suspeitos.

O advogado disse em seu depoimento que passava no local e reconheceu um de seus clientes e parou para cobrar honorários advocatícios.