Decap realiza operação conjunta e prende médica suspeita de assassinar homem no estado de São Paulo

Uma operação realizada pela Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap), juntamente à Delegacia de Defesa da Mulher de Francisco Morato/SP, e o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do RN prenderam, nesta sexta-feira (07) em Nova Parnamirim, a médica Maria Oliveira Rocha, 36 anos, e Wendyr Renan de Moura Bondade, 19 anos, sendo este preso em Campo Limpo/SP. Ambos são suspeitos de no dia 22 de maio deste ano terem assassinado o guarda municipal Silvio José de Santana, 39 anos, sendo Wendyr, possível amante de Maria, o autor do crime.

No dia do assassinato, ele teria abordado o homem em sua residência e o executado com três disparos de arma de fogo, além de esfaquear a vítima no pescoço, e Maria, esposa da vítima, estaria nos fundos da casa neste momento. Segundo investigações, ela teria planejado o crime, juntamente ao seu amante Wendyr. Em nome do casal, havia um seguro de R$ 400.000,00 reais. A dupla foi presa em cumprimento a um mandado de prisão temporária, sendo encaminhada ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.