Decreto que fecha o comercio não essencial vale a partir do sábado (30)

Comércio não essencial fecha a partir de sábado, dia 30 de maio

O decreto que será baixado pelo prefeito de Caicó, Robson de Araújo e publicado na sexta-feira (29), que determina o fechamento dos estabelecimentos comerciais não essenciais, passará a valer a partir do sábado, dia 30. Ou seja, no sábado, todos devem fechar pelo período de 7 dias.

Não poderão funcionar, a feira livre, lojas de roupas, calçados, bijuterias, brinquedos, o mercado público, entre outros.

Os estabelecimentos que poderão abrir, são os considerados essenciais, como supermercados, padarias, óticas, lojas de aviamentos, farmácias, borracharias, lojas de peças de veículos, lojas de material de construção, entre outros.

O açougue público, vai funcionar, mas com a restrição que já está valendo, que é a entrada de 10 pessoas por vez.

Os feirantes de hortifrutigranjeiros e derivados do leitos, de Caicó, poderão montar suas bancas nos bairros aonde moram.