Dezenas de integrantes de facção criminosa do Brasil, fogem de presídio no Paraguai

Buraco foi escavado por presos para fugir

Do G1 – Dezenas de integrantes da facção criminosa brasileira Primeiro Comando da Capital – PCC, fugiram por um túnel de um presídio na cidade paraguaia de Pedro Juan Cabellero, que fica na fronteira com a cidade brasileira de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul), na madrugada deste domingo (19).

De acordo com a ministra da Justiça do Paraguai, Cecília Perez, 91 presos conseguiram a escapar da prisão entre 3h30 e 4h. Mais tarde, a procuradora Reinalda Palacios declarou o número foi corrigido para 75, de acordo com o jornal “ABC Color” .

O Ministério Público informou que vídeos das câmeras de segurança do presídio mostram uma movimentação intensa desde as 4h deste domingo. Para a promotora, é impressionante que os guardas não tenham agido diante das imagens que tinham à disposição.

Cinquenta dos detidos estavam em um piso superior e 25 no inferior, onde o túnel foi cavado. Para ter acesso ao piso inferior, os detentos devem passar por um portão, que deve permanecer trancado.

O que chamou a atenção dos promotores foi que esse portão estava trancado no momento em que Ministério Público foi visitar o local após a fuga.

A ordem de captura dos foragidos deve ser emitidas em algumas horas.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Mato Grosso do Sul informou que está em contato com as autoridades paraguaias. O policiamento urbano em Ponta Porã, cidade fronteiriça, foi reforçado com equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil.