Ex-vereador Leleu Fontes recorre da sentença que o condenou por divulgação irregular de pesquisa eleitoral

Advogado Kelvin defende Leleu Fontes

O ex-vereador Dilson Freitas Fontes “Leleu” (MDB) encaminhou notícia ao Blog Sidney Silva, escrita por sua assessoria, relatando que seu advogado recorreu da sentença judicial que o condenou a pagamento de multa de R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais) pela conduta de divulgação irregular de pesquisa eleitoral.

.

Confira:

Após numerosos e inflamados comentários nos grupos de WhatsApp de Caicó sobre a recente Decisão Judicial que imputou a Dilson Freitas Fontes (Leleu) o pagamento de multa no valor de R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais), o ex-vereador informa que apresentou, durante o início desta tarde, seu Recurso Eleitoral junto ao TRE/RN.

Em contato com o Blog, Leleu expressou: “Fiquei extremamente tranquilo ao tomar ciência da Decisão da 25ª Zona Eleitoral, tendo em vista que não se trata de uma decisão definitiva.”

O advogado Kelvin Martins, que assina o Recurso Eleitoral, argumentou que a Decisão proferida pelo Juiz José Vieira de Figueirêdo Júnior, em que pese todo o brilhantismo jurídico do Insigne Magistrado, merece ser reformada integralmente, eis que necessário amoldar-se aos precedentes judiciais consolidados pelo TRE e pelo TSE, os quais distinguem de maneira clara os conceitos jurídicos de pesquisa eleitoral e enquete.

Em consulta ao portal do TRE, verificou-se que a 25ª Zona Eleitoral já intimou o Ministério Público no início desta noite, para apresentação de resposta ao Recurso de Leleu.