Juiz federal vê excesso do INSS em alguns cortes de benefícios

Juiz Federal, Carlos Wagner Dias, diz que é grande o número de restabelecimentos de benefícios cortados pelo INSS no RN – (FOTO: Sidney Silva)

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte, está recebendo nos últimos meses, uma demanda considerável de processos de pessoas tentando reaver os benefícios que foram cortados pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, depois de ser realizado um pente fino determinado pelo Governo Federal.

Os filtros impostos estão fazendo com que benefícios previdenciários, de pessoas que já se encontram aposentadas por invalidez ou já estão recebendo o auxílio doença, seja cortado. As pessoas, naturalmente, com o benefício cortado, vem ao Judiciário para tentar restabelecê-lo. Todo desajuste que ocorre na sociedade, a Justiça Federal, é um termômetro, pois, quando existe um aumento na demanda nossa, significa dizer que alguma coisa está errada na sociedade“, disse o juiz federal, Carlos Wagner Dias.

O magistrado relata ainda que também é grande o número de concessão de benefícios e o restabelecimento dos que foram cortados. “Tem me impressionado o aumento no número de concessões de benefícios e de restabelecimentos, o que mostra que o INSS, em certas medidas, tem abusado um pouco nesses cortes, claro que existem pessoas que recuperam a sua capacidade laborativa, mas, existe uma quantidade grande de pessoas que consegue voltar a receber o seu benefícios porque estão incapazes“.