Márcia Maia chama a atenção para o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher

Marcia Maia é autora do projeto
Marcia Maia é autora do projeto – (FOTO: João Gilberto)

O dia 25 de novembro foi declarado Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. O assunto foi destacado pela deputada Márcia Maia (PSB) durante sessão ordinária na manhã desta terça-feira (24). O dia 25 de novembro marca o início dos 16 dias de ativismo, ações e debates em torno do assunto. A parlamentar falou sobre a importância da denúncia, por parte das mulheres violentadas, e disse que a campanha precisa ser divulgada para mobilizar a sociedade pelo fim da violência contra a mulher.

 “A violência contra a mulher ainda é uma realidade em vários países. Essa campanha vai até o dia dez de dezembro, dia Internacional dos Direitos Humanos. E é justamente esse o objetivo, que as mulheres tenham seus direitos assegurados”, declarou Márcia.

Márcia Maia destacou que um dos seus objetivos nesta mobilização é apreciar os vetos do Governo a um dos projetos de sua autoria, especificamente relacionado à mulher. “O projeto destina 5% das vagas das empresas terceirizadas do Estado para mulheres vítimas da violência. A dependência financeira ainda é um dos motivos que leva a vítima a não denunciar”, disse Márcia.

De acordo com a deputada, o projeto proporciona condições de emancipação para que as vítimas de violência tenham mais coragem para denunciar.