Dinheiro foi descontado do salário dos servidores, mas, o banco não recebeu

É impressionante como o Ministério Público Estadual e a Câmara Municipal de Vereadores de Caicó, ainda não se manifestaram para saber onde foi usado o dinheiro descontado do salário dos servidores da Prefeitura, que teria que ser repassado ao Banco Bradesco para pagar empréstimos consignados contraído por eles.

O que se sabe, e isso foi amplamente divulgado na imprensa local, é que o dinheiro foi descontado pela gestão do ex-prefeito Robson de Araújo “Batata” (MDB), mas, não foi repassado para o banco. Ou seja, o salário do mês chegava com desconto e eles (os servidores) achavam que o banco tinha recebido, mas, não.

O gerente da agência do Bradesco em Caicó, já procurou o atual prefeito, Dr. Tadeu e disse que os valores serão descontados das contas dos servidores.

Eu fico me lembrando do personagem de O Bem Amado, Odorico Paraguaçu: E os “pratasmente”, como fica? Eu penso que isso é caso de polícia.

Com a palavra, a Câmara de Vereadores e o Ministério Público Estadual.

Back To Top