Nas primeiras horas da manhã de hoje foi deflagrada a segunda fase da Operação Cavaleiros do Apocalipse, tendo como objetivo combater o tráfico de drogas e prender pessoas ligadas à uma facção criminosa que atua na região.

Ao todo foram cumpridos doze mandados de busca em imóveis localizados em sete bairros da cidade de Caicó. Foram presas 07 pessoas em virtude de mandados de prisão preventiva. Também foram cumpridos treze mandados de prisão em estabelecimentos prisionais do Estado e um mandado no Estado da Paraíba.

De acordo com as investigações, o preso PETRUCIO RAILANDER DOS SANTOS, vulgo GUIGUIU ou BODÃO, era o cabeça da facção criminosa na cidade de Caicó e ordenava diversos crimes na região, principalmente tráfico de drogas e roubo, além de comprovado envolvimento em homicídios.

A operação ocorreu em parceria com a Polícia Militar e contou com a participação de diversas equipes da região e cidades próximas, sendo utilizado um total de setenta policiais civis e militares.

No presídio de Caraúbas, foi cumprido mandado contra o preso Lucas Daniel da Silva, o “Galegal”, de 21 anos. Em Itaporanga, os policiais cumpriram mandado contra Dárlison Lima Queiroz, o “Mancusinho”. No presídio de Nova Cruz/RN, foram cumpridos quatro mandados de prisão contra, Petrucio Rainande dos Santos, o “Guigui”, sendo, por tráfico de drogas, associação para o tráfico, homicídio (como mandante), e por pertencer a facção criminosa.

De acordo com o delegado Ricardo Brito, o Guiguiu, mandou matar Francisco Ferreira da Silva, de 32 anos, “PELEZINHO”, que residia na Rua Emílio da Silva, nº 55 – Bairro Adjunto Dias em Caicó. A motivação para este crime, o delegado não adiantou.

Foram presos antes e durante a deflagração da prisão: João Pedro da Silva, (preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo), André Lima da Costa (mandado de prisão), Fernando Antônio Atanásio da Silva (mandado de prisão) – esses foram detidos no dia 21 de dezembro – Nesta quinta-feira foram detidos, Rafael Fernandes de Assis (mandado de prisão), Joatan Gabriel Dantas Fernandes (mandado de prisão), José Carlos Pereira Lopes (mandado de prisão), Márcia Fernanda Santos da Silva (mandado de prisão), Ana Santana de Morais (mandado de prisão) e Samara Souza Regis (mandado de prisão).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top