Policial militar é morto dentro de salão na zona norte de Natal

Na noite desta terça-feira, 8, um policial militar foi executado dentro de um salão de beleza enquanto cortava o cabelo, por volta das 20h40, no bairro Nova Natal, Zona Norte de Natal. Segundo informações preliminares da PM, dois homens entraram no estabelecimento e atiraram contra o agente.

O policial Waldembergue Cruz de Lima, da força tática do 4º batalhão da PM, foi assassinado com quatro tiros sem esbanjar algum tipo de reação contra os criminosos. O PM foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

A PM está à procura dos criminosos e as câmeras de segurança do lugar vão ser analisadas pela polícia para identificar os assassinos. Waldembergue é o 13º policial morto no estado e o segundo em menos de uma semana. Na última sexta-feira, um subtenente da reserva de 65 anos também foi assassinado, em Ceará-Mirim, região da Grande Natal.

Casos

Lista dos PMs mortos em 2018
07/01 – Cabo Carlos Alberto Araújo da Costa: morto a tiros nas Rocas, Zona Leste de Natal;
15/01 – Sargento André Mário Dantas Siqueira: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante;
26/01 – Sargento José Ailton de Lira: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante.
29/01 – Sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros: morto a tiros no município de Extremoz;
29/01 – Cabo Darlan Santana Carvalho: morto no bairro do Planalto, Zona Leste de Natal;
28/02 – Cabo William Soares: morto em troca de tiros com criminosos; bairro do Pajuçara, Zona Norte de Natal;
23/03 – Luiz Valdécio Faustino: foi perseguido e morto a tiros em Mossoró.
26/03 – Soldado Caroline Pletsch: baleada em tentativa de assalto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O marido também PM sobreviveu ao ataque; Zona Norte de Natal.
04/04 – Dioclécio Ferreira da Lima Júnior: morto a tiros em um banco na Zona Sul de Natal;
08/04 – Helton Cabral da Silva: morto a tiros em São Gonçalo do Amarante;
21/04 – José Edivaldo do Nascimento: morto a tiros em tentativa de assalto; bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal;
04/04 – Raimundo Ribeiro da Silva: morto dentro de casa, em Ceará-Mirim, região da Grande Natal.