Servidores da Fundac ganham realinhamento da Tabela de remuneração

Depois de mais de seis anos sem correção salarial, os servidores da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac/RN) receberam nesta terça-feira (31) o realinhamento da tabela de remuneração. O realinhamento implantado na folha salarial representa uma correção de 55 a 60% nos vencimentos dos Níveis elementar e médio e de 32 a 35% nos salários dos servidores do Nível superior.

Os valores corrigidos foram obtidos depois de um estudo realizado durante a greve da categoria que durou 45 dias em 2014. A proposta, colocada em prática no mês de março de 2015, apresentou a correção das tabelas da Lei complementar 361 e da Lei complementar 320 das remunerações e das gratificações. Os servidores da Fundação amargavam o título dos piores salários da rede Estadual.

A categoria recebeu a notícia com muita alegria e os servidores reconhecem o empenho do Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, da Secretária do trabalho e Assistência Social, Julianne Faria, da interventora da Fundação no período de Março de 2014 até dezembro de 2014, Kalina Leite, atual Secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Estado e o Presidente da Fundac, Ricardo Cabral que está trabalhando junto com os servidores para a aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria.

O realinhamento é um avanço para a categoria que ainda luta para a reorganização e reestruturação da Fundac visando à adequação à Lei 12594 do Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo). Dentro desse processo quatro estudos estão em fase final de elaboração: o da reestruturação, a redenominação, a reforma estatutária e o plano da Carreira Socioeducativa do Estado.