RN tem média de quase duas crianças estupradas ou maltratadas por dia

“A maior parte das vítimas do estupro de vulnerável sofre o abuso dentro de casa”, disse a Delegada Dulcinéia Costa – (Imagem Ilustrativa)

Estatísticas da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente do Rio Grande do Norte (DCA) revelam um dado preocupante. Todos os dias, quase duas crianças sofrem abuso sexual ou maus-tratos no estado. A média exata é de 1.8, quando calculados os casos registrados entre os meses de janeiro e maio deste ano. Nos casos de estupro de vulnerável (onde as vítimas são menores de 14 anos), os homens são os maiores infratores. Já nos casos de maus-tratos, as mães são as maiores vilãs.

O Agora RN teve acesso aos relatórios que somam os boletins de ocorrência registrados pela DCA. Quando comparados os casos de estupro de vulnerável registrados entre janeiro e maio de 2019 (77 casos) com o mesmo período de 2020 (107 casos), fica constatado um aumento de 39%. Quanto aos casos de maus-tratos, nos primeiros cinco meses do ano passado foram registradas 302 ocorrências, contra 176 ocorrências no mesmo período deste ano – o que significa uma redução de quase 42%.

Para a delegada Dulcinéia Costa, que já foi titular da DCA e atualmente está na assessoria de comunicação da Polícia Civil, “o aumento dos casos de estupro de vulnerável, especialmente neste período de pandemia, provavelmente se deve porque o isolamento social acabou aumentando o fator de risco, que é a convivência”, destacou.

Continue lendo

Homem é preso acusado de tocar partes íntimas de crianças de 6 anos em Ipueira/RN

Criança abusada sexualmente em Ipueira/RN – (FOTO: Ilustrativa)

A Polícia Civil está investigando mais uma denúncia de abuso sexual contra criança registrado na região Seridó do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações apuradas pelo Blog Sidney Silva junto a Polícia Judiciária, na tarde de terça-feira (01), uma mãe da cidade de Ipueira/RN, procurou o Conselho Tutelar para denunciar um homem, amigo da família, que teria tocado nas partes íntimas de sua filha, uma criança de 6 anos de idade.

Os conselheiros, encaminharam a mulher para a Delegacia em Caicó. Em seguida, o homem foi preso. O delegado lavrou o flagrante e mandou que os policiais conduzissem o acusado para a Penitenciária Estadual do Seridó.

Os casos de abusos sexuais de crianças, podem ser denunciados através do Disk 100, ou pelo 190 e ainda na Delegacia de Caicó pelo 3421-6029, ou a polícia em sua cidade.


Currais Novos: Homem é denunciado por abusar da própria filha desde os 10 anos de idade

A denúncia dá conta que abuso acontecia há 4 anos – (FOTO: Ilustrativa)

Policiais militares da cidade de Currais Novos, encaminharam para a Delegacia de Plantão em Caicó, na noite de segunda-feira, dia 31 de agosto, uma ocorrência em que um homem é acusado abusar sexual da própria filha.

O Sargento PM Miranda Morais, disse ao blog CN Polícia de J Dantas, que o pai abusava da filha há 4 anos. Atualmente a menina está com 14 anos de idade. “Inicialmente, nós fomos acionados, por volta das 20hs, para atender uma ocorrência de briga de família. Ao chegar no local, uma tia da vítima nos relatou o que estaria acontecendo. Ela estava revoltada porque a menina estaria sendo abusada desde os 10 anos de idade pelo próprio pai. A irmã da vítima confirmou a versão“, contou.

Em meio a ocorrência, a vítima passou mal e teve que ser socorrida para o Hospital. Depois, foi encaminhada, juntamente com o acusado e as testemunhas para DP de Caicó.

O homem foi autuado por estupro, mas, vai responder em liberdade por não ter sido preso em flagrante.

*Para denunciar violência sexual contra crianças e adolescentes, disque: 100


Homem de 41 anos é preso acusado de abusar de criança em Santana do Matos/RN

A Polícia Militar de Santana do Matos/RN, prendeu na noite de domingo (16), um homem de 41 anos, acusado de abusar sexualmente de uma criança de apenas 7 anos.

Uma enfermeira acionou a polícia, por volta das 20hs30min, quando a menina foi levada pela mãe para ser atendida no hospital.

Aos policiais, a mãe contou que estava em casa quando sentiu falta de sua filha. Ao procurar, a encontrou com o homem. Ela estava suja de terra e com manchas de sangue nas vestes. A criança contou tudo o que aconteceu quando perguntada.

O acusado foi encontrado, detido e encaminhado a Delegacia de Plantão em Caicó.

A criança foi levada ao Instituto Técnico e Científico de Perícia – ITEP, onde foi examinada.

Autuado, o agressor ficou detido e à disposição da Justiça.


Caicó: Militar aposentado acusado de abuso sexual de crianças vai para prisão domiciliar

Decisão saiu nesta terça-feira, dia 12

Nesta terça-feira (12), a Justiça converteu em prisão domiciliar, a preventiva que mantinha detido nas dependência do 1º Batalhão de Engenharia de Construção em Caicó, o militar aposentado, José Pierre da Silva, de 70 anos, que foi acusado de abuso sexual contra uma criança de 7 anos e de sua enteada por vários anos.

Ele foi preso por policiais civis acompanhado de um militar do Exército, no dia 03 de abril. Depois foi conduzido para a Delegacia, ouvido e levado para a sede do 1º BEC, aonde ficou a disposição da Justiça.

O advogado que defende os interesses de José Pierre, Rômulo Fernandes, confirmou a informação da prisão domiciliar ao Blog Sidney Silva.


ENTREVISTA: Advogado de militar aposentado acusado de abuso sexual nega crimes

O advogado Rômulo Fernandes, que defende o militar aposentado, de 70 anos, que foi preso na semana passada acusado de estupro de vulnerável, crime praticado contra pelo menos 6 crianças, conversou nesta quinta-feira (09) com a reportagem do Sistema Rural de Comunicação.

Em sua fala, o advogado diz que existe uma tentativa de tomada dos bens de seu cliente e acusa Polyana Lorena, filha de sua ex-companheira, de estar coopitando pessoas para depor contra ele.

O advogado ainda disse que sua ex-mulher foi flagrada por ele em ato de traição dentro de sua casa.

Acompanhe o áudio da entrevista:


Polícia Civil prende idoso de 71 anos que abusava sexualmente de meninas e adolescentes em Natal

Uma investigação da Delegacia Especializada no Atendimento de Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) resultou na prisão de Antonio Guedes da Silva, 71 anos de idade, morador do bairro de Felipe Camarão, nesta terça-feira (23). Ele é investigado em inquéritos policiais por ter cometido os abusos sexuais em quatro vítimas e existem mais de 20 denúncias relatando outros abusos com vítimas do sexo feminino com idades entre 12 e 16 anos.

De acordo com a investigação, ele oferecia dinheiro, presentes e alimentação para as vítimas e para as mães delas em troca das relações sexuais. Antonio Guedes já foi condenado pela Justiça a uma pena de seis anos de reclusão.