Caso Zaira Cruz: Após audiência, juiz decidirá se manda Pedro Inácio à julgamento popular

Ao ser ouvido, Pedro Inácio negou a autoria do crime

Exatamente 1 ano e 9 meses depois da morte da universitária Zaira Cruz, foi concluída no Fórum Amaro Cavalcante em Caicó, a audiência de instrução e julgamento do processo que tem como réu, o policial militar, Pedro Inácio de Maria. Era por volta das 14hs20 quando se encerraram os trabalhos.

Agora, foi aberto um prazo de 24hs para diligências do MP, se julgarem necessárias e de uma semana para as alegações finais da defesa e da acusação. Em seguida, o processo fica concluso para o juiz decidir se manda o réu para ser julgado em sessão do júri popular.

O policial militar, Pedro Inácio de Maria, acusado pela Polícia Civil, de ser o autor do crime, foi ouvido por videochamada e sustentou a negativa total de autoria do crime. Ele está detido no comando geral da PM em Natal.

O perito criminal, Sami Abder El Jundi, contratado pela família do réu, foi ouvido na audiência e fez diversas contestações sobre pontos específicos do laudo pericial feito pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia – Itep.

Na audiência ainda foram ouvidas outras duas testemunhas.


Caso Zaira: Pedro Inácio deve ser ouvido na audiência de instrução nesta quarta (02)

Zaira Cruz foi encontrada morta dentro de um carro em sede de bloco no sábado de carnaval em 2019 em Caicó

Nesta quarta-feira (02), a partir das 09hs, tem prosseguimento no Fórum Amaro Cavalcante, em Caicó/RN, a audiência de instrução e julgamento do processo aberto contra o policial militar, Pedro Inácio Araújo de Maria, de 37 anos, que foi apontado pela Polícia Civil como responsável pela morte da universitária, Zaira Dantas da Silveira Cruz, encontrada morta dentro de um carro no dia 02 de março de 2019, um sábado de carnaval, em Caicó.

Durante a audiência, a previsão é que sejam ouvidas duas testemunhas que estavam no mesmo ambiente aonde o corpo de Zaira foi encontrado, um perito que foi contratado pela família de Pedro Inácio, além do próprio réu.

Com exceção do perito que está em Caicó e participa pessoalmente da audiência, as demais pessoas serão ouvidas por videoconferência.

O perito criminal, Sami Abder Rahim Jbara El Jundi, contratado pela família do réu, fez um relatório do crime de acordo com o que consta no processo e vai apresentá-lo durante a audiência.


Caso Zaira Cruz: Marcada a audiência de instrução para ouvir testemunhas e o réu

Policial Pedro Inácio é réu no processo da morte de Zaira Cruz e será ouvido na audiência

O processo da morte da jovem currais-novense, Zaira Dantas Silveira Cruz, teve a data da audiência de instrução marcada pelo Juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça. Será no dia 28 de maio, em uma das salas de audiências do Fórum Municipal Amaro Cavalcante, na cidade judiciária, zona leste de Caicó.

Na audiência, serão ouvidas cerca de 30 testemunhas arroladas no processo, tanto pela defesa, como pelo Ministério Público.

A audiência de instrução e julgamento criminal é o principal ato de um processo, seja de procedimento ordinário, sumário ou sumaríssimo, uma vez que, é nela, que serão ouvidas as testemunhas, os peritos e, o acusado. Depois, o juiz anuncia se ele vai ser submetido ao júri popular.

O promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, atua no processo junto com a advogada, Kalina Leila Nunes Mendes Medeiros.

O réu, Pedro Inácio Araújo de Maria, também será ouvido na audiência. Sua defesa é patrocinada pela advogada, Andréa Carla Alves de Oliveira.