Please enter banners and links.


Infraestrutura promove limpeza na entrada de Caicó

Limpeza acontece em vários bairros da cidade

A secretaria municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos realizou serviço de limpeza, neste sábado (24), na entrada de Caicó pela Zona Oeste. A área é parte do trecho urbano da BR 427.

O serviço teve o objetivo retirar de detritos, a fim de evitar o acúmulo desse material que pode provocar dano ambiental ou acidentes. Ainda na ação de ontem, foi realizada a limpeza da área onde será uma praça no bairro Samanaú, na Zona Norte.



Município de Caicó realiza limpeza na área do Distrito Industrial

Área que estava sendo usada para depósito de metralhas, passou por limpeza

A secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos realizou um trabalho de terraplanagem na área que compreende o terreno do Distrito Industrial. No local, alguns populares começaram a jogar lixo e, em pouco tempo, foi formado um lixão com uma grande quantidade de metralhas, detritos residenciais e industriais.

A prefeitura de Caicó também vai providenciar a colocação de placas proibindo a comunidade de jogar lixo na área do distrito Industrial. A placa faz alusão à Lei Nº 9605, a chamada Lei de Crimes Ambientais, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.

Segundo o artigo 54, “causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora” pode resultar na pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.



Com falta de ASG, delegado faz limpeza no prédio da DP de Caicó

Delegado Regional varrendo a frente da Delegacia em Caicó – (Foto: Cardoso Silva)

O delegado Regional da Polícia Civil em Caicó, Ricardo Brito, estava na manhã desta segunda-feira (30), varrendo a frente do prédio da DP, por causa da falta de um Auxiliar de Serviços Gerias. Esse profissional era cedido pela Prefeitura, mas, foi removido há quase 1 ano.

Com a falta de ter quem faça, os policiais se revezam entre os trabalhos de Polícia e de limpeza, até porque o local é de atendimento ao público tendo uma demanda considerável.