Tráfego terá desvio na Reta Tabajara

Dnit desvia o trânsito na Reta Tabajara

Tribuna do Norte – As obras de duplicação da BR-304, sobretudo no trecho popularmente conhecido como Reta Tabajara, entram em uma nova fase na próxima semana: terça (13) e quarta-feira (14), o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) fará alterações no tráfego na altura do Km 281, entroncamento da rodovia com a BR-226, para movimentação de nove vigas no canteiro de obras instalado no local. As vigas, cada uma pesando cerca de 85 toneladas, fazem parte do conjunto de peças pré-moldadas de concreto que compõem a estrutura do futuro viaduto a ser erguido no local.

O trânsito no trecho da rodovia federal onde a movimentação está prevista será transferido para a alça de acesso ao viaduto. E de acordo com a superintendência regional do DNIT no Rio Grande do Norte, a organização do tráfego contará com apoio da Polícia Rodoviária (PRF) durante os dois dias de serviço. A orientação recomendada aos motoristas é que transitem no local com paciência, atenção redobrada e em baixa velocidade.

De acordo com as informações repassadas pelo DNIT-RN, órgão federal responsável tanto pelas obras na Reta Tabajara quanto as intervenções viárias na BR-101 entre Natal e Parnamirim, haverá operação de içamento, transporte e lançamento de nove vigas com 85 toneladas cada. e contará com o apoio logístico da Polícia Rodoviária Federal.

O serviço pertence ao projeto de Duplicação e Adequação de Capacidade da BR-304/RN (Reta Tabajara), executado por meio do contrato número 939/2015 celebrado com a empresa Ivaí Engenharia de Obras.

A duplicação da Reta Tabajara, na BR-304, é apontada como fundamental para reduzir o número de acidentes na rodovia ao facilitar o fluxo de 70 mil veículos que trafegam diariamente pelo local (dias úteis). De 2010 a 2017, conforme estatísticas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 219 acidentes  que resultaram em 15 mortes, 48 pessoas gravemente feridas e 99 feridos leves.

O valor original do projeto, que era de R$ 231,48 milhões, foi reajustado para cerca de R$ 350 milhões (valores de outubro de 2018). De 2015 para cá já foram investidos R$ 148,83 milhões.

A BR-304 é uma das principais vias de escoamento dos itens produzidos nos complexos industriais da Região Metropolitana de Natal, e também de acesso à municípios do interior do Estado como Mossoró, cidades da região do Seridó e ao estado do Ceará. As obras na Reta Tabajara incluem 27 km de duplicação de rodovia e a construção de nove viadutos ao longo do trecho.