Tribunal da Fifa reduz pena por doping e Guerrero poderá jogar Copa do Mundo

Guerreiro tem pena reduzida pela Fifa

O caso de doping de Paolo Guerrero sofreu uma reviravolta nesta quarta-feira (20). O Tribunal de Apelações da Fifa reduziu a suspensão do atacante do Flamengo de um ano para seis meses. Como estará liberado a jogar a partir de maio do ano que vem, o peruano deve jogar a Copa do Mundo pelo seu país, que volta a disputar o Mundial após 36 anos.

Em outubro, após partida pelas Eliminatórias contra a Argentina, foi detectada no corpo do atleta uma substância proibida, que é o principal metabólito da cocaína. No dia 8 de dezembro, a Fifa havia anunciado que Guerrero não poderia participar de jogos nacionais, internacionais e amistosos até novembro de 2018.

Os advogados de defesa do atacante tentarão agora a absolvição na Corte Arbitral do Esporte (CAS) para que ele defenda o Flamengo já no Campeonato Carioca. O otimismo é considerável, uma vez que raramente o comitê de apelações modifica a decisão da primeira instância.