A Rádio Caicó começou nesta segunda-feira (12), a rodada de entrevista com os candidatos a prefeito de Caicó e o médico, Judas Tadeu (PROS), foi o primeiro dos cinco que estão na disputa, a participar. Durante 40 minutos, ele respondeu perguntas feitas pelo apresentador do programa Comando Geral e de pessoas da comunidade sobre temas diversos, ou seja, com pauta livre.

Entre os muitos questionamentos, Tadeu respondeu a pergunta feita pelo Padre Alcivan Tadeus, pároco da Catedral de Sant’Ana, que quis saber como, se eleito, o candidato pretende ampliar o apoio da Prefeitura à festa da padroeira da Diocese. “A gente precisa resgatar a economia da cidade de Caicó e uma das coisas para que isso aconteça, é a gente identificar a possibilidade de geração de emprego e renda para Caicó e a Festa de Sant’Ana se insere neste cenário e o poder público não pode ficar omisso na reestruturação, organização e planejamento da Festa que hoje é Patrimônio Imaterial do Brasil. Para melhorar, nós temos que fazer uma parceria com a iniciativa privada como foi feito no evento deste ano na Ilha. Eu tenho percebido que cada vez mais a Prefeitura tem se afastado da organização da festa, participado menos da organização. Nós vamos fazer com planejamento os ajustes necessários“.

Quando perguntado sobre a municipalização do trânsito, Tadeu disse que manteve contato com o comandante do 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual em Caicó que lhe falou a respeito da Lei que foi aprovada na Câmara de Vereadores. “Segundo o Major Silva Neto, a Lei da Municipalização do Trânsito é natimorta por causa de um artigo que diz que ela (a municipalização) só poderá ser implementada quando o Município sair do limite prudencial. Então, a gente vai ter que fazer uma rediscussão dessa lei na Câmara“, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top