Sem esforço, Barcelona vence o River Plate e conquista o título do Mundial

Jogadores do Barcelona comemoram com Suárez o segundo gol – Foto: Thomas Peter Livepic/Reuters
Jogadores do Barcelona comemoram com Suárez o segundo gol – Foto: Thomas Peter Livepic/Reuters

Não deu para o River Plate. Neste domingo, no Estádio Internacional de Yokohama, o Barcelona não precisou se esforçar para derrotar os argentinos por 3 a 0 e conquistar o título do Mundial de Clubes.

Os gols da vitória espanhola foram anotados pelo craque Messi e por Suárez, duas vezes. O uruguaio, inclusive, quebrou o recorde de gols marcados em um Mundial. Ele fez 5 gols na competição e “bateu” o brasileito Denilson, que atuando pelo Pohang Steelers, em 2009, balançou a rede quatro vezes.

O River iniciou o jogo sonhando com a vitória. Desde os primeiros segundos, a equipe argentina surpreendeu o Barcelona e marcou pressão. No entanto, com o seu estilo de troca de passes rápido, o time espanhol se livrou da marcação e tinha as melhores oportunidades.

Aos 10 minutos, Messi recebeu de Suárez e finalizou. Maidana salvou de cabeça. Na sequência, o próprio camisa 10 chutou e Barovero fez a defesa.

Aos poucos, o Barça impôs o seu ritmo de jogo e colocou o River na roda. Com isso, abriu o placar aos 36, ainda da etapa inicial.

Os argentinos voltaram para a etapa final em busca do gol de empate, mas foi o Barça que marcou novamente. Logo aos quatro, Busquets recebeu de Iniesta e fez o lançamento para Zuáres, que invadiu a área em velocidade e finalizou para o fundo das redes.

Com o segundo gol, o River Plate diminuiu a intensidade e ainda viu Suárez anotar o seu segundo e o terceiro dos espanhóis aos 23, de cabeça, após cruzamento de Neymar.

Segundo o Portal da Band, com a vitória garantida, o Barcelona apenas administrou o resultado, enquanto o River tentou diminuir o placar, mas sem sucesso.