Ministro vem ao RN autorizar obras da adutora de Caicó

A Tribuna do Norte está informando que o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, deve assinar a ordem de serviço da adutora emergencial de Caicó na próxima terça-feira (1º) em Natal. A informação é da assessoria de imprensa do órgão federal. O Governo Federal liberou de R$ 42 milhões para a execução do projeto. Com a previsão de quatro meses de construção, a empresa responsável deverá ser pontual, pois boa parte da população do Seridó corre o risco de ficar completamente sem água. Isso porque a Agência Nacional de Águas (ANA), prevê que o rio Açu-Piranhas fique completamente seco até março do próximo ano, caso não chova.’

O projeto da adutora foi idealizado pelo Governo do Estado  e faz parte do Plano Emergencial de Segurança Hídrica do Rio Grande do Norte, porém, neste ano, a responsabilidade foi passada para o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), órgão do Ministério da Integração Nacional. A adutora deve quatro municípios: Timbaúba dos Batistas, Caicó, Jardim de Piranhas e São Fernando. Estima-se que a população beneficiada chegue a 70 mil pessoas. O Seridó é a região com a situação mais crítico no que diz respeito ao abastecimento de água. Embora existe recurso hídrico perto dessas cidades, não há infraestrutura para transportá-lo.

A adutora emergencial de Caicó vai retirar água da estação de bombeamento do Sistema Adutor de Serra de Santana em Jucurutu, que, por sua vez, é abastecida pelo reservatório Armando Ribeiro Gonçalves. O Dnocs informou que  a obra deverá ser feita por meio de dispensa de licitação. Na última terça-feira, o Dnocs assinou contrato com a Saint-Gobain Canalização LTDA para a compra de ferro fundido a ser usado na adutora de Caicó.