Caminhão furtado em Caicó é encontrado em “cemitério de veículos” na cidade de Macaíba

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba localizaram, neste domingo (28), uma granja utilizada como desmanche e um terreno onde havia um “cemitério” de veículos, ambos na zona rural de Macaíba. Durante as diligências, nove pessoas foram presas e diversas peças de veículos com registro de roubo e suspeita de adulteração foram apreendidas.

As diligências foram iniciadas na manhã de domingo (28), após informação repassada pela Delegacia de Plantão de Caicó sobre um caminhão trator, com registro de furto, que estaria circulando em Macaíba. Após investigações, os policiais constataram que o veículo teria seguido na BR-304, sentido Mossoró, e entrado em uma estrada nas proximidades do distrito de Lagoa do Lima, na zona rural de Macaíba.

Os policiais se dirigiram à granja de Ailton de Medeiros, conhecido como “Ailton da Sucata” e “O Rei do 4×4”, em Lagoa do Lima, em virtude da suspeita de seu envolvimento na ocorrência, por ele já ser alvo de investigação da DM de Macaíba. No imóvel, eles encontraram o veículo saindo da granja, o qual já estava desacoplado – caminhão trator e carreta.

A equipe seguiu o veículo e o encontrou no “Mercado de Joel”, momento em que foi realizada a abordagem dos ocupantes. Dentro do caminhão, estavam um irmão de Ailton, Milton de Menezes, e Luciano Fernandes do Nascimento, os quais foram presos por receptação qualificada e associação. Em seguida, Joel Carlos Nogueira chegou ao local e também foi detido, em virtude de ter sido encontrada uma espingarda irregular em seu estabelecimento.

Após solicitarem apoio de outras equipes de policiais civis, foi realizada a abordagem na granja de “Ailton da Sucata”, onde foram detidas seis pessoas e alguns suspeitos fugiram do local. Os policiais constataram que o local se tratava de um ponto de desmanche de veículos, porém, de imediato, não foram encontrados sinais identificadores em razão terem sido destruídos. Inicialmente, foram localizados o caminhão, um motor de um veículo modelo Pajero Daker, e peças de um carro do tipo SPRINTER.

A Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), que também investigava o grupo criminoso, foi chamada ao local, e, em diligências realizadas no interior da granja e nas proximidades do imóvel, as equipes encontraram um “cemitério de veículos”, onde estava parte dos sinais identificadores retirados das peças de veículos localizados na granja.

A Polícia Militar também foi chamada ao local e efetuou o isolamento dos imóveis, para a realização da perícia pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), que junto com a DEPROV e Polícia Rodoviária Federal (PRF), identificou, até o momento, nove veículos com registro de roubo/furto, entre as peças encontradas.

Ao total, foram recuperados nove veículos e apreendidas uma espingarda calibre 22 e nove munições calibre 20. Durante a ação, 11 pessoas foram conduzidas à delegacia e nove foram autuadas em flagrante por receptação qualificada, adulteração de sinais identificadores de veículo e associação criminosa armada. Duas pessoas também foram autuadas por posse ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS


Pistoleiro procurado pela Interpol morre em confronto com policiais do Deicor

José Moreira, o Zezinho, foi julgado pela morte do delegado Paulo Magalhães – (Foto: Mídia Max)

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) localizaram, nesta segunda-feira (14), José Moreira Freires, conhecido como “Zezinho”, na Zona Rural de Lagoa de Pedra/RN. Ele era procurado pela Interpol e pela Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul e, em seu desfavor, havia dois mandados de prisão em aberto.

Durante a ação, José Moreira reagiu à abordagem e foi alvejado, não resistindo aos ferimentos. Na ocasião, ele estava de posse de uma pistola pertencente à Polícia Civil do Rio Grande do Norte, com registro de roubo. Os policiais da DEICOR constataram também que ele havia criado um laboratório de produção de “crack”, que foi estourado nesta segunda-feira (14).

De acordo com as investigações, José Moreira havia chegado há cerca de dois meses na cidade de Lagoa de Pedra. “Zezinho” figurava como 12º na lista com 26 criminosos mais procurados pela polícia, divulgada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ele é suspeito da prática de cinco crimes de homicídio, além de envolvimento com tráfico de drogas, jogo do bicho, lavagem de dinheiro e corrupção.

Segundo investigações, ele seria o autor de um homicídio praticado contra um delegado, na frente da filha da vítima. Além disso, ele teria assassinado um estudante, filho de um policial militar, tentado matar um capitão da Polícia Militar e assassinado um policial militar, que atuava na Assembleia Legislativa do Estado do Mato Grosso do Sul. “Zezinho” também é apontado como autor do homicídio praticado contra o gerente de Jorge Raffat, que foi morto na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Foi constatado ainda que José Moreira havia ameaçado dois delegados da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, integrantes da Delegacia Especializada de Repressão de Roubo a Banco, Assalto e Sequestro (GARRAS), e um promotor do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do mesmo Estado. As investigações indicam que os chefes de “Zezinho” seriam Jamil Name e Jamil Name Filho, ambos presos no Presídio Federal de Mossoró, juntamente com dois policiais civis do Mato Grosso do Sul.

Há informações apontando que “Zezinho” teria sido contratado, recentemente, para executar uma autoridade do Ministério Público ou do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. As investigações prosseguem para identificar outros possíveis envolvidos.

*A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, por meio dos números: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (WhatsApp).


Casal morre em acidente e policial chamado para ocorrência descobre que uma das vítimas é a própria filha

G1/RN – Um casal de namorados morreu em um acidente na BR-226, em Macaíba, na Grande Natal, no fim da tarde deste sábado (28). Ao chegar ao local para atender a ocorrência, um policial militar do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) percebeu que uma das vítimas era a filha dele.

Casal morreu em acidente na BR-226 em Macaíba

As vítimas foram identificadas como Gabriella Nascimento de Góis, de 19 anos, e João Vitor Lima da Silva, de 21.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o casal seguia de moto pela BR-226 no sentido Natal quando bateu na lateral de uma caminhonete que iria cruzar a via.

Com o impacto, o casal foi arremessado e entrou pela janela do carro. Os dois morreram no local. O motorista da caminhonete fugiu do local.

Quando a equipe do CPRE chegou ao local para atender a ocorrência um dos policiais percebeu que uma das vítimas do acidente era a filha dele. Muito abalado, o policial não quis falar com a imprensa.

Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Moto em que casal trafegava no momento do acidente – (Foto: Juliane Barreto/Inter TV Cabugi)

MP Eleitoral apreende 33 mil reais em Angicos; Operação ocorre na véspera do pleito

Dinheiro apreendido em Angicos

O Ministério Público Eleitoral (MPE) realizou operações simultâneas em três municípios potiguares neste sábado (14) visando combater o crime eleitoral da compra de votos. Em Angicos, foram encontrados e apreendidos R$ 33.950 de posse do candidato à reeleição para prefeito. Em Macaíba e em Serra de São Bento também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços relacionados a políticos que também estão concorrendo ao pleito 2020. Nessas duas localidades foram apreendidos aparelhos celulares e dinheiro.

O montante, dinheiro em espécie, foi encontrado na casa do atual prefeito de Angicos. No local também foram apreendidos alguns documentos. Ainda foram apreendidos outros documentos no comitê da campanha e tijolos no clube municipal da cidade.

O MP Eleitoral havia movido ação cautelar antecedente com base em informação recebida por aplicativo de mensagem institucional e autuou notícia de fato para apurar o depósito irregular de materiais de construção no Clube Municipal de Angicos. O intuito dessa movimentação seria a distribuição entre os eleitores do prefeito candidato à reeleição em troca de votos.

O MP Eleitoral ainda recebeu um material em mídia no qual consta a promessa do prefeito em contratar os serviços de um eleitor caso este vote em sua chapa. Este eleitor, por sinal, foi ouvido na promotoria de Angicos. Para o Ministério Público Eleitoral, as circunstâncias revelam o possível uso da máquina pública para a captação ilícita de votos e o abuso de poder econômico/político.

Assim, a busca e apreensão foi permitida pelo Juízo local nos três endereços mencionados, sendo também feita busca pessoal no investigado, tendo como intuito apreender todo e qualquer objeto, eletrônico ou não, encontrado em seu poder que interesse a investigação em curso. O Juízo ainda autorizou a apreensão de dinheiro em espécie (desde que não fosse apresentada prova cabal de origem lícita), de automóveis (veículos automotores, terrestres, marítimos e aéreos) de valor elevado se sobre tais recair suspeita de produto dos crimes, ou de coisas achadas ou obtidas por meios criminosos e objetos necessários à prova da infração.

Macaíba

Em Macaíba, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos endereços de um vereador que está concorrendo ao cargo de prefeito no pleito 2020 e de um funcionário dele. Foram apreendidos dispositivos de informática que servirão para o prosseguimento de investigações sobre denúncia de compra de votos.

De acordo com o MP Eleitoral, com atribuições perante a 5ª Zona Eleitoral do Estado, há elementos indicativos que sugerem que os investigados vinham oferecendo vantagens indevidas em trocas de votos. Tais vantagens iam de exames médicos e locomoção para essas consultas e fornecimento de óculos corretivos para a visão.

Serra de São Bento

Em Serra de São Bento foram apreendidos um aparelho celular e uma quantia em dinheiro (R$ 1.900). O pedido de busca e apreensão requerido pelo Ministério Público Eleitoral da 15ª Zona Eleitoral, objetivou recolher elementos de provas indicativos da prática de captação ilícita de voto realizada na cidade durante campanha que antecede a eleição municipal de 2020 e foi realizada em quatro endereços.

A denúncia recebida pelo órgão ministerial foi formulada pelo Diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB), noticiando a distribuição de dinheiro em troca de votos e indicando as três pessoas ligadas a políticos que concorrem ao pleito implicados nessa prática criminosa. Áudios indicam o recebimento do montante de R$ 6 mil por uma eleitora, além de  “água encanada”, com a menção de que membros da família votariam na candidata à reeleição para prefeita em decorrência que foi recebido. A prática é considerada crime eleitoral tipificado no art. 299, do Código Eleitoral.


RN: Polícia Civil deflagra 7ª fase da Operação Parabellum

Os policiais apreenderam drogas, armas de fogo, dinheiro e celulares

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagraram, nesta terça-feira (15), a 7ª fase da Operação “Parabellum”. A operação, que teve como objetivo desarticular a ação de uma organização criminosa, atuante no município de Macaíba, resultou nas prisões em flagrante de Joonhgleyson da Silva Dantas, mais conhecido como “Kinho”, 26 anos, e Aline do Nascimento Rodrigues, 25 anos.

O casal foi preso no bairro Morada da Fé, no município de Macaíba, pela suspeita da prática dos crimes de: posse ilegal de armas de fogo e munições, receptação e por integrar organização criminosa. As diligências foram iniciadas após investigações realizadas pelos policiais civis sobre uma residência pertencente a uma organização criminosa atuante no município, localizada no bairro Morada da Fé, que estava sendo utilizada como ponto de venda de drogas, abrigando suspeitos de praticarem crimes em nome dessa facção investigada.

Segundo as investigações, após a circulação em redes sociais de um vídeo, no qual os suspeitos promoviam ameaças contra integrantes de uma facção rival: anunciando que haveria confronto armado na cidade de Macaíba para disputa de território, a equipe de policiais civis da unidade, desde as primeiras horas desta terça-feira (15), passou a acompanhar a movimentação de suspeitos previamente identificados. Já nas diligências, foi possível fechar um ponto de venda de drogas: onde, como fachada para camuflar a ação ilícita, funcionava uma venda de açaí. Na ocasião, os suspeitos conseguiram fugir com grande parte das drogas e armas.

Na segunda diligência, a equipe flagrou um casal suspeito de integrar a mesma organização criminosa dos vídeos, cujo imóvel era monitorado por câmeras para sinalizar a chegada da polícia, mas não perceberam a aproximação dos policiais a pé e, ao serem abordados, tentaram se desfazerem de suas armas de fogo, calibre .38, ambas totalmente municiadas, além de diversas munições do mesmo calibre. Além disso, no local, foram apreendidos: aparelhos celulares, relógios, dinheiro fracionado e porções de drogas.

O nome da Operação “Parabellum” remete ao provérbio latino “se vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”, tendo em vista as diversas ações policiais de combate às facções criminosas que têm atuado em Macaíba.

Joonhgleyson da Silva e Aline do Nascimento foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.


Motociclista é preso pela PRF ao ser flagrado fazendo “racha” em Macaíba/RN

Motociclista foi preso pela PRF fazendo racha em Macaíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na noite de sábado (01), no km 300 da BR 304, em Macaíba/RN, um homem de 30 anos, por participar de corrida e fazer exibição de perícia em manobra em veículo, sem autorização.

Durante realização de ronda, a equipe de policiais visualizou um grupo de motociclistas, transitando pela contramão de direção, e alguns deles “empinando” as motocicletas. O grupo não obedeceu a ordem de parada dos policiais, e se evadiu da rodovia, sendo necessário acompanhamento tático aos veículos pela equipe, que chegou a lograr êxito na abordagem a motocicleta CG 150 FAN KS, de cor cinza. E ao consultar os sistemas de segurança, foi verificado que o condutor era proprietário da motocicleta, mas não era habilitado.

Além das diversas infrações cometidas, como: transitar na contramão, desobedecer a ordem de parada e dirigir sem habilitação, o condutor da motocicleta foi preso por prática de disputas e manobras perigosas, conforme crime de trânsito elencado no art. 308 do Código de Trânsito Brasileiro.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Plantão Zona Sul, em Natal/RN.


Polícia prende em Macaíba o caicoense Natan “Jaguatirica”

Natan Jaguatirica foi preso em Macaíba

Policiais militares prenderam na noite de terça-feira (23), na cidade de Macaíba/RN, o caicoense, Natan Araújo dos Santos, também conhecido como “Jaguatirica”, de 30 anos. Ele foi detido depois de tomar uma moto de assalto em Parnamirim.

As informações do flagrante dão conta que ele roubou a moto Honda 125cc, de cor vermelha e placa OJZ8057/RN, de um motoboy, na Avenida Pau Brasil, no Conjunto Flamboyant, Bairro Bela Vista em Parnamirim, por volta das 21hs30min.

A vítima disse a Polícia Militar que trafegava na referida avenida quando reduziu a velocidade por causa de buracos e foi abordado por um homem que estava à pé. Tratava-se de Natan. Ele anunciou o roubo e apontou um instrumento que parecia ser uma arma de fogo. A vítima não soube precisar, pois estava escuro. Além da moto, o ladrão levou o capacete e um aparelho celular.

O aparelho de trasteio foi acionado e foi possível saber o paradeiro da moto, que estava na cidade de Macaíba. Ao avistar os policiais, Natan empreendeu fuga pulando muros de residências e escondendo-se em uma casa abandonada, aonde foi preso. Ele confessou o roubo da moto.

Em Caicó, no ano de 2015, Natan Araújo, cumprindo pena na Penitenciária Estadual do Seridó, ficou ferido durante uma rebelião na referida unidade prisional.

Contra ele, existia mandado de prisão em aberto na comarca de Caicó. A acusação é de roubo em comunidades rurais.


Aposta da Grande Natal ganha sozinha prêmio de R$ 1,3 milhão na Quina

Uma aposta feita no município de Macaíba, na Grande Natal, foi a única a acertar os cinco números da Quina e faturar o prêmio máximo de 1.379.969,56.

O concurso 5023, vencido pela aposta macaibense, foi realizado na quinta-feira passada (18) no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo (SP).

Os números sorteados que tornaram o bilhete vencedor foram: 05, 37, 49, 52, 67. Apenas a aposta feita em Macaíba acertou todas as cinco dezenas. O nome do vencedor não é divulgado pela Caixa.

Além da aposta no Rio Grande do Norte, a quadra (4 números certos) no valor de 4.783,24 saiu para 81 apostadores, o terno (três números certos) no valor de R$ 92,65 saiu para 6.288 e o Duque (2 números certos) saiu para 133.234 com valor de R$ 2,40.

A aposta com cinco números custa R$ 1,50 e a possibilidade de acertar todas as dezenas da Quina é de um para 24 milhões de jogos.

*Do G1/RN


Macaíba: MPRN oferece denúncia à Justiça contra seis investigados na operação Alta Voltagem

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ofereceu denúncia à Justiça potiguar nesta quarta-feira (5) contra seis investigados no âmbito da operação Alta Voltagem, deflagrada em novembro de 2017 em Macaíba/RN. Na denúncia, o MPRN também requer à Justiça que seja fixado o mínimo da reparação do dano no montante de R$ 3.387.827,96, consistente no valor do objeto da licitação fraudada pelos acusados (R$ 3.287.827,96) somada ao valor acordado para pagamento da propina (R$ 100 mil).

Continue lendo


Bandidos invadem e fazem arrastão no Campus do Cérebro em Macaíba

Instituto foi alvo da ação de bandidos

Em Macaíba, quatro criminosos assaltaram funcionários, professores e pesquisadores no Campus do Cérebro do Instituto Santos Dumont (ISD), na Região Metropolitana de Natal. A ação ocorreu na tarde desta quarta-feira (5), momento em que havia uma grande movimentação de servidores e estudantes. Armas e coletes dos vigilantes foram levados. Ninguém foi preso.

De acordo com informações das vítimas à Polícia, quatro homens invadiram o prédio e renderam as pessoas que estavam presentes nas salas de pesquisa. Celulares, carteiras, joias e outros pertences foram levados pelos assaltantes.

A Polícia Militar foi acionada, mas os criminosos fugiram antes mesmo da chegada das viaturas. A PM acredita que eles podem ter entrado no prédio por uma área de mata, mas isso não foi confirmado.

O ISD foi idealizado pelo cientista Miguel Nicolelis e concebido como Organização Social no ano de 2014. O Campus do Cérebro é uma das áreas geridas pelo ISD. O instituto mantém vínculo com o Ministério da Educação (MEC) e propõe assim como as outras unidades ações integradas de ensino, pesquisa e extensão nas mais diversas áreas, mas principalmente nos campos da Neurociência e Neuroengenharia.

*Tribuna do Norte


Ex-prefeito de Monte das Gameleiras é preso após denúncia da Cosern de furto de energia

Gato na anergia foi encontrado na localidade pela terceira vez

A Polícia Militar prendeu na quarta-feira (22), no Haras FM, na comunidade Pé do Galo, em Macaíba, o ex-prefeito de Monte das Gameleiras/RN, Rodolfo dos Anjos Felix Pontes, de 28 anos.

A prisão é resultado de uma denúncia realizada pela Cosern em mais uma fase da “Operação Varredura”. A ação, montada pela concessionária desde o início do ano, já inspecionou 28 mil estabelecimentos, identificou 3.200 irregularidades e conseguiu recuperar 10 GWh de energia, quantidade suficiente para atender o próprio município de Macaíba – onde está localizado o Haras FM – durante um mês.

Essa foi a 3ª vez, só em 2018, que a Cosern identificou e desligou o “gato” de energia feito no Haras.

A energia desviada por Rodolfo dos Anjos Felix Pontes, em Macaíba, era usada para alimentar bombas elétricas que puxavam água de um tanque para dar banho em cavalos, regar uma plantação de capim existente no Haras e iluminar as dependências dos estábulos.

Depois de preso, o ex-prefeito, foi levado para prestar depoimento na Delegacia de Macaíba. Ele foi autuado por furto de energia elétrica – quando o desvio se dá antes da passagem pelo medidor – pagou fiança e foi liberado. A Cosern está calculando o total de energia desviado e cobrará o valor com multa de 30%.


Polícia Civil realiza Operação e prende seis pessoas por crimes diversos em Macaíba

Polícia Civil realiza Operação e prende seis pessoas por crimes diversos em Macaíba

Agentes policiais da Delegacia Municipal de Macaíba com apoio da Polícia Militar, realizaram uma operação na manhã desta quinta-feira (22), e efetuaram a prisão de seis pessoas por crimes diversos na cidade.

A polícia prendeu com base em mandados de prisão as pessoas de Wesley Barbosa da Silva, vulgo “Jacaré”, Judson Leno da Silva, e Alexandre do Nascimento Rodrigo, suspeitos de participarem do assassinato de Luciano Fernandes, em 26 de Fevereiro. Luciano, que sofria de problemas mentais, foi esquartejado e enterrado em uma zona de mata em Macaíba. Um outro mandado de prisão foi cumprido, em desfavor de Rodrigo Richardson Alves da Silva, vulgo “Pé de Pato”, 20 anos, acusado de assassinar um homem após uma briga durante uma festa de Carnaval, no dia 13 de Fevereiro.

Além dos quatro homens presos através de mandados de prisão, os agentes efetuaram ainda a prisão em flagrante de Alexandre Costa da Silva, 24 anos, e Luiz Paulo da Silva Azevedo, vulgo “Netinho”, 19 anos.

A polícia apreendeu com as seis pessoas, duas espingardas calibre 12, munições, drogas, dinheiro fracionado, rádios comunicadores e uma balança de precisão.

As seis pessoas foram devidamente autuadas pelos crimes, e encaminhadas ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.


Idema emite licença para construção de shopping em Macaíba

Durante reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 17, o diretor geral do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – IDEMA, Rondinelle Oliveira, entregou a Licença Prévia para a implantação do Outlet Via Sul – Macaíba. O empreendimento será um complexo comercial, logístico e de serviços que contempla um shopping modelo outlet, com espaço de lazer e entretenimento a ser construído nas margens da BR 304, na área do distrito industrial de Macaíba. A entrega da licença ambiental aconteceu durante a apresentação do projeto do Outlet Via Sul – Macaíba, na Pousada Macamirim e reuniu empresários, a equipe que desenvolveu o projeto, consultores ambientais, autoridades locais e representantes do Idema.

Continue lendo


Polícia Civil de Macaíba prende dupla com armas após perseguição

Polícia Civil de Macaíba prende dupla com armas após perseguição

Uma equipe de polícia civil de Macaíba prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (16) na cidade, Jadeilson Felipe dos Santos Gomes, 20 anos, e Jussiê Carlos de Souza Eusebio, 25 anos, após perseguição, sendo apreendidos com a dupla, duas armas de fogo de calibre 38 e um veículo Classic, de cor branca, o qual eles utilizavam para a fuga.

No momento da perseguição, além da dupla, estavam mais dois homens, que se evadiram, sendo o grupo suspeito de cometer crimes na região.

A Polícia Civil de Macaíba solicita colaboração da população para que, caso haja reconhecimento de algum dos homens por cometimento de crimes, informar a delegacia anonimamente através do Disque Denúncia, de número 181.


MPRN obtém liminar na Justiça para evitar superlotação do CDP de Macaíba

O Governo do Rio Grande do Norte está proibido de injetar mais presos no Centro de Detenção Provisória de Macaíba, cidade da Grande Natal. A decisão da 1ª vara Cível da cidade é fruto de uma ação civil impetrada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). O CDP de Macaíba, que tem capacidade para abrigar 90 detentos, atualmente tem 116 internos.

O objetivo da ação civil do MPRN é evitar a superlotação da unidade carcerária e impedir que o Governo do Estado transfira mais 50 presos para o local, como havia sinalizado intenção. Caso descumpra a proibição, de acordo com a decisão judicial, o governador será multado em R$ 10 mil relativo a cada preso acima da capacidade de lotação do CDP de Macaíba, valor que deve ser repassado ao Fundo Penitenciário Estadual.

A decisão, em caráter liminar, também determina que o Governo do Estado tem 120 dias para elaborar e executar projeto de reforma e ampliação do CDP de Macaíba. A Justiça determinou que, pelo menos, duas novas celas sejam construídas de acordo com o que estabelece a Lei de Execuções Penais (LEP).

Na ação civil pública, a 4ª Promotoria de Justiça de Macaíba cita que realizou inspeção no CDP em 10 de agosto passado e constatou que a unidade “está em vias de entrar em colapso face à superlotação e à precariedade da estrutura física que inviabiliza visitas íntimas e banhos de sol (há celas sem acesso à luz de qualquer espécie, onde os presos passam meses no escuro ininterruptamente)”.

Continue lendo


Polícia Civil de Macaíba apreende grande quantidade de objetos suspeitos de furtos

Materialo apreendido em Macaíba
Material apreendido em Macaíba

Uma ação realizada pela Polícia Civil de Macaíba apreendeu, na tarde desta terça-feira (04) na cidade, uma quantidade vultuosa de objetos suspeitos de furtos em uma residência localizada no bairro Mangabeira. Através de denúncias anônimas (181), os policiais civis realizaram diligências e encontraram vários utensílios domésticos, aparelhos eletrônicos, dentre outros objetos, os quais estavam espalhados por todos os cômodos da casa.

A Polícia Civil prosseguirá nas investigações para identificar as pessoas que estavam em posse dos objetos suspeitos de furtos.


PRF prende mulher com 12,5 kg de maconha em Macaíba

PRF prende mulher com maconha em Macaíba – (Foto: Nucom/PRF-RN)

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na manhã de hoje (29) uma mulher que levava 12,5 quilos de maconha. A mulher foi presa por tráfico de drogas.

O flagrante ocorreu quando PRFs pararam um veículo na BR-304, em Macaíba, que realizava transporte de passageiros com destino a Santa Cruz. Ao fazerem as verificações de rotina, os policiais suspeitaram da mulher que seguia como passageira e resolveram verificar também a bagagem dela, encontrando, em sua mochila, 13 blocos prensados de maconha que somavam cerca de 12,5 quilos da droga.

A mulher não sabia dizer de quem pegou a droga, nem para quem a entregaria, apenas que recebeu a mochila próximo ao Natal Shopping, em Natal.

Ela foi encaminha à DENARC (Delegacia Especializada em Narcóticos da Polícia Civil) em Natal, onde ficou presa por tráfico de drogas. A pena pode chegar a 15 anos de prisão.

A ação faz parte dos trabalhos dentro da Plano Nacional de Segurança Pública, com vistas a aumentar os esforços e cooperação entre os órgãos para diminuição da violência.


Empresário vai a julgamento em Macaíba acusado de ordenar duplo homicídio

Do G1/RN – O empresário Henrique José Torres Lopes vai a julgamento pela morte do também empresário Robson Maurício Oliveira de Souza e de André Luiz Delfino. Henrique é apontado como mandante do duplo homicídio e o juiz Felipe Barros, da comarca de Macaíba, publicou, no início deste mês, sentença de pronúncia determinando que o ele vá a júri popular.

Robson Maurício Oliveira de Souza era empresário do ramo de construção civil e foi assassinado no dia 2 de setembro de 2005, em Macaíba. De acordo com as investigações, ele tinha uma dívida com Henrique Torres, por ter comprado combustível no posto do acusado e não ter pago, alegando que o produto era adulterado.

A dívida resultou em uma ação judicial e, ainda segundo consta nos autos, o empresário Henrique Torres teria contratado criminosos para executar Robson Maurício, que acabou sendo morto a tiros, juntamente com o motorista André Luiz, que o acompanhava.

Continue lendo


PRF prende quatro homens com armas e munições na BR 226 em Macaíba

PRF apreende armas de fogo e munições – (Foto: Nucom/PRF/RN)

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da noite desta quarta-feira (8), quatro homens com armas, munições, facão e touca ninja, na BR 226 em Macaíba, em duas abordagens distintas.

A primeira ocorrência foi por volta das 23h00, durante uma blitz no Km 11 da BR 226, em Macaiba, quando a equipe PRF observou que foi arremessado um objeto pela janela de um Corsa azul.

Foi realizada a abordagem ao veículo e, após fiscalização mais detalhada, foram encontrados no interior do veículo um porta munições com seis munições calibre 38, duas munições calibre 32, além de um facão.

Os policiais fizeram buscas no local e encontraram também os objetos que tinham sidos atirados do carro: um revólver calibre 38, com registro de roubo, além de uma touca ninja.

Diante do flagrante, foram presos o condutor e o passageiro do veículo, dois homens de 19 e 26 anos, respectivamente.

Arma apreendida pela PRF

A segunda ocorrência aconteceu por volta das 23h30, também nas proximidades do km 11 da BR 226. O fato se deu quando um Kadett passou pela equipe da PRF e empreendeu grande velocidade.

Ato continuo a equipe embarcou na viatura e passou a fazer o acompanhamento tático. Cerca de um km depois o veiculo foi abordado. Após fiscalização minuciosa, foi encontrada dentro do carro uma pistola taurus calibre 40, sem registro. Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos dois ocupantes do Kadett.

As ocorrências foram encaminhadas à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Natal, para as medidas cabíveis.

*Fonte: Assessoria de Comunicação Social da PRF/RN