Arleide Ótica topo
Categorias
Pesquisar

Viaturas paradas no pátio da PM vão a leilão

As viaturas da foto, não são as que estão para ir a leilão - (FOTO: Sandro Menezes)
As viaturas da foto, não são as que estão para ir a leilão - (FOTO: Sandro Menezes)

Circulou nas redes sociais, na quarta-feira (6), um vídeo no qual dezenas de viaturas da Polícia Militar aparecem amontoadas no pátio da corporação, aparentemente sem uso. Na gravação, o autor da postagem denuncia a falta de destinação dos veículos e um possível local de proliferação de focos de mosquito da dengue. À reportagem da TRIBUNA DO NORTE, o Comando Geral da Polícia Militar explicou que os veículos estão em processo legal para serem levados a leilão. A corporação reconheceu o risco à saúde pública e informou que vai transferir os veículos para um local coberto.

A PM informou ainda que está em processo de substituição de parte da frota de viaturas em todo o Estado. “A PMRN enfatiza que o processo legal para levar esses veículos a leilão está em andamento através da Secretaria da Administração do Estado, e o objetivo é que seja concluído o mais rápido possível. A corporação está transferindo os veículos substituídos do pátio de manutenção para espaços preferencialmente cobertos, para abrigá-los, e está tomando as medidas sanitárias visando à prevenção das arboviroses, por meio dos órgãos de vigilância sanitária”, disse a PM em nota.

A reportagem questionou a PM sobre a quantidade de viaturas que estão paradas no pátio, mas não houve resposta. A corporação também não deu prazos para a destinação dos veículos. A TN também não foi autorizada a entrar no local.

Em dezembro último, o Governo do Rio Grande do Norte entregou 42 novas viaturas para uso da Polícia Militar e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). A entrega faz parte de uma remessa de veículos adquirida com uso dos R$ 100 milhões destinados pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP), ainda na época dos ataques de uma facção criminosa que paralisou o Estado, em março de 2023. Dos R$ 100 milhões, cerca de R$ 19 milhões serão utilizados para a locação de viaturas. Ao todo, serão adquiridos 300 novos veículos.

Além da estrutura de equipamentos e viaturas, a Polícia Militar do Rio Grande do Norte também enfrenta problemas de falta de pessoal. Atualmente na Polícia Militar, o efetivo é de 8.191 servidores, quando deveria ser de 13.466, de acordo com a Lei Complementar nº 449/2010.

Arleide ÓTICA
Pesquisar
Categorias
Canal YouTube
WhatsApp