Arleide Ótica topo
Categorias
Pesquisar

Jaime deixa Governo Fátima para ser candidato em SGA; Mineiro critica decisão

Mineiro

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaime Calado, anunciou nesta quarta-feira 3 sua saída do cargo. A exoneração é o cumprimento de uma exigência legal para aqueles que pretendem disputar as eleições deste ano. Jaime é pré-candidato a prefeito de São Gonçalo do Amarante pelo PSD.
Em São Gonçalo, Jaime vai enfrentar o PT da governadora Fátima Bezerra, agora sua ex-chefe. O adversário na cidade será o prefeito Eraldo Paiva, que disputará a reeleição.

Em publicação nas redes sociais, Jaime Calado falou sobre sua gestão à frente da secretaria e disse que sai da pasta “com gratidão e serenidade”.

Na legenda do post, ele confirma a pré-candidatura a prefeito de São Gonçalo: “Meu compromisso com nosso povo permanece inabalável. Agora, seguirei para uma nova missão: recolocar São Gonçalo do Amarante nos trilhos do desenvolvimento e da paz. Fazer a cidade voltar a ser melhor e mais feliz”.

MINEIRO CRITICA

Bastante ligado a Eraldo Paiva, o deputado federal Fernando Mineiro, também do PT, disse ao AGORA RN que esperava uma retribuição de Jaime Calado, mas que a política nem sempre é uma “via de mão dupla”.

Mineiro registra que o PT apoiou Jaime em São Gonçalo do Amarante e também deu contribuição para a eleição da esposa dele, a senadora Zenaide Maia (PSD), no pleito de 2018. “Entendo que agora – estando no governo – a vez é do PT, e seria até natural que quem recebeu o apoio anteriormente retribuísse agora. Mas, como a política às vezes não é vista como uma via de mão dupla, nos resta seguir em frente”, afirmou, por meio da assessoria.

Jaime é ex-prefeito do município, tendo sido eleito pela primeira vez em 2008 e reeleito em 2012 para o poder executivo da quarta maior cidade do Rio Grande do Norte, com cerca de 116 mil habitantes – ficando atrás apenas de Natal, Mossoró e Parnamirim.

Convidado a opinar sobre o embate entre Eraldo e Jaime, Mineiro desconversou. “Espero que seja um embate de projetos para a cidade e não uma disputa menor”, disse.

Questionado a analisar qual seria a melhor opção para São Gonçalo do Amarante, Mineiro afirmou que Eraldo Paiva assumiu a gestão em maio de 2022, após a morte de Paulo Emídio, vítima de câncer, e deu outro ritmo à gestão da cidade.

“Na história de São Gonçalo, nunca se viu tantas ações sendo desenvolvidas em tão curto espaço de tempo. Acho que a população da cidade já percebeu o quanto é importante consolidar uma gestão moderna, que dialoga com o povo e com os servidores, para que os serviços atendam às demandas da sociedade. E acho também que a sociedade deve avançar sempre e não voltar ao passado”, analisou.

AgoraRN

VIGGO BANNER
Pesquisar
Categorias
Canal YouTube
WhatsApp