Arleide Ótica topo
Categorias
Pesquisar

Pelo menos 36 soldados sírios são mortos em ataque de Israel

Pelo menos 36 soldados sírios foram mortos nesta sexta-feira (29), num ataque das forças militares de Israel que visou a região de Alepo, no norte da Síria, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A organização não-governamental (ONG), sediada em Londres e com uma vasta rede de fontes sírias, indicou que o ataque visou “depósitos de mísseis pertencentes ao Hezbollah libanês”, grupo fundamentalista xiita apoiado pelo Irã e que luta ao lado do regime sírio.

“Pelo menos 36 soldados foram mortos e dezenas ficaram feridos nos ataques israelitas”, que tiveram como alvo uma zona próxima do aeroporto de Alepo, acrescentou a ONG.

Uma fonte militar síria, citada pela agência de notícias oficial síria Sana, disse que “vários civis e soldados foram mortos e feridos” num ataque israelita contra posições militares em Athriya, a sudeste de Alepo.

O exército israelita indicou que “não comenta” relatos da imprensa.

Um ataque aéreo já tinha atingido um edifício residencial nos subúrbios da capital Damasco na quinta-feira, ferindo pelo menos duas pessoas, de acordo com a Sana, que atribuiu o ataque a Israel.

A zona visada, Sayyida Zeinab, é considerada um reduto de grupos pró-iranianos na Síria.

O exército israelita efetuou centenas de ataques aéreos na Síria desde o início da guerra neste país vizinho, visando sobretudo os grupos pró-iranianos.

Os ataques aumentaram desde o início da guerra na Faixa de Gaza, em outubro de 2023, entre Israel e o movimento islamita palestiniano Hamas.

Israel raramente comenta os ataques que realiza, mas afirma que não vai permitir que o Irã, inimigo declarado do Estado hebraico, se estabeleça junto às fronteiras do país.

 

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Agência Brasil

Dr. DINNA Oliveira
Pesquisar
Categorias
WhatsApp
Canal YouTube